meu_pedacinho_chao_Tomas_Sampaio_SerelepeNovela “Meu Pedacinho de Chão”: bem que o seu Giácomo (Antonio Fagundes) avisou que não seria fácil pegar o Serelepe (Tomás Sampaio)! Depois de fugir da conversa com Maria Catarina (Juliana Paes), o menino caminha aliviado por um bonito caminho da fazenda. Mas quando menos espera, os dois soldados que estão a sua procura cruzam o seu caminho e o abordam: “Como é que você se chama?”. Serelepe responde: “Tuim”. Os homens perguntam para onde ele está indo e o menino inventa que é para a casa dos seus pais. Os soldados ficam intrigados com o nome daquele pequeno garoto e perguntam: “Tuim não é nome! Como é que você se chama?” Serelepe fica nervoso com a pergunta mas, como é esperto que só, responde “Meu nome é Napoleão Renato da Silva. Por quê?”

Fonte Rede Globo – nos próximos capítulos da novela “Meu Pedacinho de Chão” Madame Catarina tenta acalmar Serelepe, mas o menino sente medo e acaba fugindo. Giácomo avisa a Juliana que Renato foi procurar um hotel na cidade para se hospedar. Juliana confirma para Ferdinando que Gina não gosta dele. Madame Catarina é contra levar Serelepe em um orfanato e discute com Epaminondas sobre o assunto. Serelepe consegue enganar os dois soldados que o delegado mandou para levá-lo ao orfanato. Juliana diz a Gina que Ferdinando pode gostar dela. Pedro Falcão comenta com a esposa que se Gina tivesse nascido homem ele teria se sentido mais tranquilo. Dona Tê insinua para Ferdinando que ele não sabe lidar com Gina. Tuim avisa para Serelepe que sua mãe deixou ele se esconder em sua casa. Dona Tê avisa para Gina que Ferdinando pode estar interessado nela. Epaminondas ameaça mandar Zelão embora se ele não conseguir encontrar Serelepe. Tuim avisa a Pituca que Serelepe está escondido, mas não revela o local. A menina acredita que Serelepe desconfia dela. Catarina fica tranquila quando Epaminondas concorda que Juliana dê aulas particulares para Pituca. Juliana lê a carta anônima que Zelão deixou em sua mesa. Pituca aparece de surpresa para ver Serelepe. Helena procura por Pituca sem saber que ela foi atrás de Serelepe. Pituca combina com Serelepe uma forma de alimentá-lo. Pedro Falcão concorda em doar um terreno da Vila para Renato instalar um pronto-socorro. Rosinha conta para Epaminondas que sabe onde pode encontrar Serelepe. Milita avisa a Giácomo que viu Epaminondas no carro com Serelepe. Helena pede para Ferdinando ir até à cidade das Antas atrás de Epaminondas, que levou Serelepe para entregar ao prefeito. Gina se oferece para acompanhar Ferdinando. Pituca se nega a falar com Epaminondas.

Epaminondas culpa Pituca por ter levado Serelepe até o prefeito. Izidoro conta para Amância que o coronel deixou Serelepe na prefeitura. Madame Catarina enfrenta Epaminondas para manter Amância em casa. Ferdinando e Gina lamentam por não terem conseguido trazer Serelepe de volta. Ferdinando sofre ao pensar em sua irmã. Pituca pede para Ferdinando levá-la para ver Serelepe. Juliana acha graça da carta que recebeu e a guarda em sua gaveta. Ferdinando e Madame Catarina tentam convencer Pituca a interromper a greve de fome. Pedro Falcão destrata o prefeito na venda de Giácomo. Ferdinando discute com Epaminondas. Pedro Falcão pede para o prefeito tirar Serelepe do orfanato e Gina se enfurece com a negativa do político. Zelão dita mais uma carta para Rodapé enviar à professora. Juliana chega para dar aula para Pituca e se surpreende com a revolta da menina. Juliana consegue acalmar Pituca e convence Epaminondas a deixá-la dar aulas para as crianças da fazenda. Rodapé coloca a carta de Zelão na mesa da professora Juliana. O prefeito das Antas afirma a Giácomo que não liberará Serelepe do orfanato. Zelão afirma para Rodapé que não escreverá para Juliana enquanto não tiver resposta. Pituca fala para Madame Catarina que acredita que a professora vai tirar Serelepe do orfanato. Juliana encontra a carta de Zelão e fica aflita para descobrir quem a escreveu. Rosinha faz ameaças a Juliana na frente de Mãe Benta. Zelão não revela para a professora que não é alfabetizado. Ferdinando pensa em se declarar para Juliana. Juliana fala para Ferdinando que Gina gosta dele e o expulsa da escola. Pedro Falcão se preocupa com Gina. Madame Catarina tenta convencer Epaminondas a deixar os adultos terem aulas com Juliana. Rodapé aconselha Zelão a dar um tempo para a professora. Rosinha se insinua para Izidoro. Renato afirma que seu pai vai ajudá-lo a construir o posto médico, e Ferdinando reage com despeito. Serelepe foge do orfanato e Rita avisa ao prefeito. Pituca se irrita com Epaminondas e ameaça fugir de casa. Serelepe vê o carro do coronel na estrada e se esconde. Juliana mostra as cartas que recebeu para Renato. Ferdinando fala de sua admiração por Gina. Juliana escreve uma carta terminando seu namoro e pede para Renato enviá-la para capital. Serelepe chega à casa de Mãe Benta. Ferdinando sente ciúmes da proximidade entre Juliana e Renato. Rosinha fala para Amância que Izidoro a respeitou durante a ida para Antas. Zelão se preocupa com Serelepe quando ele diz que falará com Pituca. Pituca e Serelepe se encontram.

