Novela “Amanhã é para sempre”: o SBT divulgou no resumo dos próximos capítulos da novela “Amanhã é para sempre” que Fernanda pergunta a Steve por Eduardo. No capítulo 118, quinta-feira, 02 de agosto – Santiago vai à prisão falar com Camilo. Este diz  que foi Bárbara quem preparou tudo para que ele violentasse Aurora. Camilo está desconcertado e pede ajuda a Santiago para que o tire da cadeia, sua situação se agravou e Santiago diz que não deve confiar em Bárbara porque ela é quem o está a acusar de violação. Santiago conta que Rebeca Sanchez, a mãe de Aurora, e Bárbara Greco são a mesma pessoa e que foi ela que matou a mãe deles. Camilo fica impactado. Na prisão, Fernanda fala para Adriano que com a vingança dele vai prejudicá-los mais que  Bárbara e o Artêmio Bravo. Ela conta que Bárbara trabalha para o Artêmio e ele os prejudica há muitos anos. Bárbara tem sido o instrumento da vingança e a seguir as ordens de Artêmio eliminou sua mãe, prendeu Liliana em uma clínica psiquiátrica e agora seu pai está a lutar entre a vida e a morte. Fernanda fala que se sobrou alguma coisa boa nele lhe entregue Aurora para que ela possa viver tranquila ao lado de Santiago. Ela deixa claro para Adriano que depende dele que Santiago e Aurora se casem e que possam ser felizes como nunca ela e ele poderiam ser. Adriano fala que, mesmo que ela não acredite, ele se apaixonou por ela. Mas, cometeu muitos erros e não lhe deu valor. Fernanda diz que não adianta mais falar deles e pede por favor que lhe ajude. Comovido com as palavras de Fernanda, Adriano diz que vai ordenar que leve Aurora para a fazenda no período da tarde. Fernanda agradece e Adriano, antes de sair, diz que a amou.

Artêmio liga para Bárbara e fala que o assunto do Adriano Galhardo já está encaminhado e a manda ver Gonzalo porque no hospital tem um forte esquema de segurança. Mas, como ela é a esposa não vai ter nenhum problema. Bárbara quer saber o que quer que ela faça. Artêmio manda ela certificar-se de ficar viúva. Na casa de Eduardo, Fernanda diz que como sempre a Bárbara deve estar a fazer jogo duplo e, obviamente, não vai lhe dizer. Eduardo quer saber se Fernanda tem medo de ter certeza de que foi usada por Bárbara para descobrir o paradeiro de Aurora e que no momento que Aurora for resgatada ela vai lhe trair, desaparecendo com ela. Fernanda fala que o egoísmo da Bárbara não vai permitir que eles estejam perto nem da filha e nem do neto. Fernanda deseja que Adriano cumpra o que lhe prometeu, pois na decisão dele é que depende que Santiago e Aurora sejam felizes. Na prisão Adriano liga para Jacob, diz que ouve mudanças de plano. Ele quer que o primo leve Aurora para a fazenda e a entregue pessoalmente para Fernanda. Jacob diz que a generosidade dele com Fernanda vão fazê-los perder muito dinheiro. Adriano fala para ele não se preocupar, pois vão recuperar, com juros, quando o filho de Aníbal Elizalde nascer. Fernanda pede a “Franco” que a leve para conversar com Artêmio Bravo. Eduardo diz que está preocupado de que Artêmio lhe faça algum mal. Fernanda não quer mais ficar escondida e cheia de medo até que Artêmio acabe com todos. Eduardo concorda, desde que ele fique junto com ela. Fernanda aceita e Eduardo liga para Artêmio. Na prisão, por ordem de Artêmio, Adriano é brutalmente agredido. Lúcio fica a saber sobre o que ocorreu com Adriano e fica com medo. No hospital, Bárbara quer saber notícias de Gonzalo e pede ao médico para vê-lo. Santiago a segura pelo braço e a adverte para que não tente nada contra o pai dele, pois ela vai se arrepender.

