Novela “Espelho da Vida”: Cris (Vitória Strada) passou muito tempo no passado de Espelho da Vida, tempo suficiente para que as pessoas começassem a se preocupar com seu sumiço. Uma destas pessoas é Dalton (Marcello Escorel), médico que a ajuda a compreender melhor suas viagens ao passado.

Dalton é um dos poucos que conhecem a vida de Cris como Julia Castelo (Vitória Strada) e por isso, a jovem sente que pode confiar no médico. Ao voltar para o presente, Cris vai diretamente ao consultório de Dalton para pedir sua ajuda. Ela acredita que ele possa receitar alguns antibióticos, que podem salvar a vida de Piedade (Julia Lemmertz).

A mãe de Julia adoeceu depois de ficar exposta a uma chuva terrível. Todos os sintomas apresentam um quadro grave de pneumonia, doença que não era tratada corretamente em 1930, já que não haviam remédios eficazes na época. Cris acredita que pode levar alguns remédios mais modernos ao passado e assim ajudar a mãe de Julia. Ao chegar no consultório, Cris dá um susto em Dalton. Ela fica pasmo ao ver que a moça está de volta ao presente. Ela explica toda a situação de Piedade ao médico, mas ele avisa que não há possibilidade de salvá-la. “Cris, a Piedade pertence a outra dimensão. O que tá acontecendo com ela já aconteceu, acabou! Não há como você interferir numa coisa dessas!” Dalton tenta trazer Cris de volta para a realidade, mas a jovem não aceita a recusa do médico em ajudar Piedade. Ela sai correndo do consultório e deixa o médico assustado.

Novela “Espelho da Vida”: resumo dos próximos capítulos

Sinopse Espelho da Vida”: Cris Valência (Vitória Strada) é uma atriz de teatro, linda, estudiosa e filha de pais artistas. A jovem é idealista e segura de seus objetivos. Sensível, acredita em todos que se aproximam, valoriza o amor e vive um romance feliz ao lado de Alain (João Vicente de Castro). Incentivadora da carreira do namorado, ela apoia seus projetos e acredita que ele precisa investir na produção de um filme romântico. Em “Espelho da Vida”, Alain é um diretor de TV e cinema bem-sucedido no Rio de Janeiro, muito reconhecido por sua arte.