Novela “Avenida Brasil”: em uma envolvente trama de vingança, “Avenida Brasil” conta com um elenco renomado e personagens com muita personalide. Escrita por: João Emanuel Carneiro. Colaboração: Marcia Prates, Alessandro Marson, Antonio Prata, Luciana Pessanha e Thereza Falcão. Direção-geral: Amora Mautner e José Luiz Villamarim. N° de capítulos: 179.

Publicidade

RITA / NINA (Mel Maia/ Débora Falabella) – Órfã de mãe, criada pelo pai Genésio (Tony Ramos) e pela madrasta Carminha (Adriana Esteves). Seu pai morre – em decorrência de um golpe armando pela esposa e o amante dela, Max (Marcello Novaes) –, e Rita acaba sendo abandonada em um lixão, onde é criada por Mãe Lucinda (Vera Holtz). Lá se apaixona por Batata (Bernardo Simões). Acaba sendo adotada por uma família argentina, passa a se chamar Nina (Débora Falabella), torna-se chef de cozinha e volta ao Brasil anos depois para se vingar da ex-madrasta na novela “Avenida Brasil”.

GENÉSIO (Tony Ramos) – Viúvo e pai de Rita (Mel Maia). Após a morte da primeira mulher, casa-se com Carminha (Adriana Esteves), que o trai com Max (Marcello Novaes). Acaba morrendo atropelado nos primeiros capítulos, logo após descobrir as maldades de sua esposa.

CARMINHA (Adriana Esteves) – É a grande vilã da história, uma mulher fria e ambiciosa, filha de Santiago (Juca de Oliveira). No começo da novela, está casada com Genésio (Tony Ramos) e mantém um caso com Max (Marcello Novaes). Depois de viúva, manda sua enteada Rita (Mel Maia) para um lixão e se casa com Tufão (Murilo Benício), um famoso jogador de futebol. É mãe de Batata / Jorginho (Bernardo Simões / Cauã Reymond) e Ágata (Ana Karolina), frutos de seu caso com Max. No decorrer da novela, enfrenta o plano de vingança de Rita, que agora se chama Nina (Débora Falabella).

MAX (Marcello Novaes) – Amante e grande parceiro de Carminha (Adriana Esteves), com quem teve Batata/Jorginho (Bernardo Simões / Cauã Reymond) e Ágata (Ana Karolina), criados por Tufão (Murilo Benício) como seus filhos biológicos. É dissimulado, ambicioso e envolve-se em muitas falcatruas. Acaba se casando com Ivana (Letícia Isnard), irmã de Tufão, apenas para ficar próximo de Carminha. É filho de Lucinda (Vera Holtz) e Nilo (José de Abreu).

TUFÃO (Murilo Benício) – Ex-jogador de futebol que deu um título carioca ao Flamengo na época em que jogava como artilheiro do time. É rico, mas leva uma vida sem ostentação. Tufão nunca abandonou as suas origens, apesar do dinheiro que ganhou ao longo da vida. É um homem generoso e que valoriza a família. É filho de Leleco (Marcus Caruso) e Muricy (Eliane Giardini) e irmão de Ivana (Letícia Isnard). Cria Batata / Jorginho (Bernardo Simões / Cauã Reymond) e Ágata (Ana Karolina) como se fossem seus filhos biológicos, sem saber que são fruto da relação extraconjugal que Carminha (Adriana Esteves), sua esposa, mantém com Max (Marcello Novaes). Termina a novela ao lado de Monalisa (Heloísa Périssé), noiva que abandonou, no começo da trama, para ficar com Carminha.