Na casa de Artêmio, Fernanda chega e o encara. Ele lhe diz coisas muito dolorosas sobre a família Elizalde, coisas que machucam Fernanda também. Artêmio adverte que sua vingança acabará no dia que sua filha, Aurora, estiver ao seu lado. Enquanto isso, Jacob vai ao esconderijo e não encontra nem Lúcio e nem Aurora. Neste momento, chegam os homens de Artêmio. Eles rendem Jacob e querem saber onde está Aurora. Lúcio está a fugir com Aurora pela mata. Fernanda fala para Artêmio que o bebê que Aurora está a esperar é de seu irmão. Artêmio grita que é o seu neto e Fernanda esbraveja que isso não lhe dá o direito de roubá-lo. Artêmio diz que não vai mais falar de direitos e, sim, de justiça. Artêmio fala que há muitos anos Maria das Graças e Jerônimo Elizalde destruíram a vida de sua mãe. Artêmio quer saber se não é justo que ele fique com o seu neto. Eduardo intervém e pede à Fernanda para irem embora, pois com Artêmio não vão conseguir nada. Artêmio diz que é injusto Franco Santoro dizer isso, pois a verdade é muito difícil de conseguir e, neste sentido, ele ofereceu à eles um banquete. Fernanda fala que, então, ele vai entender que ela não pode agradecê-lo pelo presente. Mas, o que ela pode garantir que um ser nefasto como ele, com o coração tão cheio de ódio, de vingança não merece que Deus lhe dê o privilégio de aproveitar um neto.

Bárbara está com Gonçalo no hospital, diz para a enfermeira que deseja ficar sozinha com o seu marido e esta fala que sente muito, mas tem ordens precisas de não abandonar, nem por um instante, o paciente. Nesse momento Gonçalo consegue acordar, ela se comporta muito amável, enquanto ele, com muito trabalho, a chama de assassina. Fernanda quer denunciar Bárbara Greco pelo assassinato de sua mãe, ainda que Eduardo a queira fazer entrar em razão, ela insiste e ele aceita acompanhá-la, inclusive ser sua testemunha, ela, exaltada, o desmascara e lhe pergunta se vai assinar como Franco Santoro ou Eduardo Juarez. Ele se impacta com a pergunta. Furiosa, Fernanda recrimina Eduardo, lhe assegura que Artêmio pelo menos foi honesto em sua maldade, em troca ele foi cínico e escondeu sua verdadeira identidade. Assegura que deve muito ao Franco Santoro, mas a Eduardo Juarez o odeia. Gonzalo recrimina Bárbara porque na realidade ela é Rebeca Sánchez. Ele a questiona com qual nome ela vai para a prisão. Bárbara disfarça, fala para a enfermeira que seu marido está a delirar e pede que ela chame um médico. A enfermeira sai e ela acaba por ficar sozinha com Gonzalo. Bárbara assegura a Gonzalo que lhe alegra que já saiba, que o suportou por 15 anos fingindo amor, quando na realidade sentia repugnância, lhe diz que agora a única coisa que lhe resta é morrer, e lhe tira do aparelho. Ela o larga em choque e ao encontrar Santiago, cinicamente, lhe diz que é melhor ele ir ver o pai, pois ele ficou a chorar porque o deixou sozinho. Santiago grita ao perguntar o que ela fez. Bárbara, com a maior calma, diz que não fez nada. Santiago a expulsa e pede para que ela não volte mais. Bárbara diz que ele está com sorte, porque está é a última vez que quer ver a cara dele. Os médicos estabilizam Gonzalo.

Eduardo diz a Fernanda que chegou longe demais ao fazer justiça com as próprias mãos e quando descobriu que o inimigo era Artêmio Bravo, era muito tarde. Ela o recrimina por não ter lhe dito desde o primeiro momento que era Eduardo Juarez, assegura que ele zombou dela. Este assegura que tinha que matar Eduardo Juarez para cumprir com a vontade de sua mãe, que era salvar Liliana. Eduardo assegura a Fernanda que quando recuperarem a Aurora ele irá embora de sua vida, assim como havia prometido. Fernanda é avisada, por Florzinha, que Adriano foi transferido pela cruz vermelha, ferido. Artêmio manda seus homens usarem a informação dada pelo primo do Adriano Galhardo para encontrarem o paradeiro do Lúcio Bernardes. Neste momento, Bárbara recebe uma ligação de Lúcio. Esta quer saber onde está Aurora. Ele diz a Bárbara que Aurora está melhor que ela. Bárbara diz a Lúcio que lhe dará o que for se lhe disser onde está Aurora. Franco e Fernanda vão visitar Adriano, ele lhe pede perdão e morre. Lúcio fica feliz ao receber dinheiro de Bárbara. Logo, ela encontra Aurora, lhe pergunta se alguma vez conseguirá chamá-la de mamãe e a leva para um hotel. No velório de Adriano, Fernanda comenta com Franco que quem mandou matar a Adriano foi Artêmio e ele já deve ter resgatado Aurora.  Fernanda quer saber como vão fazer para tê-la com eles, novamente. Eduardo diz que eles precisam localizar a Bárbara. Neste instante, ela recebe uma ligação de Aurora, esta lhe diz que está em um hotel. Informa que Bárbara a levou para lá, que foi comprar roupas para ela e que depois vai atrás de Santiago para dar a notícia de que a libertaram. Fernanda pergunta em que hotel ela está e pede para que ela não saia, pois está a caminho juntamente com Franco.

