Publicidade

Novela “Éramos Seis”: O destino está prestes a provocar um verdadeiro caos em Éramos Seis e afetar ainda mais a já combalida relação de Júlio (Antonio Calloni) e Alfredo (Nicolas Prattes). Quis a vida que os dois se encantassem pela mesma mulher: Marion (Ellen Rocche).

Publicidade

O marido de Lola (Gloria Pires) tem um relacionamento extraconjugal com a dançarina e voltou a encontrá-la após 10 anos separados. Eles passaram a noite juntos, e Júlio confidencia tudo a Almeida (Ricardo Pereira), dizendo que voltará ao cabaré porque não quer desapontá-la no segundo encontro. Por outro lado, Alfredo também frequenta o local às escondidas e ficou atraído por Marion assim que a conheceu, sem nem imaginar que ela tem um caso com seu pai. Galanteador, ele deixou evidente seu interesse, e os dois já até bailaram juntos no salão.

A dançarina, por sua vez, não sabe que Alfredo é filho de Júlio. Ou seja, essa história tem tudo para dar errado. E vai! Na novela das 6, o irmão rebelde de Carlos (Danilo Mesquita) vai até o dancing para se divertir e, no bar, pergunta por Marion. “Ela está no salão, mas nem adianta. Está com um amigo antigo, não tem para mais ninguém”, responde o garçom. Alfredo, então, vai procurá-la por conta própria e fica em choque ao flagrar seu pai, Júlio, dançando agarradinho com Marion.

Resumo “Éramos Seis”: próximos capítulos da novela

“Éramos Seis”: Casada com Júlio (Antonio Calloni), Lola (Gloria Pires) é uma esposa devotada e mãe de quatro filhos: Carlos (Xande Valois/ Danilo Mesquita), o mais velho e motivo de orgulho para os pais; Alfredo (Pedro Sol/ Nicolas Prattes), rebelde que vive se metendo em confusões e tem ciúmes do irmão; Isabel (Maju Lima/ Giullia Buscacio), determinada e independente, é a favorita do pai – por ser a única filha mulher; e Julinho (Davi de Oliveira/ André Luiz Frambach), o caçula da família – que desde criança demonstra habilidade para lidar com dinheiro.

A história começa com Lola e Júlio passando sufoco para poder pagar as parcelas do casarão que compraram em São Paulo. O primeiro bem do casal sai mais caro do que eles previam por causa dos altíssimos juros do financiamento bancário. O imóvel acaba gerando um impasse entre eles: para ela, o local é a alma da família. Para ele, um empecilho para melhorar de vida.

Publicidade