Uma Rosa Com Amor – um casamento bem diferente vai acontecer em Uma Rosa com Amor, a nova novela do SBT. Na segunda-feira, 15 de março de 2010, capítulo 13 – Claude e Serafina acertam os detalhes do casamento. Frazão inventa a desculpa de que precisa de Serafina no escritório até mais tarde, e Egídio acredita. Serafina Rosa planeja comprar um vestido de noiva, véu, grinada, flores. Janete e Gurgel conversam sobre um suposto triângulo amoroso entre Serafina, Mr.Smith e Frazão. Nara ameaça não emprestar o carro para Beto. Claude e Serafina acertam os detalhes do casamento. A secretária exige um milhão de reais e a cerimônia com vestido de noiva, véu, grinalda e buquê. Contrariado, Claude aceita. Serafina volta ao escritório e faz mais um pedido: uma foto do casamento para ela guardar de lembrança. Claude não acredita no que ouve e bate com o punho na mesa. Egídio conta para Nara que Claude cancelou a viagem do casal. Claude avisa Frazão que pretende ir à festa de Nara depois do casamento. Sérgio comenta com Joana que vai conhecer a família de Raquel. Joana revela para Pimpinoni que Serafina queria avisá-lo que ela recebeu um pedido de casamento. Terezinha fala para a mãe que está feliz em poder ajudar no sustento da família. Pimpinoni conversa com Amália sobre Serafina, mas não conta sobre o casamento. Serafina comemora ter economizado dinheiro na compra do vestido. Serafina avisa Claude que vai casar com vestido e grinalda. Claude se desespera. Claude fica furioso e Serafina ansiosa e eufórica. Serafina pede para ir ao local do casamento em carros separados, para não trazer azar. Na saída do elevador do prédio, Nara e Erci aparecem e veem Serafina, Claude, Frazão e Freitas.

Publicidade

Uma Rosa com Amor, a nova novela do SBT, terça-feira, 16 de março de 2010, capítulo 14 – Pimpinoni aconselha Serafina a não trocar sua felicidade por dinheiro. Frazão dá uma desculpa a Nara, dizendo que todos vão resolver um entrave burocrático com Mr. Smith. Serafina sente ciúmes dos mimos de Claude com Nara. Pimpinoni pensa numa maneira de impedir o casamento. Claude avisa Nara que vai atrasar para a festa. Serafina lamenta ter de se casar num quarto de hospital. Dino alerta os pais que Serafina pediu para avisar que, se demorar para chegar, tem um motivo: foi casar. Amália não acredita em Dino. Pimpinoni procura Serafina na construtora, acha um cartão deixado por Serafina para o fotógrafo e vai para o hospital. O médico afirma para o juiz que Serafina deu entrada no hospital dizendo que estava muito mal, com medo de morrer, e solicitou o casamento. Serafina toma calmante, ansiosa por esperar Claude, atrasado para o casamento. Nara desconfia e pergunta a Frazão sobre a negociação importante que Claude terá de fazer. Serafina ajeita a grinalda. Serafina recusa-se a entrar no salão deitada na maca, como se fosse uma quase morta. Frazão lembra da família e de seus vizinhos à beira do despejo, e convence Serafina a casar na maca. Serafina deita na maca e é levada ao salão. No momento que Serafina entra no corredor, rumo ao salão do casamento, Pimpinoni chama a amiga. Pimpinoni aconselha Serafina a não trocar sua felicidade por dinheiro nenhum.

Uma Rosa com Amor, a nova novela do SBT, quarta-feira, 17 de março de 2010, capítulo 15 – Claude e Serafina se casam. Raquel apresenta Sérgio a Nara. Sérgio explica para Nara que é ator iniciante. Nara diz que o rapaz é ator de pecinha infantil. Pimpinoni explica a Frazão que os pais de Serafina acreditam em casamento de verdade. Pimpinoni pede para Serafina não casar e afirma que felicidade não se compra. Giovani se preocupa com o atraso de Serafina e pede para Milton ligar para a secretária. Serafina confessa para Pimpinoni que está gostando de Claude e que vai casar para ajudá-lo a conseguir o investimento na construtora. Serafina entra no salão ao som da marcha nupcial. Claude fica furioso com o som. O juiz pergunta para Serafina se ela aceita casar com Claude. A secretária não responde. Depois de uma tosse, Serafina diz sim ao juiz. Claude também diz sim, entusiasmado. Claude espirra. Claude beija Serafina na testa. O fotógrafo pede para Claude repetir o beijo. Claude revolta-se com a ideia de Serafina contratar um fotógrafo. Serafina dá um selinho em Claude. Beto cobra explicações da mãe sobre sua paternidade. Claude pede para Frazão ir atrás das fotografias, que podem expor sua imagem ao ridículo. O empresário paga Serafina com um cheque de um milhão de reais. Claude pergunta como Serafina se atreve a falar mal de Nara. Serafina retruca, e pergunta como Claude se atreve a falar desse modo grosseiro com a sua esposa, ela mesma. Serafina adverte Claude de que Nara é barraqueira. Em seguida, a secretária confere se está tudo certo com o cheque entregue pelo marido. Claude diz a Serafina que não precisa de mais nada dela, apenas a assinatura do divórcio, dentro de três meses. Claude pede que ela faça o que quiser com o buquê. Serafina exige o jantar que Frazão prometeu. Claude diz que o convite para jantar é uma maluquice. Claude afirma para Frazão que Serafina tem a capacidade de irritá-lo até quando ele está de bom humor. Com a ausência de Claude, Nara suspeita que o noivo pretende desistir do casamento. Egídio pede calma para Nara, e lembra que o importante é passar a empresa para o nome dela, para a golpista assinar o acordo com os americanos. Claude reclama para Frazão que o jantar marcado para Serafina vai atrasar ainda mais sua chegada na festa de Nara.

