Novela “Orgulho e Paixão”: Olegário (Joaquim Lopes) segue firme no propósito de ser uma pessoa melhor. Sempre que escuta o elogio de alguém sobre seu comportamento, ele se sente mais forte para falar a verdade. Durante almoço na casa de Julieta (Gabriela Duarte), ele solta o verbo e conta todos os podres de Susana (Alessandra Negrini). A manipuladora fica desesperada! “Cheeeegaaa!!! Não sou flor que se cheire, errei muito nessa vida. Mas ninguém aqui a admira mais que eu, dona Julieta. Por isso, não posso mais mentir! É sobre Susana!”, ele começa.

Olegário toma coragem e conta para Julieta que era marido de Susana e que ela, na verdade, se chama Genésia: “Susana é minha ex-mulher. Anulamos nosso casamento porque Genésia me traiu! É esse o verdadeiro nome da cobra (…)” Susana fica apavorada com as revelações de Olegário sobre o que ela já fez e o passado dos dois. “É a verdade e nada mais que a verdade. E mais: aquelas cartas falsas que quase separaram Darcy e Elisabeta não foram de Lorde Williamson e sim de… Genésia!”, Olegário afirma.

Novela “Orgulho e Paixão”: resumo dos próximos capítulos

No fictício Vale do Café, interior de São Paulo, nossos personagens vivem seus conflitos sociais e de conduta, que sempre se contrapõem aos desejos pessoais de cada um. Elisabeta (Nathalia Dill) é uma mulher à frente do seu tempo, com pensamentos igualitários e interesses atípicos para uma jovem do início do século XX. Ela deseja trabalhar, conhecer o mundo e é incentivada a realizar seus sonhos pelo pai, Felisberto (Tato Gabus Mendes), que vive às turras com a mulher, Ofélia (Vera Holtz), por pensarem diferente sobre a criação das filhas. Ao todo, o casal teve cinco mulheres, e cada uma com uma personalidade diferente.

A personagem de Nathalia Dill entrará em conflito quando se apaixonar por Darcy (Thiago Lacerda), um homem de caráter e muito sisudo. O amor não é à primeira vista, já que os dois não se entendem assim que se conhecem. O sentimento de repulsa dará lugar a uma grande paixão, que será negada pelo casal o máximo possível.

Fonte: “Orgulho e Paixão”, novela da Rede Globo