BATATA / JORGINHO (Bernardo Simões / Cauã Reymond) – Foi abandonado pelos pais, Carminha (Adriana Esteves) e Max (Marcello Novaes), no lixão, onde se apaixonou por Rita / Nina (Mel Maia / Débora Falabella). É levado de lá pela própria mãe quando ela se casa com Tufão (Murilo Benício), mas só descobre a identidade de seus pais e que é irmão de Ágata (Ana Karolina) bem mais velho. Assim como o pai adotivo, dedica-se ao futebol e joga pelo Divino Futebol Clube. No começo da novela, está noivo de Débora (Nathalia Dill), mas, ao reencontrar Nina, decide reviver o amor de infância. Jorginho é criado como neto de Leleco (Marcus Caruso) e Muricy (Eliane Giardini) e sobrinho de Ivana (Letícia Isnard). Só que seus verdadeiros avós são Lucinda (Vera Holtz) e Nilo (José de Abreu), pais de Max, e Santiago (Juca de Oliveira), pai de Carminha. Jorginho sofre muito até descobrir toda a verdade sobre o seu passado na novela “Avenida Brasil”.

LELECO (Marcos Caruso) – Pai de Tufão (Murilo Benício) e Ivana (Letícia Isnard) e marido de Muricy (Eliane Giardini). Cria Batata / Jorginho (Bernardo Simões / Cauã Reymond) e Ágata (Ana Karolina) como seus netos biológicos, apesar de terem sido adotados por Tufão. Durante a novela, separa-se de Muricy e se envolve com Tessália (Débora Nascimento).

MURICY (Eliane Giardini) – Esposa de Leleco (Marcos Caruso) e mãe de Tufão (Murilo Benício) e Ivana (Letícia Isnard). Adora os netos Batata/Jorginho (Bernardo Simões / Cauã Reymond) e Ágata (Ana Karolina) e não os trata com menos carinho por terem sido adotados. No decorrer da novela, separa-se de Leleco e se envolve com Adauto (Juliano Cazarré).

IVANA (Letícia Isnard) – Filha de Leleco (Marcos Caruso) e Muricy (Eliane Giardini) e irmã de Tufão (Murilo Benício), de quem é sócia, ao lado de Monalisa (Heloísa Périssé), em um salão de beleza. Estava encalhada até conhecer Max (Marcello Novaes), com quem se casa. Como ele só está com ela por interesse, trata-a muito mal. Por conta disso, Ivana sofre de baixa-estima e carência afetiva. No final da novela, já viúva de Max, envolve-se com Silas (Ailton Graça). Trata os sobrinhos adotivos, Batata/Jorginho (Bernardo Simões / Cauã Reymond) e Ágata (Ana Karolina), com muito carinho. Também se dá muito bem com a cunhada, Carminha (Adriana Esteves), sem sequer imaginar que ela seja amante de seu marido na novela “Avenida Brasil”.

ÁGATA (Ana Karolina) – Filha de Carminha (Adriana Esteves) e Max (Marcello Novaes) e irmã de Batata / Jorginho (Bernardo Simões / Cauã Reymond), mas é criada como se fosse filha de Genésio (Tony Ramos) e achando que o irmão é adotivo. A menina é muito maltratada pela mãe, que a trata com desprezo e sem a menor paciência. Em contrapartida, adora Tufão (Murilo Benício). É doce e inteligente, além de ter talento para a culinária.

ADAUTO (Juliano Cazarré) – Ex-jogador do Divino Futebol Clube, frustrado por não ter cobrado bem o pênalti que garantiria a vitória do time em um importante campeonato. Redime-se no último capítulo, quando consegue superar o trauma e marca o gol do título. Durante a novela, envolve-se com Muricy (Eliane Giardini).

TESSÁLIA (Débora Nascimento) – Chega ao Rio de Janeiro vinda do interior. Apaixona-se por Leleco (Marcos Caruso).

