Resumo de Novela – em Poder Paralelo Tony corre perigo (21 a 25/12)

novela record poder paraleloPoder Paralelo Rede Record – o resumo da novela da Rede Record, Poder Paralelo, informa que esta semana Tony corre perigo. Em Poder Paralelo, novela da Rede Record, nesta segunda-feira, 21/12, Lígia pergunta a Téo onde Tony está. Téo diz que não sabe. Lígia confessa a Téo que não vai aguentar perder Tony. Lígia se oferece para ir com Téo ao hospital buscar Berenice. Renato avisa a Neide que ela será intimada a depor na Polícia Federal. Neide tenta se acalmar. O delegado Antunes afirma que pelas suas contas daria tempo para o sujeito que matou Armando ser a mesma pessoa que andou mascarada pelo hotel. Bruno manda Laila lhe trazer Fernanda e promete recompensá-la muito bem. Rafael está preocupado com o sumiço de Antônia. Douglas chama Luísa para ir para a Austrália com ele. Berenice fez sonoterapia e ficafora da realidade. Ela pergunta onde está Marília. Téo, Sônia e Lígia não sabem como contar a Berenice sobre a morte da Marília. A mando de Bruno, três seguranças estão de prontidão perto da porta que leva aos camarins. Tony liga para Fernanda e ela diz que Bruno colocou seguranças para vigiá-la. Lígia pede para Paulo localizar Tony pelo chip. Paulo afirma que nada tem a ver com assuntos pessoais. Lígia vai até a chácara com Paulo. Nícia mostra o DVD para Lígia. Gigi entra no escritório e percebe o clima. Ela olha a tela e vê a imagem de Jorge morto. A memória de Gigi volta num flash. Ela confessa que viu o assassino e sai correndo, perturbada. Fernanda grava a cena em que Estela sai da prisão. Laila espera Fernanda no camarim e diz que Bruno deu ordens para levá-la. Fernanda não vai com Laila. Tony pede para Pavão ajudar Fernanda a se livrar dos seguranças de Bruno. Gigi revela a Rudi que sabe quem matou Jorge. Chorando, ela conta que foi Caló. Rudi fica chocado. Vânia conta a Dulce que Armando morreu assassinado. Dulce chora e afirma que ele não vai fazer falta. Laila segue a van com Fernanda, Pavão, Ton-Ton e quatro homens.

Em Poder Paralelo, novela da Rede Record, nesta terça-feira, 22/12, Pavão atira contra o carro de Laila. Bruno manda Laila parar, pois sabe para onde Pavão vai levar Fernanda. Bruno liga para Zé Formoso e afirma que pode ajudá-lo a acabar com o Pavão. Fernanda está insegura, pois Bruno conhece a fortaleza. O carro de Laila para a certa distância da entrada da fortaleza, em um local escondido. A van de Zé Formoso encosta atrás do carro de Laila. Ela liga para Bruno e diz que o rival de Pavão trouxe 20 homens. Bruno fala para Laila destruir tudo o que houver na fortaleza e só deixar o carro alegórico mais bonito para Pavão desfilar morto como Pavãozinho. Ton-Ton avisa a Pavão que Laila chamou Zé Formoso para dar um reforço. Bruno chama Pavão para passar para o lado dele. Pavão recusa. O samba está no auge, quando Zé Formoso faz sinal de comando e pistoleiros despejam rajadas de metralhadora nos três seguranças e atiram para cima. Pavão explode em dor e fúria, quando Ton-Ton conta que a escola de samba está destruída. Tony manda Khalid entrar em contato com Laila, mas ela não atende o celular. Zé Formoso atira e homens que defendem a fortaleza morrem. Fernanda liga para Bruno e diz que volta para casa se ele parar o tiroteio. Bruno manda Laila parar e avisa que Fernanda vai sair. Pavão, Fernanda, Ton-Ton e os homens caminham rapidamente. O carro de Pavão sai com tudo da fortaleza. Zé Formoso comemora, pois, conforme o combinado com Bruno, agora a fortaleza é dele. Tony diz a Fernanda para pedir a Pavão para levá-la para o bunker. Gigi desperta assustada e vê Rudi no chão. Sobre a mesa de centro, há uma garrafa de uísque quase vazia e  restos de drogas. Gigi chama Rudi de coitado, ele a empurra com força e ela cai. Rudi diz a Caló que precisa de 500 mil dólares para não morrer. Ele afirma ao pai que se ele não arranjar o dinheiro será denunciado. Ao se defender, Rudi dá um empurrão em Caló, que cai, gritando. Caló fala para Nícia que Rudi não fez nada. Rafael conta a Maura que acertou tudo no cemitério. Dulce não vai para o velório, mas pede para dizerem para Armando que ele a matou todos os dias de sua vida. Dulce surta. Fernanda, Pavão e Ton-Ton chegam à clínica. Fernanda pergunta a Tony por que ele marcou com ela na clínica. Lígia pergunta a Bruno se poderia marcar uma entrevista com ele para a Grafos. Ele pede para ela procurá-lo mais tarde no Diana. Bruno olha para Lígia e fala que sabe que ela está à procura de Tony.

