21.6 C
São Paulo
sexta-feira, maio 24, 2024
publicidade

A História de Ester – resumo do capítulo

A História de Ester – a Rede Record  divulgou no resumo dos próximos capítulos da novela A História de Ester que Aridai defende os judeus e Hamã (Paulo Gorgulho) fica chocado com a posição do filho. Resumo dos capítulos da novela A História de Ester – Abial (Juan Alba) e Lia (Cássia Linhares) contam para a filha Hadassa (Gabriela Durlo) como é Jerusalém, a terra prometida aos judeus. Enquanto isso, nas ruas de Susã, soldados amalequitas surpreendem judeus, que correm e gritam desesperados. Muitos judeus morrem no ataque. Mordecai (Ewerton de Castro) foge apavorado. Hadassa escuta atentamente seus pais contarem histórias sobre o templo sagrado e o rei Davi, quando Mordecai os interrompe e avisa que os amalequitas invadiram a cidade. Abiail, Hadassa, Lia e Mordecai fogem apavorados. Eles acabam sendo encurralados por soldados amalequitas. Um guerreiro acerta um golpe em Abiail, que cai morto. Uma flecha atinge Lia. Hadassa sofre ao ver a mãe sangrando e chora apavorada. Lia pede que a filha tenha sempre orgulho do povo judeu e morre nos seus braços. Mordecai salva Hadassa de ser atingida por um guerreiro.

Hadassa acorda do pesadelo, já com vinte anos. Mordecai a consola. Ela chama o primo para se mudarem para Jerusalém, mas Mordecai diz que ainda não é a hora. Ela pede para ir sozinha e revela que era um sonho de seus pais partir para a Terra Prometida. Mordecai pede ao amigo Joel (Giuseppe Oristanio) que leve Hadassa com sua fam­lia. Hadassa conta história para algumas crianças, quando vê Ana (Let­cia Colin) passando mal. Ana se anima ao saber que o rei e seus guardas irão passar pela rua, já que está apaixonada pelo soldado Aridai (Paulo Nigro). Hadassa acompanha a amiga. Simion (Maur­cio Ribeiro) passa pela multidão para chegar ao palácio. Ruben (Marcio Kieling) zomba do amigo, mas fica enfeitiçado ao ver Hadassa.

Continua após o anúncio

A cidade de Susã nunca reunira tantas culturas diferentes no comando de um único rei, Assuero (Marcos Pitombo). O rei Assuero desfila em seu cavalo com a comitiva. Todos se curvam ao rei. Hadassa fica fascinada com a beleza de Assuero, mas vê sua aluna atravessando a rua e quase sendo atropelada pelos cavalos da comitiva. Num impulso, a pega do chão. Soldados se aproximam com lanças e espadas. Assuero, no entanto, tem uma intensa troca de olhares com Hadassa. Ele manda os soldados se afastarem. Memucã (Paulo Figueiredo) discursa para o povo a favor de Assuero, enquanto a comitiva distribui jóias e objetos de valor para os súditos. Ana e Aridai também trocam olhares. Rebecca (Eliete Cigarini) observa a filha e fica indignada ao perceber a paquera. Joel e Mordecai não se curvam diante da comitiva do rei. Ana segue em direção ao encontro com Aridai, mas é interceptada pelos pais. Hamã (Paulo Gorgulho) manda Mordecai se ajoelhar, mas ele se nega. Hamã acerta o judeu com um golpe, que cai sangrando. Joel socorre o amigo. Ana aproveita para ir ao encontro de Aridai. Rebecca a segue. Aridai e Ana se beijam e são flagrados por Rebecca. Para que a mãe não conte nada a Joel, Ana promete nunca mais se encontrar com Aridai. Harbona (Rocco Pitanga) avisa a rainha Vasti (Daniela Galli) que Assuero pede sua presença. Hamã fica furioso com Mordecai. Dalfom (Gabriel Gracindo) instiga ainda mais o ódio do pai. Zeres (Vanessa Gerbelli) pede que o marido se acalme e diz que depois que ele for nomeado imperador, Hamã poderá fazer Mordecai se curvar a ele. Hamã e Dalfom apoiam a ideia de Zeres.