Os homens de Artêmio raptam Lúcio, ele revela que Bárbara levou Aurora. Bárbara chega ao hotel e vê que Aurora não se encontra e se desespera. Artêmio é informado de que Bárbara Greco pagou o resgate de Aurora. Ao desligar o telefone, ele diz que Rebeca trabalhou muito rápido. Mas, não vai chegar muito longe com sua filha. Fernanda e Franco levam Aurora para a fazenda, ela fica feliz quando vê Santiago. Por telefone, Bárbara recrimina Artêmio por ter levado Aurora, este lhe diz que perde seu tempo, pois sua filha está na fazenda Elizalde. Ele diz que Borja tem seguido Santoro e viu quando Fernanda e Eduardo Juarez tiraram Aurora do hotel. Bárbara pergunta se ele falou Eduardo Juarez. Artêmio lhe confessa que sempre teve esse pressentimento e por isso exigiu que ela descobrisse qual era o passado de Franco Santoro. Mas, para ela não pareceu nada de importante. Bárbara quer saber como ele soube e Artêmio diz que esse foi o trato feito com Franco Santoro para dizer a ele onde ela tinha escondido Liliana Elizalde. Bárbara não se conforma por sempre estar perto de seu pior inimigo e ele a ter feito acreditar que estava do seu lado. Ela quer saber se Fernanda já sabe. Artêmio a manda descobrir e desliga o telefone. Na fazenda, Aurora quer saber o que vai dizer a Bárbara e Eduardo fala que ela tem que dizer a verdade, que ligou para Fernanda e que foi buscá-la. Aurora pede para tomar um banho e Fernanda diz que é uma alegria ver ela e Santiago juntos.

Desesperada, Bárbara chega à fazenda Elizalde, suplica que não lhe tirem sua filha, assegura que lhes dará o que quiserem. Ajoelhada aos pés de Santiago ela implora e diz ter direito de conhecer o seu neto. Santiago diz que não quer uma assassina perto do seu filho. Eduardo fala para Santiago que a única possibilidade de Bárbara não causar mais danos é que Aurora decida se quer ir ou não com a mãe. Fernanda diz que Franco tem razão, que é a mãe dela e que eles não podem decidir nada, sem antes consultar Aurora. Santiago, diz que acabou a época em que eles caiam nas armadilhas da hiena e que não pretende fazer nenhum tipo de acordo com ela. Franco diz a Bárbara que os Elizalde têm sua liberdade em suas mãos. Fernanda a recrimina por ter matado sua mãe. Bárbara diz que isso sempre foi um delírio da louca da Liliana. Fernanda lhe dá tapa na cara e grita que nunca mais ela chame sua irmã de louca. Fernanda fala que Liliana foi para aquela clínica por ser a vítima mais infeliz dessa historia. A maldade dela e a covardia de seu pai a colocaram naquele inferno. Bárbara diz que ela vai ter que provar cada palavra que está a dizer. Eduardo diz que as coisas mudaram, que Fernanda não esta a falar da fita gravada por Liliana quando chegou à clínica, mas do testemunho de Artêmio Bravo. Fernanda revela que Artêmio confessou a verdade, que a mandou matar sua mãe. Bárbara diz que o Artêmio é tão culpado quanto ela. Fernanda concorda, mas deixa claro que ele tem o poder enquanto Bárbara não tem nada. Bárbara debocha dos dois por acharem que Artêmio vai ficar do lado deles, pois este dedicou uma vida inteira para que eles sofressem a cada minuto.

