Novela “Éramos Seis”: Júlio (Antonio Calloni) volta a ser internado e morre. Isabel (Giullia Buscácio) decide ignorar o luto e não veste as roupas pretas, como de costume na época. Clotilde (Simone Spoladore) a repreende: “Vai sair com esse vestido? Estamos de luto, Isabel. É costume se reservar por um tempo”.

Publicidade

Isabel ignora a ordem da tia: “Lúcio me disse uma coisa bonita: a dor a gente carrega aqui dentro. Não precisa desfilar com minha dor pela rua. Aqui… Sei bem a falta que meu pai me faz. Mas tenho certeza que ele nunca gostou de preconceito … Papai não era santo, não! Mas pelo menos, não estragou sua vida com medo do que os outros iam falar. Não ficou uma pessoa sozinha e amargurada, que tem raiva da vida e fica descarregando nos outros. E você, enquanto fica aí apegada às convenções… Quanto de vida perdeu no caminho? Ela passa, viu? E passa rápido, não se esqueça”.

Clotilde fica com lágrimas nos olhos. Cena prevista para dia 05 de dezembro na novela “Éramos Seis”.

Resumo “Éramos Seis”: próximos capítulos da novela

“Éramos Seis”: Casada com Júlio (Antonio Calloni), Lola (Gloria Pires) é uma esposa devotada e mãe de quatro filhos: Carlos (Xande Valois/ Danilo Mesquita), o mais velho e motivo de orgulho para os pais; Alfredo (Pedro Sol/ Nicolas Prattes), rebelde que vive se metendo em confusões e tem ciúmes do irmão; Isabel (Maju Lima/ Giullia Buscacio), determinada e independente, é a favorita do pai – por ser a única filha mulher; e Julinho (Davi de Oliveira/ André Luiz Frambach), o caçula da família – que desde criança demonstra habilidade para lidar com dinheiro.

A história começa com Lola e Júlio passando sufoco para poder pagar as parcelas do casarão que compraram em São Paulo. O primeiro bem do casal sai mais caro do que eles previam por causa dos altíssimos juros do financiamento bancário. O imóvel acaba gerando um impasse entre eles: para ela, o local é a alma da família. Para ele, um empecilho para melhorar de vida.

Publicidade