Uma Rosa com Amor, a nova novela do SBT, quinta-feira, 18 de março de 2010, capítulo 16 – Serafina confessa que a Amália que se casou de mentira somente no papel. No restaurante com Serafina e Frazão, Claude avista um casal conhecido e fica tenso. Serafina derruba estrogonofe na camisa de Claude. Serafina deseja sucesso nos negócios para Claude, em voz alta. Nervoso com a presença dos conhecidos na outra mesa, o empresário pede para Serafina falar mais baixo. Serafina responde que a avó dizia a ela que se fala baixo, Deus não escuta. Nara fica agoniada com a ausência de Claude na festa de despedida dos dois. Em seguida, lembra que esqueceu de algo importante. Frazão e Claude ficam atônitos. Serafina avisa que esqueceu de jogar o arroz nela e em Claude, na saída do hospital, para dar sorte. Claude dá graças a Deus por Serafina não ter jogado o arroz. Claude e Serafina se abraçam na saída do restaurante. Os conhecidos de Claude reprovam a cena, acham um absurdo o que veem. Pimpinoni avisa Joana de que o problema do cortiço está resolvido, apesar do preço muito alto. Serafina reclama que vai passar a lua de mel sozinha. Claude chega na festa e dá a desculpa que foi tratar de negócios em outro restaurante. Amália e Giovani se preocupam mais com Serafina, que não chega em casa. Frazão pergunta pelo cheque e Serafina não sabe responder onde colocou. Serafina acha o cheque. Frazão avisa que o cheque é ao portador, qualquer um pode tirar o dinheiro no banco. A secretária agradece Frazão por tudo o que fez por ela. Antes de dormir, Serafina afirma para Amália que sua mãe não rezou direito para Santo Antônio. Amália olha para Serafina, preocupada. Sérgio desabafa com a mãe Joana, dizendo que Nara menosprezou sua carreira de ator. Joana consola Sérgio e afirma que confia no sucesso do filho. Frazão inventa para Egídio que Claude teve que acabar com uma amante, para abrir caminho para o casamento com Nara. Egídio reage aliviado. Claude e Nara dançam em clima nada romântico. Em seus pensamentos, Claude conclui que Nara não pode desconfiar que é casado. Nara percebe que Claude esconde algo, mas promete para si descobrir esse segredo. Pepa vai xeretar o que aconteceu com Serafina e alerta Amália que a secretária chegou com um homem bonito e alto, num carro de luxo. Amália informa Pepa que a filha chegou do dentista, no carro de um colega do trabalho. Pepa desconfia. Terezinha fica revoltada com a cara de pau de Pepa. Amália vai até a cama de Serafina e pergunta à filha por qual motivo ela disse que a mãe não rezou direito para Santo Antônio. Serafina confessa que falou aquilo à Amália porque casou de mentirinha, somente no papel. Amália reage apavorada e diz que aconteceu justamente o que imaginava.

