Novela “O Sétimo Guardião”: Chega o grande dia em que Gabriel (Bruno Gagliasso) passa por um importante ritual para se tornar o guardião-mor. Acompanhado de todos os guardiães, ele segue o costume e entra nu na fonte. Todos ficam apreensivos com a demora de uma resposta, e Padre Ramiro (Ailton Graça) pergunta: “E agora, o que vai acontecer?”

“É como o Gabriel disse: pra que ele se torne o guardião-mor é preciso que a água mude de cor”, responde Ondina. O grupo fica tenso e já começa a falar sobre o que aconteceria caso a água não mude de cor. De repente, o rosto de todos se ilumina com o que está acontecendo: na fonte, uma mancha roxa começa a se formar ao redor de Gabriel, deixando-o completamente fascinado. Vendo a água totalmente púrpura, Feliciano (Leopoldo Pacheco) comemora: “Bendito seja! A fonte continuará protegida… Temos um novo guardião-mor! Salve a irmandade!”

Aranha (Paulo Rocha), Machado (Milhem Cortaz), Ondina (Ana Beatriz Nogueira) e Milu (Zezé Polessa) se juntam ao guardião e exclamam: “Salve!” Ainda impactado com tudo o que acaba de acontecer, Padre Ramiro fica em silêncio. Mas os guardiães estendem as mãos para ele, que embarca no clima junto ao grupo.

Novela “O Sétimo Guardião”: resumo dos próximos capítulos

Sinopse “O Sétimo Guardião”: À primeira vista, Serro Azul pode parecer apenas mais uma típica cidade do interior, pacata e cercada por montanhas, onde avanços tecnológicos como internet e telefonia celular ainda não chegaram. Um lugar pelo qual quem passa não dá muita atenção, sem saber o que está perdendo, afinal, uma cidade que é vizinha de Greenville e Tubiancanga não poderia deixar de ter suas peculiaridades. A principal delas é uma fonte com propriedades curativas e rejuvenescedoras, que é a parte mais externa de um gigantesco aquífero, uma enorme reserva daquilo que a cada dia se torna o bem mais precioso da Terra: a água. Essa fonte é protegida por sete guardiães que têm como missão garantir que essa riqueza não chegue às mãos erradas.