Novela “Orgulho e Paixão”: Cecília (Anaju Dorigon) e Rômulo (Marcos Pitombo) fazem um piquenique, Rômulo vê uma estrela e Cecília deseja que o amor deles dure para sempre, mesmo que seu desejo de ser mãe não se realize. Rômulo sente que todos os desejos dela vão se realizar. Ao chegarem próximo à residência dos Benedito, o casal encontra um bebê. Para se vingar da nora, Josephine (Christine Fernandes) denúncia que eles estão com uma criança de forma ilegal. O bebê é levado para um orfanato, mas Cecília e Rômulo conseguem a guarda legal e o registram como Mário, em homenagem a Mariana (Chandelly Braz). A família comemora.

Veja o contexto no resumo de “Orgulho e Paixão”, 18 de setembro, no portal Rede Notícia.

Novela “Orgulho e Paixão”: resumo dos próximos capítulos

No fictício Vale do Café, interior de São Paulo, nossos personagens vivem seus conflitos sociais e de conduta, que sempre se contrapõem aos desejos pessoais de cada um. Elisabeta (Nathalia Dill) é uma mulher à frente do seu tempo, com pensamentos igualitários e interesses atípicos para uma jovem do início do século XX. Ela deseja trabalhar, conhecer o mundo e é incentivada a realizar seus sonhos pelo pai, Felisberto (Tato Gabus Mendes), que vive às turras com a mulher, Ofélia (Vera Holtz), por pensarem diferente sobre a criação das filhas. Ao todo, o casal teve cinco mulheres, e cada uma com uma personalidade diferente.

A personagem de Nathalia Dill entrará em conflito quando se apaixonar por Darcy (Thiago Lacerda), um homem de caráter e muito sisudo. O amor não é à primeira vista, já que os dois não se entendem assim que se conhecem. O sentimento de repulsa dará lugar a uma grande paixão, que será negada pelo casal o máximo possível.

Fonte: “Orgulho e Paixão”, novela da Rede Globo