Novela “Malhação” Toda Forma de Amar: Nina falou o nome de Rita (Alanis Guillen) e deixou Joaquim (Joaquim Lopes) e Lígia (Paloma Duarte) pasmos! Os pais de Filipe (Pedro Novaes) logo tiram satisfação com o filho e são surpreendidos por Aparecida (Jacque Moura): “Fui eu. Foi um descuido meu. Teve um dia na pracinha que a Nina fez xixi e não tinha mais fralda dentro da bolsa. E eu acabei deixando ela com Tadeu e vim buscar. (…) Foi só um minuto, me desculpa. E com certeza ele falou da Rita pra ela”.

Lara (Rosanne Mulholland) fala que a única saída é a demissão da babá de Nina, e que vai ser duro arranjar outra pessoa para ocupar o seu lugar. O estudante de Direito não aguenta ouvir as barbaridades e defende Cida. E logo depois livra a cara da babá: “Não foi a Aparecida. Fui eu. Fui eu que levei a Nina lá pra encontrar a Rita. Se tem alguém responsável aqui pela Nina tá falando o nome da mãe biológica dela sou eu”.

“Assume logo de uma vez que você está traindo a sua família!”, dispara Joaquim. Filipe pede que eles não demitam a Cida e Lígia acata, alegando que estava achando muito estranho tudo. ” A culpa é sua, Filipe”, dispara Lara, deixando o sobrinho assustado.

Resumo “Malhação” Toda Forma de Amar: próximos capítulos da novela

Novela “Malhação”: A história se inicia em 2017, quando Rita (Alanis Guillen), de apenas quinze anos, teve sua filha recém-nascida dada para adoção por seu pai por falta de condições financeira para cria-la. Dois anos se passam e, após a morte do pai, a jovem descobre que sua filha está viva e foi adotada por um casal do Rio de Janeiro, Lígia (Paloma Duarte) e Joaquim (Joaquim Lopes), entrando na justiça para conseguir a guarda da criança e criando um embate entre a mãe biológica e a adotiva.

Rita vai morar com sua madrinha, Carla (Mariana Santos), mãe de Raíssa (Dora de Assis) e Thiago (Danilo Maia), porém os três adolescentes são testemunhas de um crime junto com Jaque (Gabz), Anjinha (Caroline Dallarosa) e Guga (Pedro Alves), quando um grupo armado sequestra um homem na van em que estavam. Eles criam um grupo no WhatsApp intitulado “Deu Ruim” para discutir se devem contar à polícia, criando um laço de proteção e amizade.