Novela “Éramos Seis”: Ele simplesmente não desiste. Desde que foi rejeitado por Clotilde (Simone Spoladore), Almeida (Ricardo Pereira) já fez de tudo para reconquistar sua amada em Éramos Seis. O problema é que o amigo de Júlio (Antonio Calloni) é desquitado e não pode se casar novamente. Por isso, decidiu esconder a verdade para a irmã de Lola (Gloria Pires), que ficou extremamente decepcionada quando descobriu a mentira e terminou tudo.

Publicidade

Inconformado, Almeida se recusa a seguir a vida. Depois de se explicar algumas vezes, ele chegou a pedir Clotilde em casamento, tentando conseguir seu perdão. Mas não deu certo. A filha de Dona Maria (Denise Weinberg) o expulsou de casa, mesmo sendo verdadeiramente apaixonada por ele. O que falta, neste caso, é coragem para enfrentar o preconceito da época com homens e mulheres desquitados.

Agora, a nova tentativa do vendedor de tecidos vai ser durante a festa de casamento de Olga (Maria Eduarda de Carvalho). Numa conversa em particular, ele perde perdão, se declara e dispara: “Você tem que ter coragem e seguir comigo!” Clotilde, assustada, mal consegue reagir. Inicialmente, ela fica sem entender, e Almeida completa: “Eu te espero na estação!” Em um rompante, Clotilde dá um beijo nele e vai curtir a festa de casamento da irmã, sem respondê-lo.

Resumo “Éramos Seis”: próximos capítulos da novela

“Éramos Seis”: Casada com Júlio (Antonio Calloni), Lola (Gloria Pires) é uma esposa devotada e mãe de quatro filhos: Carlos (Xande Valois/ Danilo Mesquita), o mais velho e motivo de orgulho para os pais; Alfredo (Pedro Sol/ Nicolas Prattes), rebelde que vive se metendo em confusões e tem ciúmes do irmão; Isabel (Maju Lima/ Giullia Buscacio), determinada e independente, é a favorita do pai – por ser a única filha mulher; e Julinho (Davi de Oliveira/ André Luiz Frambach), o caçula da família – que desde criança demonstra habilidade para lidar com dinheiro.

A história começa com Lola e Júlio passando sufoco para poder pagar as parcelas do casarão que compraram em São Paulo. O primeiro bem do casal sai mais caro do que eles previam por causa dos altíssimos juros do financiamento bancário. O imóvel acaba gerando um impasse entre eles: para ela, o local é a alma da família. Para ele, um empecilho para melhorar de vida.

Publicidade