Simion e Harbona organizam o palácio para o banquete do rei. Memucã parabeniza Assuero, que pretende atacar a Grécia. Vasti avisa Assuero que dará um jantar para as mulheres dos pri­ncipes do reino. Hadassa aconselha Mordecai a não ir ao banquete oferecido pelo rei. Ruben também fica decepcionado ao saber que Hadassa irá para Jerusalém com a fam­lia de Joel. O palácio está cheio de convidados para o banquete oferecido por Assuero. Ruben pede a mão de Hadassa a Mordecai, que fica feliz, mas diz que a sobrinha é quem tem que escolher. Todos os convidados se curvam diante do rei. Simion prova a bebida e a comida antes do rei. Os convidados clamam pela presença da beleza de rainha Vasti. Assuero manda Harbona chamar a rainha. Vasti festeja com as mulheres dos pr­ncipes enquanto Zeres joga a sorte e diz que sua vida terá muitas mudanças. Ela diz que os deuses mandaram a rainha seguir sua intuição. Diante disso, ela recusa o convite do rei. Hamã escuta Harbona contando para Assuero que Vasti se recusa a vir e espalha para os convidados. Todos ficam indignados. Incentivado por Memucã e Hamã, Assuero decide destituir Vasti do trono.

Continua após o anúncio

Vasti fica revoltada ao saber da decisão do rei. Ela também discute com Zeres, que foi quem a mandou seguir sua intuição. Hamã, então, pede que Assuero reúna todas as virgens do reino a fim de escolher a nova rainha. Ao ouvir a novidade, Mordecai e Ruben se desesperam. Joel fica revoltado ao saber que sua filha poderá ser levada pra o harém. Começa um tumulto. Rebecca tenta evitar que Ana seja levada, mas os guardas a arrastam dali. Mordecai pede que Hadassa se esconda, mas soldados invadem sua casa e ameaçam matá-lo. Hadassa aparece e se entrega, salvando a vida de Mordecai.

—–

Mordecai (Ewerton de Castro), desesperado, pede que ela não conte a ninguém que é judia e que mude seu nome para Ester. Hadassa/Ester e Ana (Let­cia Colin) se encontram em meio a outras virgens, que também foram levadas força. Ruben (Marcio Kieling), inconformado, promete pedir ajuda a Simion (Maur­cio Ribeiro) para trazer Hadassa/Ester de volta. Joel (Giuseppe Oristânio) e Rebecca (Eliete Cigaarini) estão arrasados por perder a filha para o rei. Rebecca conta para Aridai (Paulo Nigro) que Ana foi levada para o harém. Ele promete ajudar Ana a sair do palácio e deixa Rebecca esperançosa. Joel fica irritado ao ver os dois conversando. Tafnes (Lana Rodes) e Dalfom (Gabriel Gracindo) se beijam. Quinlá (Maria Ceiça) recepciona as virgens no harém. Hadassa/Ester tenta acalmar Ana, que está arrasada. Zeres (Vanessa Gerbelli) transforma a vulgar Tafnes e a deixa com aparência de virgem. Joel discute com Aridai. Teres (Victor Hugo) e Bigtã (Felipe Martins) colocam Tafnes junto com as outras virgens, no harém. Ana fica confusa ao se deparar com Tafnes, que não estava por ali anteriormente.

Hegai (André di Mauro) se apresenta s virgens e fica fascinado com a beleza de Hadassa, que se apresenta pela primeira vez como Ester de Susã. Ruben implora a ajuda de Simion para entrar no harém e salvar Ester. Simion, no entanto, reluta por temer que algo de ruim possa acontecer com o amigo. Dalfom zomba de Aridai ao dizer que sua “namoradinha” pode ser a escolhida pelo rei. Ele disfarça sua indignação. Assuero fica surpreso ao receber um mapa completo das terras inimigas (Grécia) de Hamã (Paulo Gorgulho). Hegai explica s virgens como serão as aulas de etiqueta palaciana. Ester explica para Ana por que mudou seu nome. Todas as moças do harém ficam eufóricas quando Hegai fala sobre os rituais de beleza. Ana e Ester não se mostram muito animadas. Memucã (Paulo Figueiredo) e Hamã divergem em relação guerra, já que o primeiro é contra, mas o segundo é a favor. Assuero não leva em consideração a opinião de Memucã e diz que vencer é honrar por seu pai, que foi morto em guerra contra os gregos. Joel chora por Ana estar no harém, mas Mordecai pede que ele tenha fé e diz que tudo tem um propósito. Assuero, Memucã, Hamã e outros conselheiros acertam detalhes para a grande batalha. Assuero diz sentir falta de Vasti. Hegai fica indignado com a postura t­mida de Ana. Ele também pergunta se Tafnes é virgem. Ela mente ao responder que sim. Quinlá e Hegai ficam impressionados com a beleza de Ester, que fica envergonhada com os elogios. Já Tafnes se irrita com Ester. Bigtã e Teres impedem que Mordecai encontre a sobrinha.

