Novela “Amor de Mãe”: Betina (Isis Valverde) está de malas feitas quando se depara com Leila (Arieta Corrêa) folheando uma revista com apenas uma das mãos: “Não vai me dizer que você está indo embora assim?… Olha que a gente sempre se arrepende dessas coisas que faz de cabeça quente”. Diante de tanto cinismo, Betina explode e diz verdades a Leila: “Por que você faz isso? Seu problema não sou eu, é o Magno que não gosta mais de você! Quando vocês sofreram o acidente, ele já queria se separar. Ele não te ama mais!”

Publicidade

Leila alega que não fez nada e, propositalmente, mexe a mão esquerda, numa afronta à enfermeira. Betina não se aguenta, larga tudo, e parte pra cima de Leila, que se defende como pode, gritando muito.

“Sua ridícula!”, grita Betina. Magno (Juliano Cazarré) entra correndo e aparta a briga. Leila exagera no quanto apanhou. O frentista repreende Betina pela atitude intempestiva: “Ela mexeu a mão rindo pra mim!! Ela está mentindo pra todo mundo!”. Leila retruca chamando-a de louca e desequilibrada e se valendo de seu estado de saúde.

Magno toma as dores da mulher e diz que a namorada passou dos limites. Betina, enfurecida, afirma que não fica mais na casa, pega seus pertences, e vai embora. O frentista tenta ir atrás dela, mas é impedido pela cadeirante: “Deixa ela, Magno. A Betina precisa se acalmar… Aliás, todo mundo precisa se acalmar nessa casa”, comenta Leila. O frentista fica desconfiado da atitude da mulher e passa a observar a mão esquerda dela.

“Por que você está olhando pra minha mão, Magno…? Você também acha que eu estou mentindo sobre ela não ter melhorado? Tudo que eu mais quero é ficar boa, sair dessa cadeira de rodas e refazer a minha vida! … a Betina é perfeita e eu sou uma mentirosa! A mulher joga um copo d’água na minha cara, bate em mim, mas o problema sou eu! Talvez você não conheça a Betina tão bem quanto pensa, Magno.” Cena prevista para dia 13 de janeiro na novela “Amor de Mãe”.

“Amor de Mãe”: resumo dos próximos capítulos da novela

“Amor de Mãe”: Três mulheres de classes sociais diferentes vivem seus dilemas como mães: Lurdes (Regina Casé) é uma mulher nordestina batalhadora, que teve quatro filhos: Magno (Juliano Cazarré), Érica (Nanda Costa), Ryan (Thiago Martins) e Domênico (Humberto Carrão) – vendido aos 2 anos escondido pelo seu ex-marido para a traficante de crianças Kátia (Vera Holtz). Sabendo que ele foi enviado para Rio de Janeiro, ela partiu para lá com os filhos em 1993 e, no caminho, encontrou uma recém-nascida abandonada, Camila (Jéssica Ellen), a quem decide criar.

Lourdes é amiga de Thelma (Adriana Esteves), uma viúva que perdeu o marido em um incêndio e desde então passou a superproteger o filho, Danilo (Chay Suede). Vitória (Taís Araújo) é uma advogada rica, mas infeliz por acreditar ser estéril. Ela adota Tiago (Pedro Guilherme Rodrigues) e contrata Lurdes como babá, mas fica grávida após um encontro com o ambientalista Davi (Vladimir Brichta).

Publicidade