Novela “Salve-se Quem Puder”: Flávia Alessandra, Carolina Kasting e Débora Olivieri darão vida às mães das protagonistas de Salve-se Quem Puder. Na nova novela das 7, Flávia será Helena, a mãe de Luna (Juliana Paiva); Carolina interpretará Agnes, mãe de Kyra (Vitória Strada) e Débora será Graziela, mãe de Alexia (Deborah Secco).

Publicidade

HELENA
Helena é uma mulher misteriosa, que esconde segredos do passado, como o relacionamento que teve com Mário (Murilo Rosa) e a existência de Luna, a filha que vive em Cancún, no México, e que foi abandonada por ela na infância. Casada com Hugo (Leopoldo Pacheco), vive em São Paulo e administra um império, o Empório Delícia. Apesar de fria, Helena tem adoração pelos enteados, Téo (Felipe Simas) e Micaela (Sabrina Petraglia).

GRAZIELA
Graziela é mãe de Alexia e da ex-modelo Petra (Bruna Guerin). Ela trata Alexia com indiferença, não se interessa pela carreira de atriz da filha. Já Petra é mimada e conta com o incentivo incondicional da mãe. Graziela é filha de Ignácio (Otávio Augusto), que tem Alzheimer, e que é o maior incentivador de Alexia em relação à profissão da neta.

AGNES
Agnes também é mãe de Bia (Valentina Bulc) e Júnior (Igor Cosso). Antes da “partida” de Kyra (Vitória Strada), a família Romantini era sinônimo de festa e alegria. Como não poderia deixar de ser, a “morte” da filha mais velha desestrutura a família, que procura forças para seguir em frente. A mãe e os irmãos da decoradora matam a saudade revendo fotos e lembrando de momentos marcantes da vida dela.

Vem aí Salve-se Quem Puder! A sua nova novela das 7 foi criada e escrita por Daniel Ortiz e tem direção artística de Fred Mayrink. A direção geral é de Marcelo Travesso. A estreia está prevista para o dia 27 de janeiro.

“Salve-se Quem Puder”:Três mulheres com novas identidades e uma única certeza: suas vidas estão entrelaçadas para sempre. Salve-se Quem Puder conta a história de Alexia (Deborah Secco), Luna (Juliana Paiva) e Kyra (Vitória Strada), que ingressam no Programa de Proteção à Testemunha e mudam de vida após presenciarem um crime. Para sobreviver, elas mudam o nome, a aparência, o estilo de vida e vão morar na fictícia Judas do Norte, no interior de São Paulo, depois que são dadas como mortas.

Alexia vira Josimara, Luna assume o nome de Fiona e Kyra é Cleyde, novas pessoas com um padrão de vida bem diferente. Elas serão acolhidas por uma família protetora – que não sabe nada sobre o passado delas – e vão precisar seguir regras rígidas para permanecerem no programa. A primeira delas é a interrupção imediata de qualquer tipo de contato com conhecidos, por isso, celulares e rede sociais são proibidos, assim como frequentar os mesmos lugares e cultivar hábitos do passado.

Publicidade