Bárbara se volta para Franco e diz que para ele deve ter sido muito difícil esconder o pobre e miserável Eduardo Juarez e se passar por um cavalheiro. Eduardo diz que foi muito mais fácil do que ela ter que se passar por uma dama. Bárbara pergunta se Fernanda sabe que Franco Santoro é uma invenção e que por trás das boas maneiras está escondido o filho da cozinheira. Fernanda diz que sim e quer saber por que ela não fala da origem da Rebeca Sanches. Eduardo diz que isso sim é interessante e quer saber o que tem nos documentos, tão bem guardados, por Artêmio Bravo. Bárbara o manda não se meter porque não vai satisfazer a curiosidade dele. Fernanda a manda embora e não voltar mais. Bárbara diz que enquanto ela for esposa de Gonzalo a casa é dela e que não vai sair sem falar com sua filha. Eduardo diz que ela não está em posição de exigir mais nada. Fernanda diz que ela só vai saber se Aurora quer falar com ela ou não, no dia seguinte. Furiosa, Bárbara joga a chave da casa no chão e sai. No hospital, Eduardo se depende de Gonzalo, diz que voltará aos Estados Unidos, ele lhe agradece por tudo o que fez por sua família e diz que já sabe que é Eduardo, o filho de Soledade. Que ele herdou a nobreza de sua mãe. Ele pede perdão por tê-lo separado injustamente de sua mãe. Pede desculpa por todo o mal que lhe causou. Gonzalo fala que foi Artêmio, seu irmão, que lhe abriu os olhos para ver a verdade. Ele diz que agora já pode enfrentar a sua morte e Eduardo diz que ele tem que viver, pois sua família precisa. Gonzalo fala que se Deus lhe der outra oportunidade promete que vai corrigir todos os seus erros.

Santiago visita Liliana, na casa de Margarida, e leva Aurora com ele, comenta com sua irmã que estão esperando um bebê, ela se alegra. Eduardo se despede de todos seus amigos, Jacinto pressente que algo ruim acontecerá. Eduardo deixa com Steve uns documentos para que ele entregue à Fernanda, que vai atrás do Oregon e que encontra com eles mais tarde. Artêmio diz aos seus homens que estejam prontos para liquidar Franco. Santiago diz a Aurora que Bárbara matou sua mãe, culpou Liliana e a fez passar toda a vida em uma clínica psiquiátrica, isso por causa do grande mentor de todos os males, Artêmio Bravo. Ele conta também que foi ela quem ordenou que Camilo a violentasse. Santiago pede desculpas por estar a lhe contar tudo, mas que tinha que fazer antes que ele e Fernanda denunciassem tudo para as autoridades. Desesperada, Aurora lhe pede que a deixe sozinha. Santiago diz que a entende , que leve o tempo que precisar e que está a lhe esperar. Fernanda diz a Santiago que para Aurora deve ser muito difícil aceitar a maldade de Bárbara e Artêmio. Santiago diz que ela passou a vida toda querendo encontrar a mãe. Fernanda diz que eles têm que esperar para que ela tome uma decisão, antes deles denunciarem Artêmio e Bárbara. Franco chega a uma boate e pergunta a Oregon se estaria disposto a declarar num juizado tudo o que sabe sobre Bárbara Greco, ele confirma e diz que estaria feliz em ver Bárbara na cadeia.

Santiago pergunta para Fernanda se ela comentou com Franco Santoro sobre o que ele ouviu de Artêmio no hospital. Fernanda diz que sim, que a vida dele estava em perigo, que fosse para longe e que não queria voltar a vê-lo. Santiago pergunta por que ela foi tão dura com ele. Fernanda diz que ela a enganou e conta a Santiago que Franco na realidade é Eduardo Juarez. Santiago fica surpreso. Artêmio dá ordem para que seus homens acabem com Eduardo. Eles localizam Eduardo e o persegue, este se esquiva. Santiago destaca que Fernanda foi muito injusta com Eduardo, pois embora a identidade de Franco tenha sido falsa o interesse dele em ajudá-los foi verdadeiro.  Grande parte do que estão a viver agora, um pouco de paz, eles devem à ele. Santiago pergunta se ela o ama e esta diz que o ama com todo o coração e toda sua alma. Santiago diz que dúvida porque se realmente o amasse teria perdoado. Em sua casa, Artêmio diz à Bárbara que os Elizalde não vão ficar com Aurora, pois seu neto não vai crescer com eles. Bárbara quer saber que garantia ela tem que ele não vai enganá-la. Artêmio fala que, honestamente, nenhuma, pois ela é um péssimo exemplo de mãe. Artêmio planeja fugir com Bárbara para o estrangeiro, quando Aurora chega. Aurora enfrenta Artêmio e Bárbara, esta lhe confessa a razão pela qual colocou fogo na casa de seus pais, mas do resto, do que mais se arrepende é ter caído nas garras de Artêmio. Steve entrega a Fernanda alguns documentos que Franco lhe pediu que entregasse, é a herança que Ciro deixou para Liliana e que serviu para que Franco controlasse os gastos do resgate da moça. Fernanda pede a Steve que dê a Eduardo a medalhinha com suas iniciais. Em casa, Eduardo fica de frente a um dos homens de Artêmio. Com arma em punho diz que só está a cumprir ordens.

