Novela “A Dona do Pedaço”: Vivi Guedes (Paolla Oliveira) prova um bolo de Maria da Paz (Juliana Paes), se lembra da infância e descobre que ela é sua tia. Depois de colocarem a conversa em dia, Vivi deduz que é prima de seu amado Chiclete (Sérgio Guizé) e se preocupa.

Publicidade

Maria tranquiliza Vivi: “Ele é primo em terceiro ou quarto grau. É primo, mas não é próximo”. No dia seguinte, Maria liga para Chiclete e conta a novidade: “É, mas prima distante. Nós temos o mesmo sangue. A gente vai se encontrar à noite. Achei que cê precisava saber”.

Berta (Ana Lúcia Torre) consente e Chiclete vai ao encontro de Vivi: “Então cê era aquela menininha que eu conheci quando criança em Rio Vermelho … Eu só lembro que era uma menininha linda demais. Cresceu, virou esse mulherão… Foi adotada por uma família milionária … Eu lembro bem da Zenaide. Tua mãe … Era uma mulher bonita. Forte … A única notícia que teu avô, pai da Maria da Paz teve, é que ela foi morta na praia morta pelos Matheus. Mas de você nem sinal … A gente tem um parentesco. Mas não é tão próximo que seja capaz de impedir a gente de se amar. Pelo contrário, cresci sabendo que dentro da família dos Ramirez, teve muito casamento entre parentes, primos até mais próximos que nós dois. Sabe, Vivi, quando eu te vi a primeira vez sabia que a gente tinha que ficar junto”.

Vivi pergunta se a casa de Rio Vermelho era a casa dela e Chiclete confirma: “Era. Cê quase lembrou quando tava lá. Mas eu não fui capaz de ver o que era óbvio. Eram lembranças reais. Lembranças de você menina… Mas o sangue falou mais alto. O sangue dos Ramirez… Não importa que você é rica e eu sou pobre. Importa é o sangue. O sangue grita, vive. Nosso sangue é um laço de amor”. Eles se beijam. Cena prevista para outubro na novela “A Dona do Pedaço”.

“A Dona do Pedaço”: resumo dos próximos capítulos da novela

“A Dona do Pedaço”: a novela enaltece a trajetória de Maria da Paz (Juliana Paes), uma jovem humilde, da cidade fictícia de Rio Vermelho, no Espírito Santo. Maria vem de uma família de justiceiros profissionais, os Ramirez, e se apaixona justamente por Amadeu (Marcos Palmeira), advogado formado em Vitória e membro do clã rival nos negócios, os Matheus. A trama, dividida em um prólogo e duas fases, traz uma história de amor com elementos à Romeu e Julieta, sem perder o humor, que permeia todo o folhetim.