Novela “Cordel Encantado”: a doença de Galego (Renan Ribeiro) na reta final da novela vai surpreender seu pai. O jovem começa a ter dificuldades para enxergar e vai ao posto de saúde para ser examinado. Lá, Dr. Sérgio (Antônio Karnewale) diz que Galego tem a mesma doença de seu pai, que está perdendo a visão com o passar do tempo.

Publicidade
Publicidade

Quando Amália (Débora Duarte) conta a seu marido que o filho está com a mesma doença que ele, Damião (Tony Tornado) não acredita: “Galego num pode ter a mesma doença que eu! Ele num é meu filho. Tá na cara dele que ele não é meu…”.

Amália fica inconformada: “Pois saiba, Damião, que eu preferia que ele não fosse seu! Que eu tivesse lhe traído… A ver meu filho com essa sua doença!”. Galego se intromete na discussão e diz que a doença é a prova de que ele realmente é filho de Damião.

Arrependido, o pai abaixa a cabeça e pede para o filho se aproximar. Emocionado, ele toca o rosto de Galego e pede perdão: “Deus me deu um filho tão bom, mas eu demorei muito a enxergar isso. Me perdoe, filho, me perdoe…”.

Novela “Cordel Encantado”: resumo dos próximos capítulos

Sinopse “Cordel Encantado”: Augusto e sua rainha vivem uma vida harmoniosa e feliz, sem imaginar que estão cercados por dois vilões: Úrsula (Débora Bloch), cunhada do rei, e Nicolau (Luiz Fernando Guimarães), o atrapalhado mordomo da corte. A bela, elegante e sofisticada duquesa é a pessoa mais perigosa e falsa de todo o reino. Ajudada por Nicolau, seu amante, Úrsula deseja se tornar rainha. E a viagem a Brogodó é a chance que a duquesa sempre quis para se livrar de Cristina e da princesa.

A sede de poder da dupla de vilões é crescente: no Brasil, para onde se muda com a corte europeia, o casal continua a planejar e executar planos para conseguir o que quer. No decorrer da novela, revela-se que Lady Cecília (Sofia Terra), que Úrsula criava como sobrinha, é filha da vilã com o general Baldini (Emílio de Mello), militar do exército de Seráfia do Norte.

Fonte Rede Globo “Cordel Encantado”

Publicidade