Novela “O Sétimo Guardião”: Valentina (Lilia Cabral) quer se apoderar da fonte milagrosa da casa de Egídio (Antônio Calloni). Ela procura o prefeito Eurico (Dan Stulbach) para propor um acordo: “Eu vim falar sobre a telefonia celular! Não posso ficar em Serro Azul se tiver que ir no alto do morro a toda hora pra me comunicar com o resto do mundo. Por isso, decidi usar o meu prestígio lá em São Paulo. Vou conseguir que instalem aqui na praça uma antena poderosa… Com a ajuda do Olavo, que é podre de rico e está interessado em investir na região… E sob uma certa condição, é claro”.

Eurico se interessa: “E que condição seria essa?”. Valentina explica: “Quero que você desaproprie o casarão do Egídio e depois o entregue a mim como pagamento pelo que ele me fez sofrer nesta cidade… E que trate disso já!”. Eurico fica pasmo: “Desapropriar o casarão de Eurico… E dar pra você?!…É quase uma apropriação indébita! Os vereadores não vão gostar e os eleitores menos ainda… Eu não devia nem cogitar isso por razões que não vêm ao caso, mas sua proposta é tentadora”.

Novela “O Sétimo Guardião”: resumo dos próximos capítulos

Sinopse “O Sétimo Guardião”: À primeira vista, Serro Azul pode parecer apenas mais uma típica cidade do interior, pacata e cercada por montanhas, onde avanços tecnológicos como internet e telefonia celular ainda não chegaram. Um lugar pelo qual quem passa não dá muita atenção, sem saber o que está perdendo, afinal, uma cidade que é vizinha de Greenville e Tubiancanga não poderia deixar de ter suas peculiaridades. A principal delas é uma fonte com propriedades curativas e rejuvenescedoras, que é a parte mais externa de um gigantesco aquífero, uma enorme reserva daquilo que a cada dia se torna o bem mais precioso da Terra: a água. Essa fonte é protegida por sete guardiães que têm como missão garantir que essa riqueza não chegue às mãos erradas.