Novela “Éramos Seis”: Shirley (Barbara Reis) sente ciúme de Afonso (Cássio Gabus Mendes) e decide afastá-lo de Lola (Gloria Pires). Ela analisa os cadernos de contabilidade, descobre que os doces dão prejuízo e bata na casa da rival: “Queria mesmo lhe falar a sós. É sobre a sociedade que mantém com Afonso. Não acho correto o que está fazendo … Os números não mentem, dona Lola. Eu trouxe a caderneta com a contabilidade da sociedade de vocês. Veja com seus próprios olhos”.

Publicidade

Lola percebe que o amigo mente e o procura: “Seu Afonso, fiquei sabendo que andam falando da nossa sociedade, dizendo que o senhor me favorece. Isso é verdade?”. Ele explica o que faz com as compotas que sobram: “Acabo dando para um amigo ou levando para casa. Não se sinta ofendida. Olha, posso lhe garantir que a nossa sociedade não é só por afeto, é muito lucrativa também”.

Ela desabafa: “Preferia que o senhor tivesse me dito a verdade. Me sinto mal sabendo que andou me dando um dinheiro a mais. Isso é feio. Não gosto, não me sinto bem. Vou continuar com meus doces, mas vou procurar outro armazém para vender compotas. Quero ter a prova do meu valor”. Afonso fica abalado. Cena prevista para dia 30 de janeiro na novela “Éramos Seis”.

Resumo “Éramos Seis”: próximos capítulos da novela

“Éramos Seis”: Casada com Júlio (Antonio Calloni), Lola (Gloria Pires) é uma esposa devotada e mãe de quatro filhos: Carlos (Xande Valois/ Danilo Mesquita), o mais velho e motivo de orgulho para os pais; Alfredo (Pedro Sol/ Nicolas Prattes), rebelde que vive se metendo em confusões e tem ciúmes do irmão; Isabel (Maju Lima/ Giullia Buscacio), determinada e independente, é a favorita do pai – por ser a única filha mulher; e Julinho (Davi de Oliveira/ André Luiz Frambach), o caçula da família – que desde criança demonstra habilidade para lidar com dinheiro.

A história começa com Lola e Júlio passando sufoco para poder pagar as parcelas do casarão que compraram em São Paulo. O primeiro bem do casal sai mais caro do que eles previam por causa dos altíssimos juros do financiamento bancário. O imóvel acaba gerando um impasse entre eles: para ela, o local é a alma da família. Para ele, um empecilho para melhorar de vida.