Novela “Éramos Seis”: Antes de sair de casa e partir para a guerra, Alfredo (Nicolas Prattes) recebeu um conselho de Lola (Gloria Pires): “Às vezes, a coragem não é valentia, é só loucura”. E isso vai ficar claro no capítulo deste sábado, 22/2, de Éramos Seis. Por muito pouco, a matriarca não perderá mais um filho…

Publicidade

Durante os confrontos, Alfredo avança sobre o território inimigo, atirando. Apesar dos disparos no sentido contrário e das granadas jogadas pelos adversários, o rapaz continua a avançar, se mostrando bravo e destemido. Mas o perigo mora ao lado. Perto de Alfredo, um grupo de soldados inimigos está de tocaia, esperando o primeiro vacilo dele para atacarem. O filho de Lola, no entanto, não vê nada…

Por sorte, Tião (Izak Dahora) percebe a presença dos rivais e grita, correndo em direção ao amigo: “Alfredo, cuidado!!!” Antes mesmo de poder apresentar qualquer reação, Alfredo é empurrado por seu melhor amigo. Em um ato heroico, Tião é atingido por um tiro e cai nos braços do filho de Lola.

Resumo “Éramos Seis”: próximos capítulos da novela

“Éramos Seis”: Casada com Júlio (Antonio Calloni), Lola (Gloria Pires) é uma esposa devotada e mãe de quatro filhos: Carlos (Xande Valois/ Danilo Mesquita), o mais velho e motivo de orgulho para os pais; Alfredo (Pedro Sol/ Nicolas Prattes), rebelde que vive se metendo em confusões e tem ciúmes do irmão; Isabel (Maju Lima/ Giullia Buscacio), determinada e independente, é a favorita do pai – por ser a única filha mulher; e Julinho (Davi de Oliveira/ André Luiz Frambach), o caçula da família – que desde criança demonstra habilidade para lidar com dinheiro.

A história começa com Lola e Júlio passando sufoco para poder pagar as parcelas do casarão que compraram em São Paulo. O primeiro bem do casal sai mais caro do que eles previam por causa dos altíssimos juros do financiamento bancário. O imóvel acaba gerando um impasse entre eles: para ela, o local é a alma da família. Para ele, um empecilho para melhorar de vida.