MONALISA (Heloísa Périssé) – Nascida na Paraíba, Monalisa chegou ao Rio de Janeiro sem nenhum tostão no bolso. Mas, com muita fibra e disposição, conquista seu espaço em um salão de beleza, onde também conhece Olenka (Fabíula Nascimento), que se torna sua grande amiga. Monalisa fica noiva de Tufão (Murilo Benício), mas perde o jogador de futebol para Carminha (Adriana Esteves), a vilã da novela. A única coisa que os une é um salão de beleza, que administram em sociedade. Monalisa deixa o Rio de Janeiro, após se separar do grande amor de sua vida, perde o filho que esperava – em um acidente de ônibus – e decide adotar Iran (Bruno Gissoni). Ao voltar ao Rio, dedica-se ao salão e começa a namorar Silas (Ailton Graça).

SILAS (Ailton Graça) – Dono de um carro de mensagem e de um bar, localizado no Divino. É completamente apaixonado por Monalisa (Heloísa Périssé), mas acaba chegando à conclusão de que o coração dela pertence a Tufão (Murilo Benício) e termina a novela ao lado de Olenka (Fabíula Nascimento). É pai solteiro de Darkson (José Loreto).

DARKSON (José Loreto) – Filho de Silas (Ailton Graça). Trabalha como vendedor na loja de Diógenes (Otávio Augusto) e apaixona-se por Tessália (Débora Nascimento), com quem termina a novela.
IRAN (Bruno Gissoni) – O talentoso jogador de futebol é filho adotivo de Monalisa (Heloísa Périssé). Iran faz um enorme sucesso com as mulheres e a mãe morre de ciúmes do rapaz na novela “Avenida Brasil”.

OLENKA (Fabíula Nascimento) – Parceira e amiga de Monalisa (Heloísa Périssé). É uma cabeleireira sem papas na língua e extremamente sincera.

LEANDRO (Thiago Martins) – Trazido para o Rio de Janeiro por Max (Marcello Novaes) como uma das promessas para o sucesso do Divino Futebol Clube. Acaba indo morar na casa de Diógenes (Otávio Augusto), presidente do clube, e constrói uma forte amizade com Roni (Daniel Rocha), filho dele.

SUELEN (Isis Valverde) – Maria-chuteira de carteirinha. Trabalha na loja de Diógenes (Otávio Augusto) e vive se engraçando para os clientes. Teve casos amorosos com vários homens do Divino, como o próprio patrão, além de Leandro (Thiago Martins), Iran (Bruno Gissoni), Darkson (José Loreto) e Lúcio (Emiliano D’Avila). Acaba se casando com Roni (Daniel Rocha), o único que não a queria, mas que resolve ajudá-la ao saber que ela é estrangeira.

DIÓGENES (Otávio Augusto) – Dono de uma loja de artigos femininos e presidente do Divino Futebol Clube. Teve seu filho, Roni (Daniel Rocha), com Soninha Catatau (Paula Burlamaqui), ex-atriz pornô. Fica muito tempo sem ver a mulher e diz ao filho que ela morreu. Anos depois, ela volta, completamente mudada, e faz as pazes com os dois. Só que, no dia do casamento de Dolores e Diógenes, ela tem uma recaída e, ainda na lua de mel, decide abandonar filho e marido.

RONI (Daniel Rocha) – Filho de Diógenes (Otávio Augusto) e Soninha Catatau (Paula Burlamaqui). Passou a vida achando ser órfão de mãe e se revolta ao descobrir que é filho de uma ex-atriz pornô. Com o passar do tempo, acaba aceitando a aproximação da mãe, que agora é evangélica e se chama Dolores. Volta a se decepcionar com ela no final da trama, quando ela decide voltar a ser atriz pornô. É jogador de futebol do Divino Futebol Clube e se casa com Suelen (Isis Valverde), mas demonstra fortes sentimentos pelo amigo Leandro (Thiago Martins).