Continua após o anúncio

Hamã ameaça prender Mordecai, que não se curva diante do amalequita. Ester reluta, mas não consegue esquecer a troca de olhares com rei durante o desfile. Ruben entra no palácio sem que soldados percebam. Ele pede ajuda a Simion, que tenta convencer o amigo do perigo que será se for até o harém. Mas é em vão. Hamã reclama de Mordecai e Zeres o incentiva a construir uma forca para matar o judeu. Dalfom e Tafnes se beijam nos corredores do palácio. Ana revela a Ester que não é mais virgem. Ester fica chocada, mas consola a amiga. Assuero (Marcos Pitombo) revela a Harbona (Rocco Pitanga) que se interessa por uma moça de origem pobre e que a viu durante o desfile. Ruben encontra Ester. Ana faz barulho e Tafnes grita que Ester trouxe um homem para o harém. Rebecca revela a Joel que Ana estava se interessando por Aridai. O desgosto toma conta de Joel. Hegai pergunta se Ester conhece Ruben. Ele, no entanto, diz ter se enganado ao procurar pela noiva Hadassa. Hegai não aceita as desculpas de Ruben e diz que ele será morto. Ana, Ester e Ruben ficam chocados.

Ester (Gabriela Durlo) teme que Ruben morra. Ela chora e Ana (Let­cia Colin) consola a amiga. Simion (Mauricio Ribeiro) fica tenso ao saber que Ruben (Márcio Kieling) foi capturado. Assuero (Marcos Pitombo) decide poupar a vida de Ruben, mas avisa que ele se tornará um eunuco. O judeu se desespera ao saber que perderá sua masculinidade. Tafnes (Lana Rodes), maliciosa, tenta induzir que Ester conheça Ruben. Hegai (André di Mauro) dá aulas de etiqueta s virgens do harém. Quinlá (Maria Ceiça) e Hegai elogiam Ester e Tafnes fica com raiva. Ester e Ana ainda temem o que acontecerá com Ruben. Aridai (Paulo Nigro) pede ajuda de Teres (Victor Hugo) e Bigtã (Felipe Martins) para encontrar Ana. Eles tentam subornar Aridai, que furioso, desiste de ver a amada.

Ester fica assustada ao saber que Ruben se tornará um eunuco. Ruben sofre ao ter os cabelos raspados. Todas as virgens do harém passam por rituais de beleza. Ana desmaia e Ester a socorre. Hamã (Paulo Gorgulho) avisa Mordecai (Ewerton de Castro) que está construindo uma forca para matá-lo. O judeu, no entanto, o enfrenta e diz que irá morrer quando seu Deus quiser. Os dois discutem e Mordecai fica preocupado com a ameaça do rival. Quinlá desconfia de que Ana esteja grávida, mas ela se recusa a acreditar e chora. Aridai fica preocupado ao ver sua amada chorando. Joel (Giuseppe Oristânio) não consegue perdoar Rebecca (Eliete Cigaarini) por ter escondido o caso de Ana e Aridai. Ester não come carne de porco e Tafnes tenta armar uma confusão. Ester discute com a eg­pcia. Aridai encontra Ana e os dois se beijam sem que ninguém veja.

Ruben acredita que irá morrer de tanta dor, mas Simion aparece e cuida do amigo. Hegai e Quinlá levam as virgens até um local cheio de jóias e roupas bel­ssimas para que se arrumem para o rei. Ester é a única mulher que não está interessada em nada, já que sempre sonhou em se casar por amor. Dalfom (Gabriel Gracindo) provoca Aridai ao dizer que sua namorada pode ser a escolhida pelo rei. Os dois brigam e Zeres diz que Tafnes será a escolhida. Seguindo o sonho de Quinlá, Hegai escolhe Tafnes e deixa Ester frustrada. Sem que Assuero veja, Tafnes coloca um pó em sua bebida. Assuero, friamente, começa a beijá-la. Tafnes volta para o harém e conta detalhes sobre a noite. Assuero, no entanto, avisa Harbona que Tafnes jamais será sua rainha. Hegai diz que ninguém pode procurar Assuero sem ser chamado. E se isso acontecer, a pessoa corre risco de morrer, já que o rei tem que levantar seu cetro de ouro para salvá-la.

Passado algum tempo, várias virgens passam pelas mãos do rei, que sempre fica desapontado por não ser a mulher com quem trocou olhares durante o desfile. Chega o dia em que Ester é a escolhida. Assuero finalmente vê Ester. Ele fica surpreso e fascinado. Os dois se olham com encantamento.

