17.9 C
São Paulo
segunda-feira, maio 20, 2024
publicidade

Novela “Meu Pedacinho de Chão”: Juliana visita Epa

meu_pedacinho_chao_Bruna_Linzmeyer_JulianaNovela “Meu Pedacinho de Chão”: a professora Juliana (Bruna Linzmeyer) tem um jeitinho meigo mas, pelo visto, não leva desaforo para casa! Depois de ter recusado acompanhar os capangas até a casa do coronel Epa (Osmar Prado), agora ela decide comparecer por livre e espontânea vontade. “Eu mandei buscar a senhora, e a senhora não veio… E agora vem bater na minha porta?”, o Coronel pergunta bastante desconfiado. “Vim porque achei que era necessário, meu senhor”, Juliana responde. Epaminondas é direto ao ponto e avisa que não autorizou o funcionamento de nenhuma escola nas suas terras e ordena que ela volte para o lugar de onde veio. Ferdinando (Johnny Massaro), que estava assistindo ao embate, decide se intrometer a favor da professorinha, mas logo leva um fora do pai: “Você cale a boca, que eu estou dando uma ordem para ela!”, esbraveja. Então, decidida, mas sem deixar de lado o seu jeitinho doce, Juliana responde: “Eu não fui contratada pelo senhor. Por isso mesmo, não tenho porque lhe obedecer. Só o senhor Pedro Falcão ou o senhor Prefeito (Ricardo Blat) podem me mandar embora daqui.”

Fonte Rede Globo – nos próximos capítulos da novela “Meu Pedacinho de Chão” Coronel Epaminondas ordena que Zelão obrigue Juliana a falar come ele. Gina aponta a arma para Zelão, mas Juliana aceita ir com ele até a fazenda falar com Epa. Zelão, teme o que o coronel possa fazer contra a professora a manda voltar para casa. Professora Juliana volta para a casa de Pedro Falcão e todos se surpreendem. Coronel Epaminondas repreende Zelão por não ter levado a professora para falar com ele. Padre Santo e o Prefeito avisam Giácomo que a inauguração da escola vai ter que ser adiada. Ferdinando cobra seus direitos e exige ficar na casa de Epaminondas. Rosinha fica com ciúmes de Zelão com Juliana. Dona Tê avisa Juliana do adiamento da inauguração da escola. Catarina aconselha Ferdinando a não mexer nas terras de Epaminondas. Mãe Benta se lamenta de ter perdido uma das crianças que ajudou a nascer. O Prefeito das Antas manda Pedro proteger a escola. Zelão diz a Rodapé que Epaminondas quer que ele coloque fogo na escola. Juliana pensa em ir embora de Vila Santa Fé. Pituca comenta com Serelepe que seu pai vai impedir a inauguração da escola. Juliana enfrenta o Coronel Epaminondas, que fica furioso. Ferdinando fica admirado com a professora e tenta conversar com ela. Pituca pede para Catarina adotar Serelepe. Juliana tenta falar com Gina sobre Ferdinando. Giácomo reclama de ver Viramundo e Milita cantando no interior na venda. Catarina faz perguntas sobre Serelepe para Amância. Epaminondas coloca Pituca para dormir. Juliana se surpreende ao saber que Ferdinando foi pedir emprego a Pedro Falcão. O Prefeito avisa que denunciou o coronel Epaminondas e Ferdinando defende o pai enfurecido. Giácomo tenta tranquilizar Ferdinando e o Prefeito das Antas. Ferdinando avisa ao coronel Epaminondas que se algo acontecer à inauguração da escola ele será responsabilizado. Professora Juliana tenta conhecer melhor Gina, mas ela fica irritada. Mãe Benta critica Rosinha por insistir em se casar com Zelão. Pituca e Serelepe combinam um jeito de ela arrumar comida para ele. Juliana conversa com Dona Tê sobre Gina. Pituca comunica a Amância sua nova tarefa com as refeições de Serelepe e ela fica apreensiva. Ferdinando torce para que Epaminondas o deixe cuidar de suas terras. Mãe Benta e Zelão repreendem Rosinha por fazer insinuações sobre Ferdinando e Catarina. Coronel Epaminondas conta para a esposa como foi sua conversa com o delegado de Antas. Pituca esconde o prato de Serelepe de Catarina. Juliana chama Gina para estudar quando a escola estiver inaugurada. Milita fala para Giácomo que Viramundo quer namorá-la. Epaminondas afirma para Zelão que se algo acontecer a escola a culpa não será dele. Zelão decide pegar a lata de querosene. Catarina autoriza Pituca a dar comida para Serelepe. Mãe Benta pede para Rodapé levar Zelão para falar com ela. Giácomo faz a ronda pela escola. Rodapé vê Zelão esconder a lata de querosene na escola. Juliana fica assustada com Gina. Mãe Benta pergunta por que Zelão pegou a lata de querosene.

