Novela “Órfãos da Terra”: Helena (Carol Castro) ficou bastante abalada depois do acidente de carro que teve com Elias (Marco Ricca). A psicóloga, que perdeu o companheiro no início da novela das 6, pensou que iria ter uma família junto com o marido de Missade (Ana Cecília Costa) e, enfim, acharia o rumo que faltava para sua vida. Mas as coisas não aconteceram do jeito que ela estava planejando e, agora, passado um tempo do acidente, Helena decide pedir perdão para a mãe de Laila (Julia Dalavia).

Publicidade

Depois de conversar com o padre Zoran (Angelo Coimbra), Helena entendeu que viu Elias como uma espécie de “tábua de salvação” depois de todo o sofrimento que teve com a perda do marido. O religioso sugere que a psicóloga recomece sua vida. Mas antes, ela decide pedir desculpas a Missade. “Eu não vim pra discutir ou brigar com você. Eu vim pra pedir desculpas pelas coisas duras que eu disse pra você. Eu estava muito abalada pela perda do meu bebê. Agora eu sei o que você passou quando perdeu o Kháled”, diz Helena. Missade lembra do filho morto e chora.

“Não existe dor maior que a perda de um filho”. A psicóloga se mostra arrependida por todas as atitudes do passado e diz que, como as duas trabalham no Instituto, gostaria de não ter mais que evitá-la: “Missade, eu quero conviver em paz com você.” A síria se mostra compreensiva e aceita a proposta de Helena. “Está bem, Helena. Vamos conviver em paz no Instituto. Vou fazer isso pelos refugiados e pelo padre Zoran. Mas não espere a minha amizade. Eu nunca vou ser sua amiga”, pontua. Helena sai da casa da síria e, na saída, acaba esbarrando com Elias. O engenheiro é grosso com ela e pensa que a ex já foi criar mais uma confusão. Mas a psicóloga responde: “Eu só vim me desculpar com ela…Pode ficar tranquilo, Elias! Vou esquecer completamente o que aconteceu entre a gente. Não quero te ver nunca mais!”

Resumo “Órfãos da Terra”: próximos capítulos da novela

Novela “Órfãos da Terra” – A história se inicia na Síria, onde Missade (Ana Cecília Costa) e Elias (Marco Ricca) vivem com seus filhos Laila (Julia Dalavia) e Khaled (Rodrigo Vidal) até serem vítimas da guerra e terem que se refugiar no Líbano. Com o irmão gravemente ferido e a família presa num campo de concentração, Laila aceita se casar com o sheik Aziz (Herson Capri) – um homem cruel e muito mais velho – em troca de dinheiro para pagar o tratamento médico.

Porém, o menino falece e a moça decide fugir para o Brasil com seus pais na noite de núpcias, antes do casamento ser consumado, indo morar com seus tios, Rânia (Eliane Giardini) e Miguel (Paulo Betti). Irritado, o sheik manda Jammil (Renato Góes), seu braço-direito e noivo de sua filha, Dalila (Alice Wegmann), buscar a moça e trazê-la a força, porém os dois acabam se apaixonando e se tornam fugitivos da família Abdallah.

Publicidade