Publicidade

Novela “Éramos Seis”: Sem tato para lidar com os filhos e frustrado por ter uma vida financeira bem apertada, Júlio (Antonio Calloni) acaba descontando suas infelicidades na bebida. Em Éramos Seis, o patriarca da família Lemos tem uma postura um tanto questionável. Se por um lado ele é trabalhador e dá duro todos os dias para pagar as contas, por outro, é excessivamente rígido com os filhos. Só a caçula, Isabel (Maju Lima/Giullia Buscacio), consegue um pouco do carinho do pai. Os filhos homens – Carlos (Xande Valois/Danilo Mesquita), Alfredo (Pedro Sol/Nicolas Prattes) e Julinho (Davi de Oliveira/André Luiz Frambach) – só conhecem a face mais severa de Júlio.

Publicidade

No meio de tudo isso, Lola (Gloria Pires). Esposa dedicada, ela vive tentando amenizar os conflitos do marido com as crianças, mas, muitas vezes, é ele quem dá a palavra final. Apesar de saber que Júlio não é exatamente uma pessoa fácil de lidar, ela nem imagina que, fora de casa, ele mantém um relacionamento extraconjugal.

No cabaré, Júlio busca aliviar suas mágoas no álcool e também na companhia de Marion (Ellen Rocche). A dançarina é como um refúgio para ele. Juntos, eles conversam, dançam, se divertem e vivem momentos íntimos. Por isso, no capítulo desta sexta-feira, 11/10, depois de uma séria briga com Lola, ele corre para o cabaré. Lá, bebe bastante ao lado de Marion e diz não saber como voltar para casa. Brincando, diz que vai dormir ali mesmo, e a dançarina aproveita: “A vida é tão curta… depois ela passa e a gente percebe que não fez nada do que queria”, diz.
Convencido, Júlio decide ficar e diz que vai descansar. Os amantes sobem para o quarto e se beijam apaixonadamente.

Resumo “Éramos Seis”: próximos capítulos da novela

“Éramos Seis”: Casada com Júlio (Antonio Calloni), Lola (Gloria Pires) é uma esposa devotada e mãe de quatro filhos: Carlos (Xande Valois/ Danilo Mesquita), o mais velho e motivo de orgulho para os pais; Alfredo (Pedro Sol/ Nicolas Prattes), rebelde que vive se metendo em confusões e tem ciúmes do irmão; Isabel (Maju Lima/ Giullia Buscacio), determinada e independente, é a favorita do pai – por ser a única filha mulher; e Julinho (Davi de Oliveira/ André Luiz Frambach), o caçula da família – que desde criança demonstra habilidade para lidar com dinheiro.

A história começa com Lola e Júlio passando sufoco para poder pagar as parcelas do casarão que compraram em São Paulo. O primeiro bem do casal sai mais caro do que eles previam por causa dos altíssimos juros do financiamento bancário. O imóvel acaba gerando um impasse entre eles: para ela, o local é a alma da família. Para ele, um empecilho para melhorar de vida.

Publicidade