Continua após o anúncio

Padre Santo coordena a arrumação da Vila para a inauguração da escola. Pituca sente-se mal e se desculpa com Serelepe por não dar comida para ele. Zelão pede para o Coronel Epaminondas ordená-lo a tocar fogo na escola. Juliana pede para Gina ir com ela até a escola. Serelepe foge da cozinha no momento em que o Coronel Epaminondas aparece. Catarina e Epa se preocupam com Pituca. Serelepe fica animado com a banda que vai tocar na inauguração da escola. Juliana mostra seu quarto para Gina. Giácomo comenta com o Prefeito que Serelepe precisa de um orfanato. Zelão aparece na escola e Juliana o chama para estudar na turma de adultos. Catarina tenta baixar a febre de Pituca. Serelepe ouve Giácomo dizer que o Prefeito vai interná-lo em um orfanato depois da inauguração da escola. Gina e Pedro Falcão desconfiam de Zelão. Zelão fala para Mãe Benta que acha que está gostando de Juliana. Rodapé e Amância suspeitam que Pituca esteja com sarampo e Catarina se preocupa. Amância ajuda Serelepe a ver Pituca. O Prefeito confirma para Giácomo que conseguiu um orfanato para Serelepe. Juliana comenta com Pedro Falcão que deixou um namorado na capital. Renato, um amigo médico de Ferdinando, aparece na fazenda de Epaminondas. Epaminondas fica contrariado com a presença de Renato em sua casa. Renato conta que é médico e Catarina pede para ele examinar Pituca. Professora Juliana aparece cedo na escola. Renato fica impressionado com a beleza da professora. Mãe Benta tenta benzer Pituca, mas Catarina não deixa. Zelão decide devolver a lata de querosene para Giácomo. Juliana demonstra sua tristeza para Zelão ao saber que ninguém vai aparecer na inauguração de sua escola. Serelepe avisa Pituca que vai levar a banda para tocar para ela. Zelão fala para Epaminondas que vai anunciar a inauguração da escola para toda a cidade e pedir que todos compareçam. Marimbondo conta para Pedro Falcão que todos irão comparecer à inauguração da escola. Zelão não deixa sua família ir para a festa. Serelepe foge do Prefeito quando o vê e Rodapé se preocupa com ele. A banda chega na vila para a inauguração e o Padre a acomoda na igreja. O Prefeito fica preocupado de não aparecer ninguém na inauguração da escola por causa de Epaminondas. Desconfiado da intenção de Epaminondas em atrapalhar a inauguração da escola, o delegado se oferece para acompanhar o coronel até a festa. Juliana vê sinceridade nas intenções de Ferdinando e se oferece para ajudá-lo a conseguir um emprego como engenheiro agrônomo nas terras de Pedro Falcão. Serelepe consegue levar a banda para tocar embaixo da janela de Pituca, e Catarina fica surpresa. Juliana tenta convencer Gina a se vestir de forma mais feminina. Epaminondas deixa Rodapé de castigo por ter discursado na inauguração da escola. Pedro diz para Juliana que ela pode fazer as refeições em sua casa. Gina não gosta de saber por Juliana que Ferdinando pedirá emprego para trabalhar nas terras do pai. Viramundo comenta com Giácomo que viu poucas crianças na escola. Juliana pede a seus alunos que incentivem as outras crianças a frequentar a escola. Renato conta para Ferdinando que pretende ajudar Juliana com os exames laboratoriais das crianças e deixa o amigo enciumado. Juliana agradece Zelão por ter incentivado as crianças a irem à escola e Rosinha fica com ciúmes. Zelão diz a Rodapé que comprará papel e envelope para o amigo escrever cartas de amor para Juliana. Incentivado por Juliana, Pedro aceita contratar os serviços de Ferdinando em troca de cama e comida, mas Gina não aprova a decisão. Ferdinando avisa a Catarina que sairá de casa. Ela conta para Epaminondas que o filho trabalhará no sítio de Pedro Falcão. Ferdinando diz para o pai que não lhe deve satisfações quando ele o questiona sobre a decisão de trabalhar para seu inimigo.

