Novela “O Sétimo Guardião”: Um serial killer misterioso está rondando a irmandade de O Sétimo Guardião e já fez três vítimas: Machado (Milhem Cortaz), Feliciano (Leopoldo Pacheco) e Milu (Zezé Polessa). A sociedade secreta que protege a fonte de Serro Azul está comprometida e chegou a hora de Gabriel (Bruno Gagliasso), o guardião-mor, nomear quem serão os novos membros.

Para isso, Gabriel marca uma reunião com Ondina (Ana Beatriz Nogueira), Aranha (Paulo Rocha) e Padre Ramiro (Aílton Graça), os guardiães remanescentes, além de Murilo (Eduardo Moscovis). Para surpresa de todos, ele pede que Arnaldo, o Feijão (Cauê Campos), acompanhe o encontro. O pedido causa espanto e o guardião-mor explica: “É minha função escolher quem substitui os guardiães em falta. No momento, temos três lugares vagos. E já decidi: o Arnaldo ocupará um desses postos.” “Além dele, você já sabe quem vai escolher?”, questiona Ondina.

Gabriel responde: “Um nome eu já tenho: Murilo, claro!” O time está quase formado novamente! Mais ainda há uma vaga disponível. Murilo, então, questiona quem o guardião-mor deve indicar. Gabriel responde: “Uma pessoa que é uma forte possibilidade, só não sei se ela vai aceitar…” Quem será? O guardião-mor entrega sua vontade: “Luz. Acho que ela pode ser a pessoa que falta.”

Novela “O Sétimo Guardião”: resumo dos próximos capítulos

Sinopse “O Sétimo Guardião”: À primeira vista, Serro Azul pode parecer apenas mais uma típica cidade do interior, pacata e cercada por montanhas, onde avanços tecnológicos como internet e telefonia celular ainda não chegaram. Um lugar pelo qual quem passa não dá muita atenção, sem saber o que está perdendo, afinal, uma cidade que é vizinha de Greenville e Tubiancanga não poderia deixar de ter suas peculiaridades.

A principal delas é uma fonte com propriedades curativas e rejuvenescedoras, que é a parte mais externa de um gigantesco aquífero, uma enorme reserva daquilo que a cada dia se torna o bem mais precioso da Terra: a água. Essa fonte é protegida por sete guardiães que têm como missão garantir que essa riqueza não chegue às mãos erradas.