—-

Ester (Gabriela Durlo) fica surpresa quando Assuero (Marcos Pitombo) diz se lembrar dela do dia do desfile. Ela diz que achava que o rei só tinha olhos para nobreza. Assuero pergunta se ele é injusto com seu povo. Ester diz não achar justo a forma como as virgens foram levadas para o palácio. Assuero pergunta se Ester não está feliz por estar ali. Ela responde que sempre sonhou em entregar seu corpo ao homem que já tivesse conquistado seu coração. Ela fica surpresa quando ele diz aceitar o desafio de conquistá-la. Tafnes (Lana Rodes) zomba de Ester, já que ela volta rapidamente aos aposentos. Quinlá (Maria Ceiça) fica impressionada com a atitude do rei. Ester sente que Assuero mexeu com seu coração. Ruben (Márcio Kieling), revoltado, diz não ter mais fé. Assuero não consegue parar de pensar em Ester. Ana (Let­cia Colin) conta que encontrou Aridai (Paulo Nigro) e que os dois irão fugir. Ester fica preocupada com o que pode acontecer com a amiga. Dalfom (Gabriel Gracindo) escuta Joel (Giuseppe Oristânio) e Rebecca (Eliete Cigaarini) falando sobre Ana e Aridai. Hegai (André di Mauro) entrega papiro Ester e diz que ela está virando a cabeça do rei. Ela lê fascinada as histórias do papiro.

Aridai defende os judeus e Hamã (Paulo Gorgulho) fica chocado com a posição do filho. Dalfom chega e diz que Aridai está namorando uma judia. Ele confirma a história e promete tirar sua amada do harém. Hamã, Zeres e Dalfom ficam revoltados com a postura de Aridai. Hamã ameaça denunciar Ana e Ariadai ao rei. Dalfom provoca e Ruben parte para cima do amalequita, que o detém com uma espada. Assuero pede que os preparativos para a invasão s terras gregas sejam agilizadas e que aconteça o mais rápido possível. Harbona (Rocco Pitanga) diz que Bigtã (Felipe Martins) e Teres (Victor Hugo) têm causado problemas ao trocarem informações privilegiadas em troca de ouro. Mordecai (Ewerton de Castro) descobre que Ester esteve nos aposentos do rei e que em seguida voltou para o harém. Simion não sabe explicar o real motivo e Mordeicai fica preocupado.

Assuero fica furioso com a mentira de Bigtã e Teres. Eles insistem e Assuero decide dar mais uma chance aos eunucos, que ficam com raiva ao saber que terão que entregar todas as moedas de ouro. Hamã diz que Assuero tem sido muito complacente e o incentiva a acabar com os judeus. Memucã (Paulo Figueiredo), no entanto, os defende e diz que o palácio preserva as diferenças culturais. Os dois discutem e Assuero pede que se acalmem. Memucã defende Mordecai e Hamã não se contém de tanto ódio. Hamã pede ajuda a Dalfom para que Aridai não frequente o palácio para não encontrar Ana. Quinlá promete conseguir vestidos mais largos para que Ana consiga disfarçar a gravidez. Ana diz querer se casar com Aridai e se mudar para Jerusalém. Tafnes (Lana Rodes) faz questão de perturbar a vida de Ester e Ana e avisa que será a rainha escolhida por Assuero.

Ruben e Ester ficam emocionados ao se reencontrarem. Hegai diz que Ester não sai dos pensamentos do rei. Aridai é impedido de entrar no palácio por Dalfom. Bigtã e Teres pensam em comprar veneno para matar Assuero. Joel teme que Hamã queira se vingar de Ana. Tafnes morre de inveja quando Hegai anuncia que Assuero chamou Ester pelo nome para um passeio no bosque real. Ruben fica arrasado quando Simion conta que Assuero está enlouquecido por Ester. Tafnes revela a Dalfom que irá fazer de tudo para tirar Ester de seu caminho. Ester e Assuero passeiam pelo bosque. Os dois conversam. Ester fica surpresa, quando Assuero diz querer vê-la feliz, mesmo que ela vá embora do palácio para realizar seu sonho.

—–

Ester (Gabriela Durlo) diz a Assuero (Marcos Pitombo) que é melhor continuar no palácio. Assuero, discreto, comemora. Ela, no entanto, não quer ceder e diz apenas não poder se aventurar sozinha fora de Susã. Os dois se olham muito próximos, cheios de paixão. Ruben (Márcio Kieling) fica desolado ao ver Ester e Assuero felizes. Os dois andam a cavalo, quando Ester percebe que perdeu o colar que era herança de sua mãe. Eles não encontram e Ester é consolada por Assuero. Joel (Giuseppe Oristânio) e Rebecca (Eliete Cigaarini) não conseguem se entender. Ester volta para o harém e conta que Assuero a libertou, mas que ela não deseja sair dali.