Rodapé alerta Ferdinando para tomar cuidado com Gina. Renato ensina para as crianças na escola como fazer os exames laboratoriais. Renato comenta com Catarina sobre seu constrangimento de estar em sua casa sem a presença de Ferdinando e ela aproveita para alertá-lo que o enteado está interessado em Juliana. Rodapé deixa na mesa de Juliana a carta de amor que escreveu a pedido de Zelão. Epaminondas não gosta de saber que Renato resolveu construir seu consultório em Vila Santa Fé. Juliana se surpreende ao ver a carta que Rodapé deixou em sua mesa. Epaminondas diz a Catarina que não quer mais Renato em sua casa. Giácomo conta a Renato que Pedro Falcão doou as terras para que ele pudesse construir a venda e o médico fica interessado na informação. Catarina tenta convencer Epaminondas a adotar Serelepe, mas não consegue. Serelepe foge, com medo de que o coronel o entregue ao prefeito, que o levaria para o orfanato. Pedro comenta com todos que, se Renato assumir a construção do consultório, ele doará o terreno. Renato tranquiliza Catarina, dizendo que não tem interesse em Juliana. Mãe Benta aconselha Rosinha a esquecer Zelão. Zelão deixa claro para Rosa que eles não são noivos e exige que ela deixe Juliana em paz. Epaminondas garante a Catarina que conseguirá uma forma de entregar Serelepe para o prefeito e ela não gosta dessa decisão. Ferdinando comenta com Pedro Falcão que não gosta da ideia de Renato construir um pronto-socorro na vila. Zelão diz a Rodapé que não entregará Serelepe para o prefeito, como mandou Epaminondas. Pedro diz a Juliana que gostou de conversar com Renato, e Ferdinando sente ciúmes. Renato diz a Catarina e Amância que não acredita que o coronel seja contra as novidades que beneficiarão o vilarejo. Epaminondas insinua que Renato deve se mudar para Antas. Catarina não gosta da atitude do marido e ameaça sair de casa. Ferdinando confessa a Juliana que gosta muito dela. Mãe Benta diz a Rosa que Zelão gosta de Juliana. Dois soldados vestidos à paisana perguntam a Giácomo sobre Serelepe, dizendo que, a mando do prefeito, precisam levar o menino para o orfanato. Serelepe conta a Tuim que não sabe quem são seus pais. Viramundo e Milita avisam ao garoto que os soldados estão procurando por ele. Pituca esconde Serelepe no quarto que era de Ferdinando e pede a Amância para levar comida para o menino. Catarina descobre que Serelepe está em sua casa.

Continua após o anúncio
Martha Ramazottihttps://redenoticia.com.br
Com mais de 20 anos de experiência na área, Martha trabalhou como editora, programadora e apresentadora em vários programas da afiliada da Rede Record de Rondônia. Fundadora e Editora Chefe do RedeNotícia, é a principal responsável pelas notícias publicadas.

Artigos Relacionados

Redes Sociais

102,317FãsCurtir
1,791SeguidoresSeguir
Publicidade

Últimas Notícias