Novela “Éramos Seis”: Emília (Susana Vieira) discorda das ideias feministas de Adelaide (Joana de Verona) e picota os livros da filha. A jovem fica chateada, resolve viajar com Alfredo (Nicolas Prattes) e apenas avisa que vai demorar. Procupada com o sumiço de Adelaide, Emília chama a polícia e revela o que fez: “Rebeldia, delegado. Estava com livros impróprios, que comprou numa livraria da cidade, de uma desavergonhada que escreve sobre sensualidade, desculpe a palavra, sobre a virgindade como sendo algo inútil”.

Publicidade

Higino (Thiago Justino) opina: “Perdão, doutor delegado. Adelaide se ofendeu com razão porque livros não devem ser destruídos, nem recolhidos, mesmo quando revelam pensamentos contrários aos nossos”. A polícia encontra Adelaide voltando sozinha de Santos e a escolta até sua casa. Emília e o delegado querem saber quem a acompanhou: “Nome do sedutor? Mamãe, que coisa mais atrasada. Sinto muito decepcioná-los, mas se alguém seduziu alguém fui eu. É isso, mamãe, eu sou maior de idade, não sou mais virgem, não mande ninguém ir atrás de mim porque pode se arrepender com o que verá”.

O policial encerra o trabalho: “Sinto dizer que sua filha parece ciente das próprias atitudes. Não precisa da nossa vigilância… Sinto muito”. Emília discute com a filha e Adelaide reage: “Ah, eu devia ter desconfiado. É o bom nome da família, já pensaram o que vão dizer da madame Emília, coitada não teve mesmo sorte com as filhas. Uma saiu louca e a outra desmiolada… […] Eu nunca tive mãe. Tive governantas, professoras, freiras… Mãe nunca. Por isso, dona Emília, não há com que se preocupar. Eu já sou maior, tenho renda própria. Moro aqui por conveniência. No momento em que estiver incomodando, é só me avisar… Que eu me mudo”. Emília fica arrasada. Cena prevista para dia 11 de dezembro na novela “Éramos Seis”.

Resumo “Éramos Seis”: próximos capítulos da novela

“Éramos Seis”: Casada com Júlio (Antonio Calloni), Lola (Gloria Pires) é uma esposa devotada e mãe de quatro filhos: Carlos (Xande Valois/ Danilo Mesquita), o mais velho e motivo de orgulho para os pais; Alfredo (Pedro Sol/ Nicolas Prattes), rebelde que vive se metendo em confusões e tem ciúmes do irmão; Isabel (Maju Lima/ Giullia Buscacio), determinada e independente, é a favorita do pai – por ser a única filha mulher; e Julinho (Davi de Oliveira/ André Luiz Frambach), o caçula da família – que desde criança demonstra habilidade para lidar com dinheiro.

A história começa com Lola e Júlio passando sufoco para poder pagar as parcelas do casarão que compraram em São Paulo. O primeiro bem do casal sai mais caro do que eles previam por causa dos altíssimos juros do financiamento bancário. O imóvel acaba gerando um impasse entre eles: para ela, o local é a alma da família. Para ele, um empecilho para melhorar de vida.

Publicidade