Ana (Letícia Colin) chora com saudades de Aridai (Paulo Nigro) e Ester a consola. Aridai também não consegue dormir pensando na amada. Zeres (Vanessa Gerbelli) pede que o filho nunca mais pense na judia. Ester segue até a presença de Assuero levando os papiros. Ele pede que ela leia. Assuero finge dormir quando Ester se aproxima e o beija levemente. Ela sai e Assuero finalmente dorme feliz e apaixonado. Ester fica perplexa ao ver Tafnes (Lana Rodes) e Dalfom (Gabriel Gracindo) se beijando. Dalfom tenta suborná-la, mas Ester não aceita. Tafnes agarra Ester agressivamente, quando é interrompida por Hegai (André di Mauro) que fica desconfiado. Dalfom escapa, mas não consegue impedir a entrada de Aridai no palácio.

Ana e Aridai se encontram escondidos. Ela revela que está grávida e Aridai comemora. Hamã, revoltado com a audácia de Aridai, se descontrola e diz que ele nunca terá um neto judeu. Aridai fica chocado com a frieza do pai. Hamã leva Aridai até Joel e Rebecca para que o filho conte que Ana está grávida. Joel e Rebecca se abraçam desolados, já que terão um neto amalequita. Tafnes maltrata Ester e promete se vingar da judia. Ester comemora quando Hegai anuncia que o rei mandou chamá-la. Mordecai tenta consolar Joel e Rebecca, que estão arrasados. Zeres, inconformada, pede que Aridai jure pelo seu próprio sangue que nunca mais irá procurar a judia. Ele sofre, mas acaba concordando já que Hamã ameaça denunciar Ana.

Ester revela a Assuero que seu coração é dele. Ele, então, pede Ester em casamento. Os dois, felizes, se beijam apaixonados. Simion (Maurício Ribeiro) conta para Mordecai (Ewerton de Castro) que Ester é a escolhida de Assuero. Tafnes não aceita a derrota para Ester. Hegai e Quinlá (Maria Ceiça) chegam a tempo de defender a judia. Ruben encontra o colar de Ester. Ele é surpreendido por Assuero, que promete recompensá-lo. Tudo é organizado para o dia da coroação de Ester. Ninhuém desconfia da gravidez de Ana. Assuero também está ansioso para o grande dia. Ester fica encantada com seu novo aposento. Ela finalmente está pronta para ser coroada. Ruben surge no quarto de Ester e lhe deseja felicidades. Os dois se abraçam como grandes amigos. O palácio está todo decorado. Zeres, antes mesmo de conhecer a futura rainha, tem planos de se aproximar dela por interesse. Ester desfila pelo corredor. Todos se curvam a ela. Ester se emociona, quando Assuero lhe entrega o colar que ela havia perdido. Ester é coroada rainha e Assuero declara seu amor.

Assuero (Marcos Pitombo) e Ester (Gabriela Durlo), felizes, trocam juras de amor. Todos os príncipes se curvam e deixam presentes como forma de boas vindas. Memucã (Paulo Figueiredo) fica feliz por Assuero ter encontrado um grande amor. Hamã (Paulo Gorgulho) e Zeres (Vanessa Gerbelli) planejam uma forma de matar o rei. Bigtã (Felipe Martins) e Teres (Victor Hugo) resmungam por não terem a vida que sempre sonharam. Tafnes (Lana Rodes), cheia de ódio, não consegue aceitar a felicidade de Ester. Aridai tenta sair ao encontro de Ana, mas é impedido por Dalfom.

O rei e a rainha desfilam pelas ruas de Susã. Mordecai, (Ewerton de Castro), Rebecca (Eliete Cigaarini) e Joel (Giuseppe Oristânio) comemoram a aparição. Ester se emociona ao ver Mordecai. Assuero percebe as lágrimas da rainha e a beija. Bigtã e Teres tramam uma maneira de se vingar do rei. Eles são surpreendidos por Hamã. Assuero afirma viver um momento de plena felicidade junto de Ester. Os dois se beijam intensamente. Simion revela a Ruben que reza todos os dias para que Deus não permita que ele morra envenenado. Os eunucos se ajoelham diante de Hamã e dizem que jamais fariam qualquer coisa contra o rei. Hamã os chantageia e pede que os dois eliminem Assuero de uma vez por todas. Mordecai agradece por Ester ter se tornado rainha.

