Novela “Malhação” Toda Forma de Amar: Carla (Mariana Santos) e Marco Rodrigo (Julio Machado) finalmente conseguem um momento a sós. O mais novo casal da área aproveita e troca juras de amor em pleno quarto do major. “Vou aproveitar cada beijo que a gente perdeu”, dispara a dona do Baixadas.

Publicidade

O problema é que os afazeres domésticos e a eterna preocupação com os filhos fazem Loirão cortar o clima, mas o major trata logo de convencer Carla a aproveitar o momento. Não é que a campainha toca e os dois fingem que não escutam, mas perdem a paciência. Anjinha (Caroline Dallarosa) e Cléber (Gabriel Santana) tinham esquecido a chave e estranham logo de cara ver o major sem camisa. É claro que não faltam desculpas, né?! E óbvio que eles desconfiam de algo no ar.

“Depois de tudo que a gente passou, eu to aqui na sua casa, na sua cama. (…) Tô me sentindo uma adolescente com 20 anos. O problema é que nós não temos mais 20 anos há muito tempo”, dispara rindo a dona do Baixadas. “Quero te dar todo o amor do mundo, é só isso que eu quero te dar”, declara o major, dizendo que os dois devem ficar ali pra sempre.

Resumo “Malhação” Toda Forma de Amar: próximos capítulos da novela

Novela “Malhação”: A história se inicia em 2017, quando Rita (Alanis Guillen), de apenas quinze anos, teve sua filha recém-nascida dada para adoção por seu pai por falta de condições financeira para cria-la. Dois anos se passam e, após a morte do pai, a jovem descobre que sua filha está viva e foi adotada por um casal do Rio de Janeiro, Lígia (Paloma Duarte) e Joaquim (Joaquim Lopes), entrando na justiça para conseguir a guarda da criança e criando um embate entre a mãe biológica e a adotiva.

Rita vai morar com sua madrinha, Carla (Mariana Santos), mãe de Raíssa (Dora de Assis) e Thiago (Danilo Maia), porém os três adolescentes são testemunhas de um crime junto com Jaque (Gabz), Anjinha (Caroline Dallarosa) e Guga (Pedro Alves), quando um grupo armado sequestra um homem na van em que estavam. Eles criam um grupo no WhatsApp intitulado “Deu Ruim” para discutir se devem contar à polícia, criando um laço de proteção e amizade.

Publicidade