Novela “Cordel Encantado”: Penélope (Paula Burlamaqui) diz a Patácio (Marcos Caruso) que os cangaceiros têm uma proposta: trocar Ternurinha (Zezé Polessa), que está sendo feita de refém, pelo Capitão Herculano (Domingos Montagner). Desesperado para ter sua mulher de volta, o prefeito ordena que Batoré (Osmar Prado) tire Herculano da cadeia. Eles usam Maria Cesária (Lucy Ramos) como isca. A cozinheira leva um farto café da manhã para o tenente da volante e seu soldados, que ficam distraídos com os quitutes da moça. Neste momento, Batoré, Rufino (Alessandro Tcche) e Paçoca (Marcelo Flores) saem com Herculano amarrado sem que ninguém perceba.

Plano para libertar Herculano dá errado

Penélope leva o capitão até o local combinado. Todos estranham os cangaceiros ainda não estarem lá e ficam preocupados achando que se trata de uma armadilha. De repente, eles vêem um carro se aproximando. Patácio pensa que são os cangaceiros, mas logo percebem que é a Volante. Batoré fica nervoso com medo que o Tenente descubra que ele ajudou a libertar um prisioneiro

Para alívio do delegado, o tenente acha que o delegado está capturando o capitão em fuga e parabeniza Batoré. O delegado se aproveita do engano do Tenente e o prefeito corrobora: “Veja só, tenente! Nosso valoroso delegado Batoré prendeu o capitão Herculano de novo!”.

Bando de Jesuíno e cangaceiros salvam Herculano

Jesuíno (Cauã Reymond) decide se juntar aos cangaceiros para salvar Herculano. No momento em que o capitão está sendo transferido para a cadeia de Formosura, eles aparecem interceptando a estrada. Escondido na mata, Felipe (Jayme Matarazzo) assiste a toda a cena escondido.

Jesuíno ameaça: “Solte o capitão Herculano, tenente! Por hora, eu tô pedindo. Não me obrigue a mandar minha gente tirar ele do senhor”. Herculano fica orgulhoso da coragem do filho. O tenente aponta a arma para o capitão Herculano e avisa: “Se seus cabras atacarem, eu acabo com a raça do cangaceiro”.

Fubá/Dora (Nathalia Dill) consegue entrar na mata, onde Bel (João Miguel) está escondido. De repente, Bel e Fubá surgem de trás dos carros da volante e atacam o tenente. Ela aponta uma arma, enquanto Bel coloca um punhal no pescoço dele. Jesuíno ordena que todos abaixem suas armas e soltem Herculano. Imediatamente, o policial obedece e o Rei do Cangaço vai para o lado de seu filho. Como vingança, Zóio-Furado (Tuca Andrada) dá a última ordem aos soldados. “Vamos tudo tirando a roupa! É pra ficar nuzinho em pelo, visse?!”

Herculano agradece Jesuíno, que retribui com um carinho. Jesuíno vai embora com seu bando a cavalo e Bel e Herculano usam os carros da volante para fugir. O tenente grita para Jesuíno: “Esse lenço no rosto não vai me impedir de descobrir quem é você. Eu vou atrás de sua pessoa, nem que seja no inferno!”.

Novela “Cordel Encantado”: resumo dos próximos capítulos

Sinopse “Cordel Encantado”: Augusto e sua rainha vivem uma vida harmoniosa e feliz, sem imaginar que estão cercados por dois vilões: Úrsula (Débora Bloch), cunhada do rei, e Nicolau (Luiz Fernando Guimarães), o atrapalhado mordomo da corte. A bela, elegante e sofisticada duquesa é a pessoa mais perigosa e falsa de todo o reino. Ajudada por Nicolau, seu amante, Úrsula deseja se tornar rainha. E a viagem a Brogodó é a chance que a duquesa sempre quis para se livrar de Cristina e da princesa.

A sede de poder da dupla de vilões é crescente: no Brasil, para onde se muda com a corte europeia, o casal continua a planejar e executar planos para conseguir o que quer. No decorrer da novela, revela-se que Lady Cecília (Sofia Terra), que Úrsula criava como sobrinha, é filha da vilã com o general Baldini (Emílio de Mello), militar do exército de Seráfia do Norte.

Fonte Rede Globo “Cordel Encantado”

Publicidade