Novela “Órfãos da Terra”: A primeira ideia de Jamil é sondar os moradores da rua de Almeidinha em busca de uma pista que indique a inocência do delegado. Em uma padaria, ele pede um café e, como quem não quer nada, puxa assunto com os clientes e a balconista: “A rua toda está falando sobre a prisão de um delegado, no prédio ali da frente. O que será que o homem fez?”, pergunta. Eles explicam que Almeidinha foi preso sob acusação de tráfico e a balconista emenda: “Achei essa história meio estranha. O delegado é gente boa. Educado, prestativo. Já ajudou muita gente aqui na rua”.

É a deixa perfeita para Jamil começar a levantar a suspeita de que tudo pode ter sido uma armação. Ele continua a conversa e os clientes dão algumas informações desanimadoras: as câmeras da rua estão quebradas e ninguém ali viu uma movimentação suspeita. Para piorar, quando o libanês faz mais perguntas, um cliente desconfia: “Por que tanta pergunta, rapaz? Você é da polícia? Se não é da polícia, é repórter!”. A balconista logo expulsa Jamil, que vai ao encontro de Zuleika (Emanuelle Araújo) e Cibele (Guilhermina Libanio) relatar a tentativa frustrada. Mas a neta de Rania (Eliane Giardini) rapidamente tem uma nova ideia. Ela se lembra que viu um vulto em um apartamento do prédio em frente ao de Almeidinha, e desconfia que pode ser alguém que fica vigiando a vida dos outros: “Pode ser que essa pessoa tenha visto os bandidos plantando a droga e o dinheiro!”, diz Cibele.

Jamil se anima com a ideia e diz que vai chamar Hussein para ir até o prédio com ele tentar falar com a possível testemunha do crime. Consternada com a situação do marido preso injustamente, Zuleika torce para que tudo dê certo: “Eu não paro de pensar no Almeidinha dentro de uma cela, como se fosse um bandido! A gente tem que tirar ele de lá!”, desabafa.

Resumo “Órfãos da Terra”: próximos capítulos da novela

Novela “Órfãos da Terra” – A história se inicia na Síria, onde Missade (Ana Cecília Costa) e Elias (Marco Ricca) vivem com seus filhos Laila (Julia Dalavia) e Khaled (Rodrigo Vidal) até serem vítimas da guerra e terem que se refugiar no Líbano. Com o irmão gravemente ferido e a família presa num campo de concentração, Laila aceita se casar com o sheik Aziz (Herson Capri) – um homem cruel e muito mais velho – em troca de dinheiro para pagar o tratamento médico.

Porém, o menino falece e a moça decide fugir para o Brasil com seus pais na noite de núpcias, antes do casamento ser consumado, indo morar com seus tios, Rânia (Eliane Giardini) e Miguel (Paulo Betti). Irritado, o sheik manda Jammil (Renato Góes), seu braço-direito e noivo de sua filha, Dalila (Alice Wegmann), buscar a moça e trazê-la a força, porém os dois acabam se apaixonando e se tornam fugitivos da família Abdallah.