Hamã, Zeres e Dalfom comemoram a morte de Assuero. Aridai fica revoltado e todos temem que ele conte a verdade ao rei. Assuero e Ester acordam apaixonados e felizes. Tafnes volta a se encontrar com Dalfom sem que ninguém veja. Ela pede para que Dalfom a liberte do harém. Ele manda Tafnes denunciar Ana, que está grávida, a Hegai. Joel vê uma menina parecida com Ana na rua, mas logo se desilude ao ver que não é sua filha. Ester e Simion conversam. Tafnes afirma haver uma mulher grávida no harém. Ana, nervosa, tenta disfarçar. Hegai, furioso, promete descobrir a verdade.

Mordecai fica chocado ao ver Bigtã e Teres comprando veneno para matar o rei. Dalfom encontra os eunucos e ordena que a morte de Assuero aconteça logo. Mordecai pede que Ruben conte para Ester os planos de Bigtã e Teres. Ruben sai desesperado. Ester, apavorada, segue até a presença do rei mesmo sem ter sido chamada. Memucã se coloca contra a guerra. Já Hamã insiste em conquistar novas terras. Aridai aparece de surpresa na reunião. Dalfom e Hamã ficam preocupados. Aridai é pressionado e não consegue contar a verdade ao rei. Bigtã e Teres colocam veneno nas taças sem que Simion veja. Ester pede que Harbona fale com Assuero. Ele diz que só pode se dirigir ao rei, quando ele chamar. Ester, nervosa, espera para o chamado do rei. Simion serve vinho a todos na reunião. Memucã bebe a taça inteira de uma vez. Assuero está prestes a tomar o vinho. Harbona não sabe o que fazer.

—-

Harbona diz que Ester precisa falar com o rei urgentemente. Simion se sente mal. Ester revela o plano de Bigtã e Teres. Hamã e Dalfom ficam surpresos, mas disfarçam. Memucã se contorce de dor. Aridai, aflito, sabe que o primeiro ministro não aguentará muito. Assuero tenta socorrer Memucã, mas é em vão. O fiel amigo morre nos braços do rei, que fica desolado. Bigtã e Teres tentam fugir depois de saberem que Ester contou a verdade para o rei. Assuero ordena que Bigtã e Teres sejam levados até ele. Ester fica tensa ao ver a pulseira de amalequita no braço de Hamã. Harbona pensa em chamar um feiticeiro para curar Simion, mas ele se recusa. Ele afirma que será curado se for a vontade de Deus. Harbona fica impressionado com a fé de Simion.

Começa uma perseguição no palácio em busca dos eunucos traidores. Dalfom ameaça Bigtã e Teres ao dizer que se eles mencionarem o nome de Hamã diante do rei, a família dos dois serão mortas. Finalmente, os dois são presos. Mordecai conta para Joel e Rebecca sobre os eunucos que tramaram contra a vida do rei. Rebecca diz estar preocupada com Ana e o bebê. Joel, ainda bravo, mente que não sente falta da filha. Hamã teme que Bigtã e Teres, pressionados pelo rei, falem a verdade. Assuero ordena que os dois sejam levados à forca. Ele também anuncia que Hamã será seu primeiro ministro. O rei não se conforma com a atitude dos eunucos assim como com a morte de Memucã. Ester o consola e conta que o judeu Mordecai avisou asobre a conspiração para um dos eunucos, que contou para ela. Assuero diz que quer agradecer a amada por salvar sua vida. Ela pede que Ana saia do harém. Assim, Assuero permite que Ana volte para sua família.

Tafnes conta para Hegai que Ana está grávida. Nesse momento, Ester chega e concede a liberdade à Ana, que chora. Tafnes fica com mais raiva de Ester. Hamã e Zeres continuam tramando uma maneira para chegar ao trono. Aridai escuta tudo indignado. Zeres pede que Hamã acabe de vez com os judeus. Zeres joga a sorte e diz que no dia 13 do mês de Adar todos os judeus deverão ser exterminados. Quinlá consola Ester, que está chateada pelo rei não chamá-la. Ester pede que Harbona escreva no livro de crônicas o feito de Mordecai, que salvou a vida do rei. Ana reencontra os pais. Joel, no entanto, não a reconhece como filha e a expulsa de casa. Rebecca e Ana choram desesperadas. Mordecai recebe Ana em sua casa. Passam-se vários dias e Ester fica cada vez mais convicta de que o rei a esqueceu. Ela, sem querer, revela à Quinlá que é judia. Tafnes escuta. Ester e Quinlá se apavoram quando Tafnes diz que vai contar para o rei. Ela invade os aposentos de Assuero. O rei fica fora de si, quando Tafnes começa a falar mal de Ester. Ele nem escuta o que ela tem a dizer e pede que seja enforcada.

