Publicidade

Novela “Éramos Seis”: As travessuras de Alfredo (Pedro Sol/Nicolas Prattes) em Éramos Seis ainda vão dar muita dor de cabeça para Lola (Gloria Pires) e Júlio (Antonio Calloni). Completamente diferente dos irmãos, o menino simplesmente não consegue se comportar e vive se metendo em confusão. Agora, vai sobrar até para Afonso (Cássio Gabus Mendes), vizinho da família e dono da vendinha da região. Desafiado por Tião (Lipinho Costa), Alfredo aceita a missão de roubar o armazém para se tornar o “chefe da turma”.

Publicidade

Em um primeiro momento o menino hesita. Afinal de contas, Afonso o conhece e é amigo de seus pais. Mas a ambição de vencer o desafio fala mais alto. À noite, coloca travesseiros em cima da cama, pula a janela e encontra os colegas de rua. Em frente ao armazém, Tião o provoca de novo: “Pode desistir! Vai mesmo entrar? Desiste de uma vez!” Mesmo receoso, Alfredo entra e vai direto até a corda que ele prometeu que roubaria. Depois, aproveita também para roubar umas balas em um pote de vidro. No entanto, na hora de ir embora, a corda esbarra no pote, que cai no chão e quebra.

Imediatamente, Shirley (Barbara Reis) acorda e corre para ver o que está acontecendo, enquanto Alfredo, apavorado, tenta se esconder. Ela grita por Afonso: “Acode, Afonso! Tem ladrão, tem ladrão!”, grita Shirley. Antes mesmo de o dono do armazém chegar, o filho de Lola consegue fugir. Ainda assim, é flagrado por Afonso através da janela.

Resumo “Éramos Seis”: próximos capítulos da novela

“Éramos Seis”: Casada com Júlio (Antonio Calloni), Lola (Gloria Pires) é uma esposa devotada e mãe de quatro filhos: Carlos (Xande Valois/ Danilo Mesquita), o mais velho e motivo de orgulho para os pais; Alfredo (Pedro Sol/ Nicolas Prattes), rebelde que vive se metendo em confusões e tem ciúmes do irmão; Isabel (Maju Lima/ Giullia Buscacio), determinada e independente, é a favorita do pai – por ser a única filha mulher; e Julinho (Davi de Oliveira/ André Luiz Frambach), o caçula da família – que desde criança demonstra habilidade para lidar com dinheiro.

A história começa com Lola e Júlio passando sufoco para poder pagar as parcelas do casarão que compraram em São Paulo. O primeiro bem do casal sai mais caro do que eles previam por causa dos altíssimos juros do financiamento bancário. O imóvel acaba gerando um impasse entre eles: para ela, o local é a alma da família. Para ele, um empecilho para melhorar de vida.

Publicidade