SONINHA CATATAU / DOLORES (Paula Burlamaqui) – Mãe de Roni (Daniel Rocha), fruto de seu casamento com Diógenes (Otávio Augusto). Deixa o menino ainda bebê no colo do marido e nunca mais dá notícias. Diógenes, envergonhado pela ex-mulher ser atriz pornô, diz ao filho que sua mãe morreu. Um dia, Soninha Catatau volta ao Divino dizendo se chamar Dolores: tornou-se evangélica e, agora, sente-se digna de se aproximar do filho. Depois de muito esforço, conquista o perdão do rapaz e se reconcilia com Diógenes. Só que, no dia do casamento, ela tem uma recaída e, ainda na lua de mel, abandona filho e marido.

LUCINDA (Vera Holtz) – É conhecida como a Mãe do Lixão por dar abrigo a meninos abandonados em um depósito de lixo, onde ela vive. Dentre as crianças, ela ajudou a criar Batata (Bernardo Simões) e Rita (Mel Maia). No decorrer da novela, descobre-se que ela é ex-mulher de Nilo (José de Abreu), mãe de Max (Marcello Novaes) e avó de Batata / Jorginho (Bernardo Simões / Cauã Reymond) e Ágata (Ana Karolina). A família foi separada devido às maldades de Santiago (Juca de Oliveira), ex-amante de Lucinda. A Mãe do Lixão incentiva Batata e Rita, agora Jorginho e Nina (Débora Falabella), a ficarem juntos. Lucinda passou anos presa por um crime que não cometeu: o assassinato da mãe de Carminha (Adriana Esteves).

NILO (José de Abreu) – Morador do lixão e explorador de menores. Ao contrário de Lucinda (Vera Holtz), que tenta dar carinho, amor e alimento às crianças do depósito de lixo, Nilo as maltrata. No decorrer da novela, descobre-se que ele é ex-marido de Lucinda, pai de Max (Marcello Novaes) e avó de Batata/Jorginho (Bernardo Simões / Simões / Cauã Reymond) e Ágata (Ana Karolina).

SANTIAGO (Juca de Oliveira) – Pai de Carminha (Adriana Esteves) e ex-amante de Lucinda (Vera Holtz). Assassinou a esposa, diante da filha, e deixou a culpa recair sobre Lucinda, que acabou presa injustamente. Abandonou a filha em um lixão e gastou toda a herança da falecida esposa. Matou Nilo (José de Abreu) e orquestrou o sequestro de Tufão (Murilo Benício).

BETÂNIA (Bianca Comparato) – Uma das jovens que, na infância, foi criada por Mãe Lucinda (Vera Holtz). Tornou-se grande amiga de Rita / Nina (Mel Maia / Débora Falabella).

VALDO (João Henrique Gago) – Namorado de Betânia (Bianca Comparato). No final, acaba corrompido por Carminha (Adriana Esteves) e trai a confiança da namorada e de Nina (Débora Falabella).

PICOLÉ (João Fernandes Nunes) – Um dos moradores do lixão. Ele vive na casa de
Lucinda (Vera Holtz) e é muito amigo de Jorginho (Cauã Reymond).

REI (João Pedro) – Criança que vive na casa de Lucinda (Vera Holtz) e passa informações para o Nilo (José de Abreu).

CADINHO (Alexandre Borges) – O empresário bem-sucedido do mercado financeiro mantém relacionamentos estáveis com três mulheres – Verônica (Débora Bloch), com quem teve Débora (Nathalia Dill); Noêmia (Camila Morgado), mãe de Tomás (Ronny Kriwat); e Alexia (Carolina Ferraz), com quem Paloma (Bruna Orphao).

VERÔNICA (Débora Bloch) – Primeira mulher de Cadinho (Alexandre Borges) e mãe de Débora (Nathalia Dill). É uma perua consumista, completamente sustentada pelo marido.

DÉBORA (Nathalia Dill) – A acrobata é filha de Cadinho (Alexandre Borges) e Verônica (Débora Bloch). É irmã, por parte de pai, de Paloma (Bruna Orphao) e Tomás (Ronny Kriwat).