Hamã convence o rei a se livrar de um povo inferior e rebelde, mas não revela que são os judeus. Ele promete colocar 10 mil talentos de prata na tesouraria real. Assuero, distraído, entrega seu anel para que Hamã redija o decreto. Os decretos são pregados em diversos lugares. Mordecai, inconformado, diz que todos os judeus serão mortos. Mordecai rasga suas vestes e grita revoltado. Outros judeus também rasgam suas roupas e começam a seguir Mordecai. Ester fica chocada ao ler o decreto. Ruben revela ainda que tudo foi tramado por Hamã e que Mordecai pediu que ela suplique ajuda ao rei. Mordecai diz que Ester não será morta se for à procura do rei sem ser chamada, basta que ele levante seu cetro de ouro. Ela revela ter encontrado o amor em Assuero, mas teme que esteja abandonada já que desde a morte de Memucã ela não foi mais chamada. Mordecai diz que somente a rainha pode salvar os judeus.

Mordecai diz que a rainha é a única pessoa que pode salvar os judeus do ataque dos amalequitas. Ester pede, então, que todos os judeus jejuem e rezem por 3 dias. Depois disso, ela irá ao encontro de Assuero mesmo sem ser chamada. Dalfom lamenta a morte de Tafnes. Aridai se desespera ao saber do decreto contra os judeus. Harbona fica impressionado ao ver Simion totalmente curado. Ruben e Simion ficam desesperados ao saberem do decreto. Com a decisão de Ester, há uma esperança para os judeus. Rebecca age friamente com Joel por ele ter se recusado a receber Ana. Mordecai avisa aos judeus sobre o pedido de Ester.

Simion conversa com Harbona, que o libera de provar as comidas do rei para seguir o jejum dos judeus. Hamã incentiva Assuero a invadir a Grécia. O rei, no entanto, diz que a morte de Memucã o fez repensar e que a invasão será postergada. Hamã disfarça a contrariedade. Dalfom e Aridai galopam pelo centro de Susã, quando Aridai vê Ana. Dalfom não percebe nada e Aridai vai ao encontro da amada. Ana se rende aos encantos de Aridai, que fica emocionado ao ver o barrigão da amada. Os dois se beijam apaixonados. Mordecai está reunido com diversos judeus, quando é interrompido por Hamã. Ester chora ao relembrar o sofrimento de seus pais e reza emocionada.

Zeres vai ao encontro da rainha. As duas não se entendem quando Zeres diz estar feliz com dia em que o judeus serão mortos. Amalequitas a cavalo agem como vândalos destruindo o comércio dos judeus. Aridai fica irritado ao saber que Tafnes denunciou Ana no harém. Joel tenta enfrentar os amalequitas rebeldes, mas Dalfom o ameaça com uma espada. Ana aparece por ali e é empurrada. Aridai parte para cima de Dalfom, que, em desvantagem, vai embora. Joel, irritado, expulsa Aridai dali. Hegai e Quinlá ficam preocupadas com o jejum de Ester. Hamã, furioso, diz não aguentar mais ser afrontado por Mordecai. Dalfom conta para os pais que Aridai defendeu Ana e sua família. Mordecai e muitos judeus rezam por Ester. Ruben e Simion também rezam. Passa mais um dia e Ester também pede que Deus a ajude. Zeres invoca seus deuses para para o combate contra os judeus. Ainda mais judeus se reúnem para orações. Mordecai lidera as rezas em Susã. Passado três dias, Ester diz estar pronta para falar com o rei mesmo sem ter sido chamada. Assuero está reunido com seus conselheiros, quando Ester aparece. Todos ficam surpresos.

A Guarda dá ordens para prenderem Ester, pois ninguém pode entrar na sala do rei sem ser chamado. Assuero manda os guardas se afastarem de Ester e levanta seu cetro pra ela. Ester convida Assuero para ir ao banquete que vai preparar no jardim real. Aridai, Harbona, Hamã, Dalfom e outros conselheiros ficam pasmos por Ester ter arriscado a vida pra fazer um convite ao rei. Ester conta a Hegai e Quinlá que ainda não revelou a Assuero que é judia, pois quer entender como Hamã age. Zeres diz a Hamã que sente que algo muito grave está para acontecer. Simion conta a Mordecai, Joel, Rebecca e Ana que Assuero estendeu seu cetro salvando a vida de Ester.

