Novela “Éramos Seis”: Júlio (Antonio Calloni) quer se tornar sócio da loja de tecidos, mas descobre que sua mãe Marlene (Walderez de Barros) gastou o dinheiro da família para se curar de uma gripe. A rica tia Emília (Susana Vieira) deixa presentes para os sobrinhos e Júlio convence Lola (Gloria Pires) a pedir um empréstimo de 50 contos de réis para ela: “Um gesto de carinho, não é incrível? Eu esperando uma coisa boa acontecer e aconteceu … Ela é rica e mostrou que gosta de nós. Eu até tive uma iluminação… Sabe o que eu pensei? Que ela pode ser a solução para o nosso problema … Temos um último cartucho a estourar na nossa frente e não estamos vendo … Sua tia rica é quem vai nos emprestar o dinheiro. Lola, Lola! Você precisa pedir à tia Emília os 50 contos”.

Publicidade

Lola visita a tia para agradar o marido mas, antes de falar sobre o empréstimo, Emília reclama que passa por dificuldades financeiras e que está caro manter Adelaide (Joana de Verona) no exterior. Lolo fala do dinheiro e Emília não atende ao pedido da sobrinha. Cena prevista para outubro na novela “Éramos Seis”.

Resumo “Éramos Seis”: próximos capítulos da novela

“Éramos Seis”: Casada com Júlio (Antonio Calloni), Lola (Gloria Pires) é uma esposa devotada e mãe de quatro filhos: Carlos (Xande Valois/ Danilo Mesquita), o mais velho e motivo de orgulho para os pais; Alfredo (Pedro Sol/ Nicolas Prattes), rebelde que vive se metendo em confusões e tem ciúmes do irmão; Isabel (Maju Lima/ Giullia Buscacio), determinada e independente, é a favorita do pai – por ser a única filha mulher; e Julinho (Davi de Oliveira/ André Luiz Frambach), o caçula da família – que desde criança demonstra habilidade para lidar com dinheiro.

A história começa com Lola e Júlio passando sufoco para poder pagar as parcelas do casarão que compraram em São Paulo. O primeiro bem do casal sai mais caro do que eles previam por causa dos altíssimos juros do financiamento bancário. O imóvel acaba gerando um impasse entre eles: para ela, o local é a alma da família. Para ele, um empecilho para melhorar de vida.