Uma Rosa com Amor, a nova novela do SBT, sexta-feira, 19 de março de 2010, capítulo 17 – Terezinha descobre a verdade do casamento de Serafina. Amália não se conforma e pergunta como Serafina pôde casar sem avisar seus pais. Serafina responde que vai continuar solteira. Serafina sonha que está casando com o apresentador Beto Marden, que diz ser casado e depois desaparece. No lugar de Marden, aparece Sérgio com máscara de Arlequim. Claude avisa Dádi que casou. A empregada não acredita no patrão. Claude sente pena de Serafina e depois vai dormir. Ao deitar, pensa como um empresário como ele casou com uma mulher como dona Rosa. Claude lembra que Frazão disse a ele que Serafina quis casar para ajudar a família e seus vizinhos, e não pelo dinheiro. Perdido, com olhar sereno, Claude conclui que foi muito indelicado com Serafina. Nos pensamentos de Claude, a secretária o livrou de uma grande enrascada. O empresário, aliviado, tem a certeza de que o casamento terminará em três meses. Amália espera Giovani, Terezinha e Dino sairem de casa. Amália, apreensiva com a situação de Serafina, fica sozinha em casa para conversar com a filha. Janete comenta com Egídio que Serafina vai chegar atrasada porque teve uma indisposição. Depois de acordar, Serafina é interrogada por Amália. Serafina diz para a mãe que seu chefe casou, passou mal na comemoração e foi levada para casa por um dos diretores da construtora. A secretária inventa que foi por esse motivo, o casamento do chefe, que Amália não rezou direito para Santo Antônio. Terezinha vai pegar um comprimido para dor de cabeça na bolsa de Serafina e acha o cheque. Terezinha percebe a gravidade da situação, descobre a verdade do casamento de Serafina. Amália entra no quarto de Terezinha e pega o cheque da mão de Terezinha. Amália vê o valor do cheque e se assusta. Serafina afirma para a mãe Amália que recebeu o dinheiro honestamente, por um serviço prestado. Serafina salienta que o dinheiro é da família, para comprar o casarão. Pimpinoni ouve as fofoqueiras e pondera se não seria melhor o cortiço acabar. Pepa não entende o que ele diz. Claude entra na sala e informa Egídio que Serafina não pôde fazer o serviço porque a secretária trabalhou a tarde toda do dia anterior para ele. Serafina sorri com a defesa de Claude.

Uma Rosa com Amor, a nova novela do SBT, sábado, 20 de março de 2010, capítulo 18 – Serafina entra na sala de Claude e se diz disposta a romper o casamento. Beto insinua que Claude está enganando Nara. Claude defende Serafina e diz a Egídio que assume a responsabilidade pela saída repentina dela na tarde do dia anterior. Serafina exige desculpas para Egídio. O sócio de Claude atende ao pedido da secretária. Frazão diz a Claude que contou a Egígio que o francês teve que resolver uma pendência com uma amante. Claude relembra Frazão que casou com Serafina, “louca e insuportável”, pelo dinheiro. Roberta liga para Claude e avisa que conseguiu o atestado de antecedentes do empresário em Paris. Claude fica arrasado. Claude declara para Frazão que casou com Serafina à toa. A secretária ouve tudo. Terezinha rejeita as fofocas do cortiço com críticas à bebedeira de Serafina. Roberta e Alabá conversam sobre a ausência de Claude na festa. Serafina entra na sala de Claude e se diz disposta a romper o casamento pró-forma, se assim desejar Claude, e garante que devolve o cheque. Serafina agradece o gesto de Claude, que a defendeu das acusações dos ataques de Egídio. Claude gosta da ideia de desmanchar o casamento e pegar seu dinheiro de volta. Terezinha reclama para Pimpinoni das fofocas de Pepa. O artista aconselha que Terezinha não fique triste e que deixe Serafina viver a vida dela. Terezinha chora e revela para a mãe que Pepa fala mal de sua família para a mãe de Milton. Terezinha afirma que Pepa contou sobre o despejo e a bebedeira de Serafina. Terezinha revela para Amália que a mãe de Milton deu a entender que não aprova o namoro do filho. Arlequim adverte as fofoqueiras de plantão. Pimpinoni critica a maledicência de algumas vizinhas. Pimpinoni recomenda o silêncio, que seria a melhor resposta às fofoqueiras. Sérgio e Joana leem juntos um poema. Sérgio emociona a mãe, dizendo que vai batalhar pelas coisas que tem vontade de fazer na vida. Raquel reclama para Elisa que Nara está estragando seu namoro com Sérgio. Nara e Egídio tramam uma maneira de derrubar Serafina do cargo de secretária. Freitas orienta Claude. Freitas informa o francês que anular o casamento levaria muito tempo. Frazão alerta que Mr. Smith deu um prazo curto para Claude tirar o visto. Frazão garante que o casamento com Serafina foi a melhor solução para os negócios. Amália cria coragem para contar sobre o casamento de Serafina a Giovani, mas não consegue. O fotógrafo aparece na construtora para entregar as imagens do casamento de Serafina. O fotógrafo entrega o envelope com o material para Janete. Claude e Serafina descobrem que as fotografias foram entregues para Janete. Serafina corre para impedir que Janete abra o envelope. Janete vê uma fotografia e pergunta a Serafina se ela casou. Neste instante, Claude e Frazão entram no escritório. Egídio presta atenção a tudo.

Uma Rosa com Amor, a nova novela do SBT

Publicidade