Em Poder Paralelo, novela da Rede Record, nesta quarta-feira, 23/12, Bruno propõe a Lígia que eles se unam para localizar Tony e Fernanda. Pavão cai na real e se dá conta de que perdeu tudo. Tony garante que eles vão recuperar o que ele perdeu. Furioso, Pavão fala para Tony que vai acabar com Zé Formoso. Tony diz a Pavão que sozinho ele não tem condições e sugere que eles organizem um ataque contra o rival. Fernanda caminha para o lago. Ouve-se um tiro. Felipe corre e derruba Fernanda no chão a fim de protegê-la. Felipe, Macute e um segurança dão cobertura a Tony e Fernanda. Tony revela a Fernanda que há mais coisas na clínica do que se vê. Ele leva Fernanda ao bunker, abre o cofre e conta que ali havia armas, dinheiro e dossiês incriminando grandes figuras do Governo. Paulo explica que depois da morte de Helena tudo o que havia no bunker foi transferido para outro lugar. Bruno recebe uma ligação e diz a Lígia que sabe onde Fernanda está. Dulce diz ter visto Armando. Ela explica que Armando lhe contou que Bruno entrou no quarto, aproximou a arma da testa dele e atirou. Dulce avisa que Bruno falou que a próxima vítima será Vânia. Quatro homens armados e mascarados rendem Paulo e o segurança e levam os dois para a clínica. Bruno chama Lígia pra ir com ele visitar Tony e Fernanda. Nervosa, Lígia tenta ir embora, mas Bruno a impede. Tony tenta abrir a porta do bunker, mas não consegue. Ele fica preocupado. O comandante do grupo que rendeu Paulo tira a máscara e se revela: é Sérgio. Sérgio afirma que agora está com os vencedores. Ele acusa Paulo e Tony de serem policiais infiltrados que estão matando por aí. Tony liga para Téo e pede ajuda. O médico fala que Berenice apresenta um quadro infeccioso e ressalta que isso é grave em quem acabou de fazer uma safena. Ele afirma que ela precisa ser removida para o hospital com urgência. Bruno liga para Tony e marca um jantar com eles dois: Lígia e Fernanda. Tony, confuso, percebe que Bruno conseguiu o controle de tudo. Lígia entra com Bruno na clínica. Antônia chega ao Hotel Diana em um carro esporte e ouvindo música eletrônica animada. De outros dois carros descem cerca de dez jovens. Antônia dá uma festinha em sua suíte. Tony e Fernanda são obrigados a entregar seus celulares a Sérgio. Rafael entra na suíte, onde está rolando a festa e tenta se situar. Ele vai ao quarto e vê Antônia na beira da cama, rindo muito com um jovem empresário. Antônia diz a Rafael que por mais que se divirta muito, o que ela quer mesmo é ficar com ele.  Luna, uma loira amiga de Antônia dá em cima de Rafael e o beija. O arquiteto interrompe o beijo sem grosseria. Depois de um tempo, ele, enfim, nota que está sendo filmado  por um dos convidados. Lígia e Bruno entram na sala do bunker. Fernanda e Tony estão em pé à espera deles.

