Novela “Malhação” Toda Forma de Amar: Não satisfeito em ganhar a guarda de Nina no tribunal, Rui (Romulo Arantes Neto) fará questão de ser cruel com Lígia (Paloma Duarte), em Malhação – Toda Forma de Amar. No capítulo da próxima terça-feira, 31/3, quando estiver buscando a filha, ele garante que a mãe adotiva nunca mais verá a menina e ameaça viajar com ela para fora do Brasil.

Publicidade

Ainda inconformada com a perda da guarda, Lígia mais uma vez implora a Rui: “Deixa a Nina comigo, você não quer ficar com ela. Deixa ela comigo, ela é tudo pra mim”. Porém, ele responde que a médica nunca mais vai ver a filha, e ela faz uma promessa, dando um último beijinho na criança: “Se você acha que isso vai ficar assim você está louco, porque eu vou fazer o impossível, mas eu vou trazer minha filha de volta”. “Faz o que você quiser. Eu não tô nem aí. A filha é minha. Agora, o negócio é o seguinte: se você começar a me encher o saco, vou fazer as nossas malas e vou meter o pé do Brasil.” Lígia afirma que ele não pode fazer isso, mas o mau-caráter rebate: “Eu faço o que eu quiser. Pode ter certeza disso”. Em seguida, manda Nina dar tchau e vai embora com ela, para desespero da médica.

Resumo “Malhação” Toda Forma de Amar: próximos capítulos da novela

Novela “Malhação”: A história se inicia em 2017, quando Rita (Alanis Guillen), de apenas quinze anos, teve sua filha recém-nascida dada para adoção por seu pai por falta de condições financeira para cria-la. Dois anos se passam e, após a morte do pai, a jovem descobre que sua filha está viva e foi adotada por um casal do Rio de Janeiro, Lígia (Paloma Duarte) e Joaquim (Joaquim Lopes), entrando na justiça para conseguir a guarda da criança e criando um embate entre a mãe biológica e a adotiva.

Rita vai morar com sua madrinha, Carla (Mariana Santos), mãe de Raíssa (Dora de Assis) e Thiago (Danilo Maia), porém os três adolescentes são testemunhas de um crime junto com Jaque (Gabz), Anjinha (Caroline Dallarosa) e Guga (Pedro Alves), quando um grupo armado sequestra um homem na van em que estavam. Eles criam um grupo no WhatsApp intitulado “Deu Ruim” para discutir se devem contar à polícia, criando um laço de proteção e amizade.