Novela “Salve-se Quem Puder”: Renzo (Rafael Cardoso) até que não queria, mas está cada vez mais envolvido nos crimes de Dominique (Guilhermina Guinle). Por isso, é ele a pessoa destinada a mais um serviço: convencer um deputado a desistir de uma CPI. No capítulo de Salve-se Quem Puder desta quarta-feira, 12/2, ele sai a mando da tia para dar um susto no político e ainda acaba tendo um atrito com a mulher que o criou desde pequeno.

Publicidade

A ação é a seguinte: Renzo observa o deputado sair de um restaurante, espera ele se afastar do local e o rende com uma arma. “Meu deputado! Sabia que o senhor é o mais votado pra ganhar uma carona no meu carro?”, ironiza ele, levando o parlamentar junto para dar uma pressionada nele. De volta à casa da tia, Renzo recebe uma mochila com dinheiro dentro como recompensa pelo serviço. Lá ele se depara com Lúcia (Cristina Pereira), empregada da casa de Dominique que o criou desde pequeno, de saída com uma mala.

“Lúcia, não vi que cê tava aí. Que mala é essa, de quem é?”, pergunta ele. Ela afirma ser dela, e Renzo estranha, já que Lúcia nunca sai de férias pois não tem família. “A única família que eu tinha era você, que ajudei a criar. Só fiquei nessa casa, aguentando a sua tia, porque achei que eu podia te ajudar, impedir que meu menino virasse um criminoso, mas eu falhei.”

Renzo sente o golpe, já que considera Lúcia como sua mãe, mas ela rebate: “Não tenho filho bandido! Acabou, Renzo, estou indo embora dessa casa!”.

“Salve-se Quem Puder”: resumo dos próximos capítulos da novela

“Salve-se Quem Puder”: Três mulheres com novas identidades e uma única certeza: suas vidas estão entrelaçadas para sempre. Salve-se Quem Puder conta a história de Alexia (Deborah Secco), Luna (Juliana Paiva) e Kyra (Vitória Strada), que ingressam no Programa de Proteção à Testemunha e mudam de vida após presenciarem um crime. Para sobreviver, elas mudam o nome, a aparência, o estilo de vida e vão morar na fictícia Judas do Norte, no interior de São Paulo, depois que são dadas como mortas.

Alexia vira Josimara, Luna assume o nome de Fiona e Kyra é Cleyde, novas pessoas com um padrão de vida bem diferente. Elas serão acolhidas por uma família protetora – que não sabe nada sobre o passado delas – e vão precisar seguir regras rígidas para permanecerem no programa. A primeira delas é a interrupção imediata de qualquer tipo de contato com conhecidos, por isso, celulares e rede sociais são proibidos, assim como frequentar os mesmos lugares e cultivar hábitos do passado.

Publicidade