Mordecai afirma que ainda não era o momento de Ester revelar sua origem e que ela tem que ser cautelosa. Joel fala pra Ana que não é pai de ninguém. Ela fica arrasada com a atitude do pai. Assuero confessa a Harbona que mal pode esperar pelo banquete. Hegai dá os últimos retoques na decoração do jardim. Ester fala pra Quinlá que seu maior medo é Hamã tentar virar o rei contra ela. Ester chega ao banquete deslumbrante. Assuero pede que Ester faça seu pedido o quanto antes, mas ela diz que ele será feito na hora certa. Antes de começar o treino de espada, sem avisar, Dalfom parte para cima de Aridai, que apara os golpes com escudo. Aridai ataca o irmão. Em um dos golpes, a espada fura a defesa de Dalfom e o corta no rosto. Eles continuam lutando.

Aridai desarma o irmão e resolve ir embora para não acontecer um desastre. Assuero e Hamã bebem vinho. Hamã elogia o banquete. Assuero pergunta a Ester qual é sua petição. Ester diz ao rei que fará seu pedido no dia seguinte durante outro banquete. Hamã fica lisonjeado com o convite. A sós, Ester e Assuero beijam-se apaixonados. Rebecca explica a Joel que Aridai é um bom moço e não pode responder pelas ações do pai e do irmão. Quinlá explica a Ester que a lei já foi decretada e um decreto do rei não pode ser anulado. Ester diz que sua única certeza é sua fé. Assuero não consegue dormir e tenta entender que pedido levou Ester a arriscar a própria vida o procurando sem ser chamada. Em oração, Ester pede a Deus para que seja encontrada uma maneira de livrar os judeus de um trágico destino.

Assuero escuta a leitura sobre o último ato heróico registrado: a ameaça à sua vida por Bigtã e Teres. Assuero pergunta ao escriba o que foi feito para honrar Mordecai. Escriba diz que não há registro de nenhuma recompensa no livro. Assuero pergunta a Hamã o que o rei deve fazer a um homem a quem deseja honrar. Hamã, que acha que é com ele, aconselha Assuero a pedir para que o príncipe mais nobre leve o homem a quem deseja honrar a cavalo, vestido com o traje real, pelas ruas da cidade. Assuero manda Hamã preparar as roupas e o cavalo e buscar Mordecai em sua casa. Hamã leva Mordecai, devidamente vestido, para passear a cavalo. Hamã conduz o cavalo e grita que assim se faz ao homem a quem o rei deseja honrar. O povo assiste Hamã prestando honras a Mordecai.

Zeres e Dalfom ficam envergonhados ao verem Hamã. Em meio à multidão, Aridai e Ana trocam um olhar e um sorriso sem que ninguém os veja. Ester fica feliz ao saber por Ruben que Mordecai está sendo homenageado pelas ruas de Susã.  Hamã diz a Zeres e Dalfom que Mordecai vai pagar com a vida pela humilhação que o fez passar. Zeres implora para Hamã não ir ao banquete e afirma que a ruína dele está próxima. Aridai beija a barriga de Ana e promete à amada que eles fugirão de Susã. Ana confessa a Aridai que não vê saída para eles. Após o banquete, Ester pede pra Assuero poupar sua vida e a de seu povo. Ela fala que o inimigo quer aniquilá-los de vez. Assuero pergunta a rainha quem é o inimigo do povo dela que tramou tal infâmia.

Hamã (Paulo Gorgulho) morre enforcado a mando do rei. Assuero (Marcos Pitombo) manda o conselheiro à forca depois que a Rainha Ester (Gabriela Durlo) revela que Hamã já tramou a morte do rei. Hamã ainda tenta pedir clemência à Rainha, o que deixa o rei ainda mais irritado.

Aridai (Paulo Nigro) é assassinado pelo próprio irmão, Dalfom (Paulo Gracindo) , durante a guerra entre amalequitas e judeus. Dalfom se vinga de Aridai por ele ter ajudado os judeus a se defenderem dos amalequitas e por ter se envolvido com uma mulher judia. Aridai morre sem nem mesmo conhecer seu filho com Ana (Letícia Colin).

Ana (Letícia Colin) dá luz a um menino, mas não consegue reencontrar Aridai (Paulo Nigro), pai da criança. Aridai morre na guerra e Ana recebe a notícia pouco depois do parto. No entanto, Ana é aceita de volta à casa dos seus pais, Joel (Giuseppe Oristanio) e Rebecca (Eliete Cigaarini).

—-

A História de Ester – resumo do capítulo

Martha Ramazottihttps://redenoticia.com.br
Com mais de 20 anos de experiência na área, Martha trabalhou como editora, programadora e apresentadora em vários programas da afiliada da Rede Record de Rondônia. Fundadora e Editora Chefe do RedeNotícia, é a principal responsável pelas notícias publicadas.

Artigos Relacionados

Redes Sociais

102,299FãsCurtir
1,791SeguidoresSeguir
Publicidade

Últimas Notícias