Serelepe conta a Pituca que conseguiu fugir do orfanato e ela esconde o menino debaixo de sua cama, sem que Catarina desconfie. Epaminondas diz a Catarina e Pituca que, se Serelepe aparecer em sua casa, o mandará para o reformatório em São Paulo. Padre Santo conta para Epaminondas que ajudará Renato a construir um pronto-socorro na Vila e o coronel o critica. Juliana tenta convencer Gina a usar maquiagem, mas ela não gosta da iniciativa da professora. Rodapé encontra um prato e talheres deixados embaixo da janela de Pituca e desconfia que Serelepe esteja nos arredores da casa. Juliana conversa com alguns adultos que mostram interesse em frequentar a escola. Mãe Benta percebe que Zelão tem vergonha de ir à escola. Pituca confessa para Catarina que Serelepe estava escondido em sua casa. Juliana avisa a Gina que Dona Tê permitiu que ela dormisse no quarto da jovem, até que o prefeito construa um banheiro na escola. Epaminondas avisa a Juliana que Catarina foi até Antas comprar material escolar para seus alunos adultos. Ferdinando comenta com Pedro Falcão sobre o encantamento que sente por Juliana. O prefeito das Antas avisa a Renato que a prefeitura não tem verba para construir o banheiro na escola. Mãe Benta concorda em abrigar Serelepe. Epaminondas desconfia de que Amância esconda algo dele. Izidoro conta para Epaminondas que Serelepe está na casa de Mãe Benta. Epaminondas avisa a Catarina que mandará Mãe Benta e Zelão para fora de sua fazenda, em defesa de Pituca. Pedro Falcão elogia o trabalho de Ferdinando feito nas suas terras para Giácomo. Epaminondas dispensa Zelão e diz a ele que quer a casa de volta. Giácomo aconselha Zelão a procurar alguém que lhe oriente sobre seus direitos em relação à casa. Zelão fica envergonhado ao saber de Juliana que as cartas escritas por Rodapé para ela em seu nome são só garranchos. Ferdinando procura por Epaminondas e avisa que Mãe Benta e Zelão não deixarão sua casa.

Amância diz a Epaminondas que Catarina se recusa a dormir no quarto com ele. Ferdinando avisa a Pedro Falcão que não permitirá que Epaminondas expulse Mãe Benta e Zelão de casa. Dona Tê fica admirada ao ouvir Gina dizer que está começando a gostar do jeito de Ferdinando. Rosinha comenta com Amância que Mãe Benta acha que Zelão está furioso com Rodapé. Rodapé propõe à professora que ela confesse para Zelão que gosta dele. Ferdinando explica a Pedro que, a pedido de Juliana, gostaria de comprar um vestido para Gina para que as pessoas percebam sua beleza. Juliana escreve uma carta e pede a Rodapé que a entregue a Zelão. Juliana pede a Ferdinando que leia para Zelão a carta que escreveu para ele. Ferdinando convida Gina para passear em Antas, mas ela recusa o convite e ele então convida Juliana. Zelão aceita que Ferdinando leia a carta que Juliana escreveu para ele. Zelão fica comovido com as palavras de Juliana. Pedro Falcão fica bravo com Giácomo ao ouvir do comerciante que todos sabem que Gina não gosta de homem. Ferdinando diz a Juliana que Zelão está muito apaixonado por ela. Gina diz a Juliana que Ferdinando está apaixonado por ela. Pedro pede a Gina que vá com Ferdinando e Juliana para Antas. Pedro Falcão avisa a Padre Santo que Gina e Juliana vão à missa que ele celebrará na Vila.