Novela “Amanhã é para sempre” SBT: resumo dos próximos capítulos(*)

* Sujeito à alteração de acordo com a edição.

Notícia relacionada

Novela “Carrossel”: resumo dos próximos capítulos

No capítulo 119, sexta-feira, 03 de agosto –  Um dos homens de Artêmio dispara em Eduardo o ferindo no estômago várias vezes. Steve encontra Eduardo ferido, este diz que sua última vontade é que Fernanda não saiba que ele morreu. Aurora diz para Bárbara que quando chegou na casa dos Elizalde ela a tratou com desprezo. Bárbara fala que naquela época não sabia que ela era sua filha. Aos gritos Aurora lhe diz que por isso ela pediu para que o Camilo Elizalde abusasse dela. Artêmio fica louco e começa a acusar Bárbara. Aurora lhe diz que ele não tem do que reclamar, pois Domingas ia lhe vender pelo melhor lance. Ela quer saber quem os autorizou a tirar a vida de pessoas inocentes, como a da Senhora Montserrat Elizalde. Bárbara fala que foi Artêmio que a obrigou. Aurora diz que tem horror de ser filha deles. Bárbara a segura pelos braços e deixa claro que ela a querer ou não, ela é sua mãe e lhe deve a vida. Aurora grita que não, pois não pode ser filha de dois assassinos. Ela quer saber o que vai dizer ao seu filho quando este perguntar quem era os avós dele. Diz que espera que Deus possa livrá-la de toda essa herança maldita. Artêmio fala que para onde quer que ela vá o filho dela leva o seu sangue. Aurora fala que o problema não é o sangue, e sim, a alma dele. Mas, graças à Deus o filho dela vai ter a alma limpa. Aurora vai embora e deixa Bárbara a gritar e pedir a Artêmio que não a deixe ir. Artêmio fala que eles não possuem nenhum direito de impedi-la. Bárbara, fora de si, dispara em Artêmio, ele cai morto.

Fernanda está na capela e reza à Virgem e diz que precisa dizer a Eduardo que não odeia, pois ele é o amor de sua vida. Ela quer entender o porquê da sensação de que não voltará a vê-lo. Eduardo passa por cirurgias. Aurora diz a Santiago que a única coisa que quer lembrar-se do seu passado é que se chama Aurora e pergunta se há um lugar para ela na família Elizalde e na vida ele. Santiago responde que a família Elizalde tem sido dela desde o primeiro dia em que chegou e que em seu coração só tem espaço para ela. Santiago diz que vai a amá-la para sempre. Bárbara confessa ao investigador que matou Artêmio. Os médicos destacam que é difícil que Eduardo se salve, depois é transferido para outro país. Fernanda descobre que Bárbara está presa e que tirou a vida de Artêmio. Ao saber, Aurora sente-se mal. Fernanda liga para Steve, na hora em que Eduardo está a ser colocado em um avião UTI. Ela pergunta a Steve por Eduardo, ele diz que o rapaz já foi para os Estados Unidos. Fernanda, desolada, diz a Santiago que Eduardo foi embora sem se despedir.

No hospital, Gonzalo diz a Aníbal que graças a Eduardo Juarez, ele e sua família estão bem. Fernanda visita seu pai e leva com ela a Liliana, Gonzalo pede perdão a sua filha. Liliana diz que o ama. Margarida e Jacinto choram por Eduardo quando Gardênia chega e pergunta o que está a acontecer. Jacinto fala que Eduardo foi embora para nunca mais voltar. Gardênia fala de que nada adiantou contar para Fernanda que Franco Santoro era Eduardo. Jacinto quer saber por que ela fez isto. Gardênia fala que contou, mas que não foi para fazer o mal. Só queria que tudo se resolvessem entre eles, assim Eduardo não iria embora. Gardênia fala que entendeu que à força nada funciona e por mais que insistisse o Eduardo nunca seria dela. Gonzalo, já recuperado, toma as cinzas de Artêmio, diz que o aceita como seu irmão e pede a Deus para que o perdoe e dê paz para a alma. Semanas depois, Rebeca Sanchez, aliás, Bárbara Greco, é sentenciada a 235 anos de prisão por todos seus crimes, dos quais deverá passar pelo menos 30 anos na cadeia. Dez anos de prisão por falsificação e uso de documentos públicos e privados, dez anos de prisão por danos à propriedade alheia em detrimento da empresa do grupo Láctos agravado na forma de associação ao crime, quinze pelo crime de abuso na qualidade de ser a mandante em detrimento de Aurora Sanches, cinquenta por formação de quadrilha e crime organizado, privação ilegal de liberdade na forma de sequestro em detrimento de Liliana Elizalde Riveira, cento e cinquenta anos pelos homicídios dolosos e qualificados em detrimento de Montserrat Riveira Elizalde, Macário Sarmento e Artêmio Bravo.