Em Poder Paralelo, novela da Rede Record, nesta quinta-feira, 24/12, Fernanda e Lígia pedem para Tony e Bruno acabarem com a guerra. Luna provoca Antônia. Rafael diz a Antônia que ela exagerou. Antônia e Luna dançam uma para a outra, sem encostarem uma na outra. Vânia fica preocupada com que Dulce disse sobre ela ser a próxima vítima. Dulce conta a Pedro que Armando está chorando arrependo. Bruno explica a Lígia que marcou o jantar para eles resolverem suas vidas. Bruno pergunta à jornalista se ela é capaz de amar Tony mesmo sabendo que ele se envolveu com Fernanda. Tony quase agride Bruno, mas Fernanda pede para eles pararem. Vânia revela a Maura que está com medo, já que todos da família estão marcados. Vânia e Maura vêem Pedro e Bebel dormindo. Vânia dá uma bronca nos dois e pergunta a Bebel se ela não tem casa. Envergonhada, Bebel vai embora. Luna chama a galera para ir para a piscina. Rafael tenta impedir, mas não consegue. Rodrigo e João tentam pôr ordem bagunça. Rafael, já sem paciência, tenta levar Antônia, mas um jovem avança contra ele. Luna filma a cena. Um dos rapazes atinge o arquiteto com um soco. Um segurança e Rodrigo entram no meio. Rafael ameaça chamar a polícia e os jovens vão embora. Tony manda Bruno deixar Lígia e Fernanda irem embora, afinal a briga é deles. Lígia admite que ama Tony e que em parte a entrevista que marcou com Bruno era mesmo para saber onde ele estava. Fernanda também fala que ama Tony. Bruno continua o seu jogo e fala que só ele é capaz de domar Fernanda. O dia já está quase clareando e os quatro ainda estão presos na sala. Fernanda sai com Bruno. Ela tenta impedi-lo de beijá-la e ele lhe dá um tapa. Fernanda diz a Bruno que quer ir para casa. Ele pede para seus seguranças a levarem. Bruno manda Lígia ir para casa. Ela diz a Tony que o ama e sai. Sérgio entra, se aproxima e dá um soco em Tony, que cai. Seguranças trancam Tony no cofre. Bebel conta a Maura que viu vídeos do Rafael em uma balada num site. Maura fica atônita ao ver a cena de Rafael sendo beijado por Luna e ao ouvir a voz dele pedindo para Antônia não ir com os jovens. Rafael vai à suíte e manda Antônia voltar para o Rio. Ela fica furiosa e diz que ele vai pagar pelo que está fazendo. Rafael liga para Maura e ela diz que não vai atendê-lo. Lígia invade o quarto de Téo e avisa que Tony precisa da ajuda dele. Tony está caído no chão do cofre bem machucado.

Em Poder Paralelo, novela da Rede Record, nesta sexta-feira, 25/12, Téo se arruma e segue para a clínica. Bruno diz a Paulo que libertou Tony para ele cumprir o acordo secreto que os dois fizeram. Paulo está nervoso, pois não sabe se acredita no que Bruno diz. Tony respira com dificuldade. Paulo e Felipe são conduzidos de volta ao quarto por seguranças. Maura confessa a Rafael que está em dúvida quanto a tudo em sua vida. Rafael insiste para que Maura lhe conte o que aconteceu. Ela decide terminar com ele. Rafael pede para Maura repensar sua decisão. Tony tenta sair, mas Bruno não deixa. Bruno recebe Téo, que pergunta onde Tony está. Bruno mente que Tony está negociando com um grupo a compra de um lote de drogas. Bruno afirma, diante do Téo, que é o novo capo. Bruno fala para Téo que ele pode ganhar muito dinheiro se trabalhar para ele. Lucas ganha uma orelha nova, uma prótese de metal. Sérgio convoca Tucci, Lucas e Iago para uma reunião no bunker e afirma que Tony está trabalhando para Bruno. Iago admite que Tony andou errando muito. Nina manda carta para Pedro. Pedro vê as fotos que estavam junto à carta e fica emocionado. Bruno diz a Fernanda que Tony está morto. Ela se desespera e diz que vai se matar. Bruno afirma que ela é a sua escrava e que nunca mais vai sair de perto dele. Lígia lembra que o americano da DEA pode ajudá-la a encontrar Tony pelo chip. Domi tenta falar com Felipe, mas ele não atende o celular. Teresa e Nícia estão muito preocupadas. O americano localiza Tony e conta a Lígia que o local que ele está é muito fechado. Téo e Lígia pensam em pedir ajuda a Fernanda para salvar Tony. Lígia “encena” e consegue entrar no apartamento da Fernanda para  falar com ela. Lígia diz a Fernanda que Téo vai tentar entrar na clínica e, para isso, Bruno tem que sair de lá. “Encenando”, Fernanda expulsa Lígia de seu apartamento. Bruno fala para Tony que haverá uma reunião do grupo à noite no bunker.