Acho melhor a Nanda Costa tomar um bom banho de sal grosso, viu, Deus que me livre! É tanta inveja e tanta dor de cotovelo, até dos próprios colegas, pra cima da moça que pode até fazer mal.
Estou gostando da novela, depois de todos aqueles furos absurdos de Avenida Brasil, a trama bem amarrada de Salve Jorge é como uma lufada de ar fresco.
Adorei a protagonista Morena, guerreira, sonhadora, não abaixa a cabeça, não leva desaforo pra casa, tem um jeitinho “periguete” de ser e as vezes até petulante, mas não é mau caráter e muito menos falsa, é uma garota “do morro” como tantas outras e a Nanda está dando uma veracidade impressionante a personagem, fiquei de boca aberta, por ela ser estreante não tava botando fé, mordi a língua! A cena, que ainda vai ao ar, do pedido de casamento é muito linda, a atriz passa uma emoção, parece mesmo que ela vai casar com o amor da vida dela. Lombardi é aquela coisa, acho ele muito fraco como ator, é simpático e lindo, não dá pra negar, mas sempre sinto que falta alguma coisa, na verdade, acho que ele está até melhor agora, porque em O Astro ele foi horrível, o que era aquilo?! O Théo é o mocinho tradicional, que já não dava as caras no horário nobre fazia um tempinho, é honesto, bonito, bom caráter, apaixonado, tem mais qualidades que defeitos e ainda é oficial das forças armadas, um sonho de homem! O romance deles aconteceu muito rápido, é difícil de ser ver, mas não impossível, achei que dava pra desenvolver mais devagar, mas é só os dois se olharem daquele jeito apaixonado, com aqueles sorrisos bobos, com Esse Cara Sou Eu do Rei tocando ao fundo que fico que nem eles, esqueço de tudo. Já a Érica eu não engoli, adoro a Flávia, mas a Tenente não me desce, é mimada e possessiva, adora fazer drama e quando não consegue o quer faz birra e beicinho, típica filhinha de papai, patricinha que sempre teve tudo na mão, não merece um cara como o Théo, fala sério, foi ridículo aquela atitude de coitadinha na frente da mãe do rapaz, e ainda fez intriga da Morena, dor de cotovelo incurável ali.
O elenco de apoio está muito bom, os atores tem química uns com os outros e está muito claro o esforço de todos para fazer acontecer, elenco dedicado e comprometido é outro nível. Destaque mais do que merecido para o núcleo do tráfego de pessoas, divinamente engajado com a trama, com exceção da Claudia que ainda me parece um pouco superficial, diferente de Murilo, que está sambando bonito na pele do escorregadio Élcio.
Salve Jorge tem um elenco comprometido, uma trama excelente, um bom casal de protagonistas e um ótimo elenco de apoio, o alívio cômico realmente, a trama é bem amarrada e, graças a Deus, não me sinto num repeteco de Caminho das índias ou o Clone, depois da, na minha opinião, péssima Avenida Brasil, é com grande satisfação que recebo Salve Jorge, novela gostosa de assistir.

Salve Jorge, Salve Glória!

Por: Francisca