NOÊMIA (Camila Morgado) – Segunda mulher de Cadinho (Alexandre Borges). É o oposto de Verônica, por ser discreta. É sustentada pelo parceiro e mãe de Tomás (Ronny Kriwat).

TOMÁS (Ronny Kriwat) – Filho de Cadinho (Alexandre Borges) e Noêmia (Camila Morgado) e irmão, por parte de pai, de Paloma (Bruna Orphao) e Débora (Nathalia Dill).

ALEXIA (Carolina Ferraz) – Terceira mulher de Cadinho (Alexandre Borges). A única que sabe, desde o começo, que ele tem outras duas mulheres. É mãe Paloma (Bruna Orphao).

PALOMA (Bruna Orphao) – Filha de Cadinho (Alexandre Borges) e Alexia (Carolina Ferraz) e irmã, por parte de pai, de Débora (Nathalia Dill) e Tomás (Ronny Kriwat). É muito mimada.

PILAR (Betty Faria) – Mãe de Alexia (Carolina Ferraz) e avó de Paloma (Bruna Orphao).

JIMMY BASTOS (Felipe Abib) – Braço-direito de Cadinho (Alexandre Borges). No decorrer da novela, prova ser um grande traidor, pois rouba o chefe e tenta conquistar as mulheres dele.

MARTÍN (Jean Pierre Noher) – O argentino é marido de Denise (Celia Grezpan) e pai de Begônia (Carol Abas) e Mercedes (Marina Glezer). Adotou Rita (Mel Maia) e deu a ela um novo nome, Nina (Débora Falabella). Morre nos primeiros capítulos da novela.

DENISE (Celia Grezpan) – A argentina é esposa de Martín (Jean Pierre Noher) e mãe de Begônia (Carol Abas) e Mercedes (Marina Glezer). Adotou Rita (Mel Maia) e deu a ela um novo nome, Nina (Débora Falabella). Morre nos primeiros capítulos da novela.

BEGÔNIA (Carol Abras) – Filha de Martín (Jean Pierre Noher) e Denise (Celia Grezpan) e irmã de Mercedes (Marina Glezer). Recebeu muito bem a irmã adotiva, Rita / Nina (Mel Maia / Débora Falabella). Begônia é uma jovem problemática, usuária de drogas. Chega a ir ao Brasil atrás da irmã para tentar convencê-la a desistir da vingança contra Carminha (Adriana Esteves).

MERCEDES (Marina Glezer) – Filha de Martín (Jean Pierre Noher) e Denise (Celia Grezpan) e irmã de Begônia (Carol Abas). Recebeu muito bem a irmã adotiva, Rita / Nina (Mel Maia / Débora Falabella).
HECTOR (Daniel Kuzniecka) – Namorado argentino de Nina (Débora Falabella). Ela o deixa para seguir com seu plano de vingança contra Carminha (Adriana Esteves).

ZEZÉ (Cacau Protásio) – Empregada da família de Tufão (Murilo Benício). É muito fiel à patroa, Carminha (Adriana Esteves).

JANAÍNA (Claudia Missura) – Mãe solteira de Lúcio (Emiliano D’Avila). É batalhadora e trabalha muito como doméstica na casa de Tufão (Murilo Benício) para que seu filho tenha uma boa vida. Decepciona-se ao descobrir que ele está envolvido em crimes planejados por Max (Marcello Novaes) e Carminha (Adriana Esteves).

LÚCIO (Emiliano D’Avila) – Filho de Janaína (Claudia Missura). É um bandido que acaba se envolvendo nas armações de Max (Marcello Novaes) e Carminha (Adriana Esteves), com quem chega a ter um caso.

BRIGITTE (Luana Martau) – Funcionária do salão de beleza da Monalisa (Heloísa Périssé).

VALENTIM (André Luiz Miranda) – Garçom do bar do Silas.

BRANCO (Murilo Elbas) – Técnico do Divino Futebol Clube.