Novela “O Tempo Não Para”: Carmen (Christiane Torloni) cumpriu sua promessa com Livaldo (Nelson Freitas): foi ao cassino para a disputa que pode salvar Samuca (Nicolas Prattes) e a SamVita. Segundo o acordo dos dois, caso ele perca, retirará a acusação de roubo da patente contra o filho. Mas se ela perder, terá que retomar o relacionamento com ele. Quando as coisas parecem estar indo mal, ela recebe uma ajuda inesperada de uma desconhecida e esconde uma carta em seu vestido na novela O Tempo Não Para.

Durante o jogo de cartas com Livaldo, quando tudo indica que ela perderá, Carmen pede para ir ao banheiro. De acordo com as regras, ela deve ser acompanhada por Aimê, uma das assistentes do cassino. Enquanto retoca a maquiagem, a desconhecida diz que ela não merece aguentar o ex. “Tem toda razão, querida, eu não mereço. Mas tem muita coisa nesse jogo, para além das cartas. Vidas de pessoas que eu mais amo. Você não sabe da missa a metade”, desabafa Carmen. “Não gosto de ver a maldade com chance de ganhar”, diz Aimê. Aimê então põe uma carta na bancada do banheiro, um Ás de copas. Honesta, Carmen agradece, mas diz que quer vencer limpo, sem trapaças. A assistente a convence dizendo que Livaldo não deixará que ela vença.

“Aproveite que eu vou lhe dar as costas e guarde a carta… Talvez lhe seja útil”, diz a assistente. Quando Aimê dá as costas, Carmen pensa por um instante, suspira e pega a carta, guardando-a em uma dobra do vestido. Quando ela volta do banheiro, Livaldo propõe um strip poker e diz que irá assinar um documento como garantia: “Já vou deixar assinado o documento em que desisto de tudo com o nosso bom Honório aqui. Sei que você não confia em mim, então”, diz ele. “Assina isso logo, antes de começar a ficar ridiculamente nu na frente de estranhos”, Carmen ordena.

Resumo “O Tempo Não Para”: próximos capítulos da novela

Sinopse “O Tempo Não Para”: Anos de avanços e descobertas que moldaram costumes, hábitos e linguagens da sociedade contemporânea vão gerar um choque em uma abastada família do século XIX que desperta no século XXI. Por 132 anos, os Sabino Machado e seus agregados ficaram congelados, dentro de um bloco de gelo, enquanto a vida lá fora passava. Agora, vão despertar em uma São Paulo pulsante e turbulenta e se deparar com a sociedade em pleno 2018. “O Tempo Não Para”, nova novela das 7, é escrita por Mario Teixeira e tem direção artística de Leonardo Nogueira.

Publicidade