Novela “A Dona do Pedaço”: Maria da Paz (Juliana Paes) atira em Régis (Reynaldo Gianecchini), ele se recupera e declara seu amor para a esposa. Logo depois, Régis procura Amadeu (Marcos Palmeira) para ajudá-lo a inocentar a esposa. O advogado aconselha Régis a procurar Roma (Julia Lund) e seu suposto filho Arthur (Bernardo Dantas Ribas), para consertar seu erro do passado.

Régis visita Maria, ela recusa reatar com o marido e não aceita que ele venda a loja de vinhos para ajudá-la. Régis manda Téo (Rainer Cadete) oferecer um dinheiro emprestado para Maria abrir uma confeitaria, sem dizer que ele é o verdadeiro financiador do projeto.  Maria aceita o dinheiro oferecido por Téo e Régis pega o valor com sua mãe, Gladys (Nathalia Timberg).

Régis mente para inocentar Maria da Paz no inquérito e conta a verdade para Roma: “Nunca fiz aquele teste de DNA. Na época eu só queria saber de casar com a Maria da Paz, pegar o dinheiro dela. A gente faz tanta coisa errada. Mas sabe o que é bom da vida? A gente pode voltar atrás. Me dá essa oportunidade. Me deixa fazer um novo teste de DNA. Agora de verdade”.

A ruiva aceita, mas exige: “E se você não sentir que vai abraçar, acolher o seu filho, se não for capaz de dar amor, não confunda a cabeça do menino”. Régis conta tudo para Maria: “Eu tava cego de ambição. Eu só vim te contar. Eu fui procurar o menino e a mãe. Vou fazer um novo teste. Se for pai, vou assumir… Eu quero ser um novo homem. Quero mudar, por você”. Cena prevista para dia 09 de setembro na novela “A Dona do Pedaço”.

“A Dona do Pedaço”: resumo dos próximos capítulos da novela

Sinopse “A Dona do Pedaço”: a novela enaltece a trajetória de Maria da Paz (Juliana Paes), uma jovem humilde, da cidade fictícia de Rio Vermelho, no Espírito Santo. Maria vem de uma família de justiceiros profissionais, os Ramirez, e se apaixona justamente por Amadeu (Marcos Palmeira), advogado formado em Vitória e membro do clã rival nos negócios, os Matheus. A trama, dividida em um prólogo e duas fases, traz uma história de amor com elementos à Romeu e Julieta, sem perder o humor, que permeia todo o folhetim.