Atrás das grades, Bárbara grita para Aurora que não a pode perder, que ela é sua filha e é tudo o que ela tem. Ela grita que os Elizalde são malditos. Liliana pergunta para Gonzalo se a hiena não vai poder mais machucá-lo e ele confirma. Bárbara está estérica e a enfermeira manda levá-la a enfermaria para lhe dar um tranquilizante. Fernanda recebe a visita de Miguel, o apresenta a Liliana e ao que parece há uma química entre eles. Bárbara enlouquece por isso lhe aplicam um sedativo, esta finge ter adormecido. Depois de golpear uma mulher, ela se banha em álcool e lembra como matou seus pais e coloca fogo em si mesma e assegura que Aurora lhe pertence. Que vai voltar para ela mesmo que seja por compaixão.

Fernanda conta a Miguel que muito em breve Liliana estará totalmente recuperada, quando esta conversa com sua psicóloga parece estar muito bem. Fernanda narra a Miguel sua história com Eduardo, ele fala de seu amor, ela o renega e ficam como grandes amigos. Ele pergunta se o projeto comunitário continua em pé e Fernanda confirma. Miguel diz que gostaria de passar para ela o programa que é aplicado em outros países e tem feito muito sucesso. Fernanda o convida para fazer parte da sua equipe de trabalho e ele aceita. No consultório da psicóloga, Ciro se despede de Lili, diz que agora ela é capaz de cuidar de si próprio, não precisa mais dele e lhe assegura que alguém muito especial chegará a sua vida. Depois de vários meses, nasce o filho de Aníbal e Priscila. Vladimir chega para visitar seu filho, e na frente de Gonzalo, Priscila reconhece que seu filho não é um Elizalde.

Gonzalo diz a Aníbal que se ele quer estar em sua empresa, terá que começar de baixo. Inaugura-se o centro comunitário com o nome de Soledade Cruz. Miguel colabora no projeto, assim como Liliana. Uma menina entrega a Fernanda a medalhinha com as iniciais de Eduardo e Fernanda. Eduardo a espera do lado de fora do centro comunitário, se encontram e se abraçam. Fernanda mostra para Eduardo canto por canto do centro comunitário e explica tudo o que há ali. Eduardo vê Fernanda muito amorosa com Miguel e vai embora ciumento. Camilo diz a Gonzalo que já está consciente de todos seus erros e lhe pede que o perdoe. Eduardo visita o túmulo de sua mãe, parece desiludido, é interrompido por Fernanda quem lhe pede que coloque a medalha que leva suas iniciais. Este acreditava que ela tinha refeito sua vida com Miguel, Fernanda esclarece que a única coisa que a une com Miguel é sua relação de trabalho e que, além disso, ele é namorado de Liliana.

Meses depois se realiza o casamento de Fernanda e Eduardo, este agradece a Deus porque finalmente seu amor será realizado. Gonzalo entrega Fernanda para Eduardo. O Padre Bosco oficializa a cerimônia, os padrinhos são Vênus e Steve. Todos os convidados se alegram de ver consumado um grande amor. Bárbara aparece toda queimada, na cadeia, recebe uma carta de Aurora onde lhe diz que não falará mal dela para seu bebê. O casamento de Eduardo e Fernanda é uma grande festa típica mexicana, todos estão muito felizes, brindam e felicitam aos noivos. Jacinto fica sabendo que será papai. Liliana pega o buquê, nesse momento chega Miguel e pede a Gonçalo a mão de sua filha. Eduardo e Fernanda saem num balão e nas nuvens juram seu amor para todo o sempre. Fim.

Fonte: Novela “Amanhã é para sempre”, novela do SBT – resumo dos próximos capítulos