Novela “Segundo Sol”: Roberval (Fabrício Boliveira) está tendo muito trabalho com Dominick (Licínio Januário), seu sócio nada honesto. Depois que o africano foi preso por tráfico de diamantes, o empresário está quebrando a cabeça para tirá-lo da cadeia. Mas Dominick reclama sem parar e diz que está dividindo uma cela com mais de vinte homens. “Então pensasse melhor antes de se meter com contrabando de diamantes! Você sabe muito bem que eu e seu pai nunca quisemos nos meter com isso. Nosso negócio sempre foi legal!”, adverte Roberval. “Vai ficar me dando lição de moral, é? Olha que eu perco a cabeça! Eu sou filho do meu pai, ainda tenho influência! Chamo os outros sócios, te tiro fora da sociedade”, avisa Dominick. Irritado com as ameaças do seu sócio, Roberval decide deixá-lo “de castigo” por mais um tempo: “Sabe o que eu acho, Dominick? Que você está precisando de ficar mais uns dias aí no hotel do estado até esfriar a cabeça. Outro dia eu passo aqui e a gente retoma a nossa conversa.”

Publicidade

Novela “Segundo Sol”: resumo dos próximos capítulos

Na novela “Segundo Sol”, Salvador, fim dos anos 90. O axé embala o Carnaval da Bahia. Só que quem está em plena decadência é Beto Falcão (Emílio Dantas), que estourou com o sucesso “Axé Pelô”, hit que fez cantar um país inteiro em 94. Agora, o cachê vem devagar. E para pagar parte das dívidas da família, aceita fazer uma pequena apresentação em Aracaju. Numa maré de azar – que salvará sua vida -, Beto perde o voo e a apresentação. O avião que ele pegaria cai, e o cantor é dado como morto.

A comoção é nacional. Do fracasso, Beto Falcão reencontra a fama, mas dessa vez na categoria de mito. Em segredo, vê sua imagem ser ovacionada e os problemas financeiros da família se solucionarem. Convencido pela namorada, Karola (Deborah Secco), cujo romance não anda lá muito bem, e pelo irmão interesseiro Remy (Vladimir Brichta), de que se manter “morto” é a melhor opção, ele deixa a cidade e se refugia na ilha de Boiporã.

Fonte: “Segundo Sol”, novela da Rede Globo