Novela “Éramos Seis”: Lola (Gloria Pires) não tem como pagar o salário de Durvalina (Virgínia Rosa) e arruma para ela trabalhar para Afonso (Cássio Gabus Mendes). A cozinheira propõe algo especial para sua despedida: “Eu pensei, dona Lola que, como é meu último dia, nós podemos fazer alguma coisa especial, aquela carne assada que os meninos gostam”. Lola diz que não tem dinheiro sequer para comprar carne e Durvalina conta que ela já comprou a carne, e irá prepara-la para todos.

Publicidade

Durante o jantar, Carlos pede que Durvalina sente-se com eles, ela se recusa e Lola insiste: “É nossa amiga”. Durvalina declara: “Vou sentir falta de vocês. Muita falta dessa confusão e até das brigas na mesa”. Afonso (Cássio Gabus Mendes) e Inês (Carol Macedo) tocam a campainha e o comerciante anuncia: “A maré começou a virar, dona Lola. Pro lado bom. Um sujeito bem apessoado apareceu na venda e procurou saber dos doces. Quer fazer uma encomenda caprichada, das grandes!”.

Inês diz: “Um bolo e um milheiro de doces pra noivado. Disse que volta amanhã pra acertar”. Lola e Clotilde comemoram. Afonso e sua filha se juntam à toda a família. Cena prevista para dia 13 de dezembro na novela “Éramos Seis”.

Resumo “Éramos Seis”: próximos capítulos da novela

“Éramos Seis”: Casada com Júlio (Antonio Calloni), Lola (Gloria Pires) é uma esposa devotada e mãe de quatro filhos: Carlos (Xande Valois/ Danilo Mesquita), o mais velho e motivo de orgulho para os pais; Alfredo (Pedro Sol/ Nicolas Prattes), rebelde que vive se metendo em confusões e tem ciúmes do irmão; Isabel (Maju Lima/ Giullia Buscacio), determinada e independente, é a favorita do pai – por ser a única filha mulher; e Julinho (Davi de Oliveira/ André Luiz Frambach), o caçula da família – que desde criança demonstra habilidade para lidar com dinheiro.

A história começa com Lola e Júlio passando sufoco para poder pagar as parcelas do casarão que compraram em São Paulo. O primeiro bem do casal sai mais caro do que eles previam por causa dos altíssimos juros do financiamento bancário. O imóvel acaba gerando um impasse entre eles: para ela, o local é a alma da família. Para ele, um empecilho para melhorar de vida.

Publicidade