Novela “Malhação” Toda Forma de Amar: Rita (Alanis Guillen) já deixou claro pra todo mundo que não vai desistir de sua filha. Em mais uma DR com Filipe (Pedro Novaes), a mãe biológica da bebê insiste que os dois não podem ter um relacionamento, além de falar poucas e boas sobre Lara (Rosanne Mulholland).

Publicidade
Publicidade

“Do mesmo jeito que você não vai desistir da sua filha, eu não vou desistir de você!”, frisa o estudante de direito, que não aguenta e dá um beijão na menina!

Nem mesmo o clima mais tranquilo faz os dois abrirem o jogo um pro outro:

“Será possível que você não entende que todo meu afeto, todo meu querer é voltado pra uma só pessoa? Eu tenho uma filha. E eu preciso arranjar uma solução pra essa minha briga com a tua mãe, com a tua família”, afirma Rita.

Filipe diz que entende o lado dela e a pressão que a garota sofre, mas é sincero e garante que nunca sentiu nada parecido antes. Rita cita Martinha (Beatriz Damini), mas ele faz questão de dizer que os dois não tinham nada há tempos.

“O máximo que pode existir entre a gente é respeito… amizade… no máximo. (…) Você topa ser meu amigo?”, dispara a vendedora.

Resumo “Malhação” Toda Forma de Amar: próximos capítulos da novela

A história se inicia em 2017, quando Rita (Alanis Guillen), de apenas quinze anos, teve sua filha recém-nascida dada para adoção por seu pai por falta de condições financeira para cria-la. Dois anos se passam e, após a morte do pai, a jovem descobre que sua filha está viva e foi adotada por um casal do Rio de Janeiro, Lígia (Paloma Duarte) e Joaquim (Joaquim Lopes), entrando na justiça para conseguir a guarda da criança e criando um embate entre a mãe biológica e a adotiva.

Rita vai morar com sua madrinha, Carla (Mariana Santos), mãe de Raíssa (Dora de Assis) e Thiago (Danilo Maia), porém os três adolescentes são testemunhas de um crime junto com Jaque (Gabz), Anjinha (Caroline Dallarosa) e Guga (Pedro Alves), quando um grupo armado sequestra um homem na van em que estavam. Eles criam um grupo no WhatsApp intitulado “Deu Ruim” para discutir se devem contar à polícia, criando um laço de proteção e amizade.

Publicidade
Publicidade