Novela “Éramos Seis”: Marcelo (Guilherme Ferraz) conta para Carlos (Danilo Mesquita) que Isabel (Giullia Buscacio) está envolvida com Felício (Paulo Rocha), e pede que o amigo converse com seu tio. Ele acata a sugestão e, no caminho, encontra uma das manifestações contra o presidente Getúlio Vargas. Virgulino (Kiko Mascarenhas), Adelaide (Joana de Verona), Tião (Izak Dahora), Alfredo (Nicolas Prattes) e Lúcio (Jhona Burkack) estão no meio da passeata. Carlos é atingido por um tiro e cai.

Publicidade

Uma ambulância socorre o jovem. No hospital, ele faz um pedido a Alfredo: “Eu quero falar. Preciso pedir um favor… Tem que me prometer que não vai deixar a mamãe sozinha. Ela não merece… Alfredo, você agora é o responsável pela casa. Não deixa ela sozinha. Promete para mim, Alfredo. Promete”. Ele morre e toda a família se desespera. Cena prevista para dia 07 de fevereiro na novela “Éramos Seis”.

Resumo “Éramos Seis”: próximos capítulos da novela

“Éramos Seis”: Casada com Júlio (Antonio Calloni), Lola (Gloria Pires) é uma esposa devotada e mãe de quatro filhos: Carlos (Xande Valois/ Danilo Mesquita), o mais velho e motivo de orgulho para os pais; Alfredo (Pedro Sol/ Nicolas Prattes), rebelde que vive se metendo em confusões e tem ciúmes do irmão; Isabel (Maju Lima/ Giullia Buscacio), determinada e independente, é a favorita do pai – por ser a única filha mulher; e Julinho (Davi de Oliveira/ André Luiz Frambach), o caçula da família – que desde criança demonstra habilidade para lidar com dinheiro.

A história começa com Lola e Júlio passando sufoco para poder pagar as parcelas do casarão que compraram em São Paulo. O primeiro bem do casal sai mais caro do que eles previam por causa dos altíssimos juros do financiamento bancário. O imóvel acaba gerando um impasse entre eles: para ela, o local é a alma da família. Para ele, um empecilho para melhorar de vida.

Publicidade