Novela “Malhação” Toda Forma de Amar: Serginho (João Pedro Oliveira) quis fazer uma surpresa romântica para Guga (Pedro Alves) e preparou uma viagem para a praia junto com Filipe (Pedro Novaes) e Rita (Alanis Guillen). Só que os quatro é que serão surpreendidos quando chegarem na pousada e a atendente se negar a hospedar os rapazes porque eles são um casal, em cenas previstas para irem ao ar no capítulo desta quinta-feira, 13/02.

Publicidade

Ao ver a recusa da senhora em receber Guga e Serginho, Rita questiona: “É isso mesmo? A senhora tá dizendo que eles não podem ficar aqui porque são um casal homossexual?”. E ela tenta se justificar: “Moça, aqui é uma pousada familiar. Eu não tenho nada contra, mas os outros hóspedes podem reclamar do comportamento deles”.

“A senhora e a sua pousada podem sofrer consequências sérias por conta disso. Homofobia é crime!”, avisa Filipe, revoltado. Mas nem assim ela muda de ideia, diz apenas que Rita e Filipe são bem-vindos, mas não os outros dois garotos. “Agora eu não fico aqui nem de graça”, fala Guga, e Serginho, que já havia inclusive feito o pagamento, afirma: “E vou cobrar o meu dinheiro de volta”. Nesse momento chegam dois bruta-montes e um deles diz: “Vai cobrar o que da minha tia, hein?”.

“Peraí, Isso aqui tá errado. O que tá rolando aqui é homofobia”, declara Guga, enfrentando o desconhecido, que o empurra. A briga física entre eles só não acontece porque Rita e Filipe intervém e convencem o casal de amigos a ir embora. Rita diz: ‘A lei existe pra isso, e ela tá do nosso lado”. Os quatro vão saindo quando o sobrinho da atendente esbraveja: “É isso aí, mete o pé, que aqui não tem espaço pra boiola, não!”. Guga (Pedro Alves) se volta, revoltado.

Resumo “Malhação” Toda Forma de Amar: próximos capítulos da novela

Novela “Malhação”: A história se inicia em 2017, quando Rita (Alanis Guillen), de apenas quinze anos, teve sua filha recém-nascida dada para adoção por seu pai por falta de condições financeira para cria-la. Dois anos se passam e, após a morte do pai, a jovem descobre que sua filha está viva e foi adotada por um casal do Rio de Janeiro, Lígia (Paloma Duarte) e Joaquim (Joaquim Lopes), entrando na justiça para conseguir a guarda da criança e criando um embate entre a mãe biológica e a adotiva.

Rita vai morar com sua madrinha, Carla (Mariana Santos), mãe de Raíssa (Dora de Assis) e Thiago (Danilo Maia), porém os três adolescentes são testemunhas de um crime junto com Jaque (Gabz), Anjinha (Caroline Dallarosa) e Guga (Pedro Alves), quando um grupo armado sequestra um homem na van em que estavam. Eles criam um grupo no WhatsApp intitulado “Deu Ruim” para discutir se devem contar à polícia, criando um laço de proteção e amizade.

Publicidade