Novela “Cordel Encantado”: Os grandes vilões de Cordel Encantado tiveram seus destinos definidos no capítulo desta quinta-feira, 22. Depois de muitas maldades, principalmente contra Açucena (Bianca Bin) e Jesuíno (Cauã Reymond), Timóteo (Bruno Gagliasso) acabou vítima de sua própria obsessão. Após provocar um incêndio na igreja de Vila da Cruz com intuito de morrer ao lado da princesa, os planos do coronel não saíram como o esperado. Jesuíno conseguiu resgatar sua amada, e Timóteo não teve a mesma sorte, morrendo queimado pelo fogo.

Publicidade

Já Úrsula (Débora Bloch), antes de morrer, comprovou que seu amor por Herculano (Domingos Montagner) era mesmo verdadeiro. Ao perceber que Zóio-Furado (Tuca Andrada) disparou contra o Rei do Cangaço, a duquesa se jogou na frente do amado e salvou sua vida. Úrsula desfaleceu nos braços de Herculano.

Novela “Cordel Encantado”: resumo dos próximos capítulos

Sinopse “Cordel Encantado”: Augusto e sua rainha vivem uma vida harmoniosa e feliz, sem imaginar que estão cercados por dois vilões: Úrsula (Débora Bloch), cunhada do rei, e Nicolau (Luiz Fernando Guimarães), o atrapalhado mordomo da corte. A bela, elegante e sofisticada duquesa é a pessoa mais perigosa e falsa de todo o reino. Ajudada por Nicolau, seu amante, Úrsula deseja se tornar rainha. E a viagem a Brogodó é a chance que a duquesa sempre quis para se livrar de Cristina e da princesa.

A sede de poder da dupla de vilões é crescente: no Brasil, para onde se muda com a corte europeia, o casal continua a planejar e executar planos para conseguir o que quer. No decorrer da novela, revela-se que Lady Cecília (Sofia Terra), que Úrsula criava como sobrinha, é filha da vilã com o general Baldini (Emílio de Mello), militar do exército de Seráfia do Norte.

Fonte Rede Globo “Cordel Encantado”