Novela-amor-a-vida_felix-khouryNovela Amor à Vida – um crime leva a outro crime. Depois de falsificar o exame de DNA de Paloma (Paolla Oliveira), Glauce (Leona Cavalli) acaba assassinando Elenice (Nathália Rodrigues), que descobriu toda a falcatrua, durante uma briga dentro do hospital. Completamente sem chão, a médica decide recorrer a Félix (Mateus Solano) no momento de desespero. Aos prantos, Glauce conta o que aconteceu. A primeira preocupação do vilão é saber se alguém viu as duas entrando no local. A médica nega e ainda conta que estava o tempo todo com as luvas. Félix comemora o golpe de sorte. Ainda confusa, Glauce diz que precisa pedir ajuda e contar o que aconteceu. “Vou dizer que tropeçamos uma na outra… Que ela caiu por acaso”, diz a médica. Mas Félix impede que ela faça tal besteira. “Deixa de ser falsa. Se quisesse pedir socorro, teria pedido na hora. A infeliz morreu nas suas mãos, Glauce. Você é uma assassina!”, sentencia o vilão. Prático, Félix traça um plano para livrar a cara da comparsa. “Você vai sair do hospital comigo, para todo mundo ver a gente junto. Eu sou o seu álibi. Vou dizer que fiquei com você todo esse tempo”, informa o vilão, que avisa que vai se livrar do material genético da irmã. Depois de se despedir de Glauce no estacionamento, o vilão sai com o carro, mas para em uma esquina. “Uma caçamba. Nada mais simbólico para me despedir de você de uma vez… Ratinha!”, diz, ao se livrar do frasco.

Fonte Rede Globo – Novela Amor à Vida

A novela Amor à Vida conta com a direção de núcleo de Wolf Maya, e direção geral de Mauro Mendonça Filho. O autor Walcyr Carrasco retrata a pluralidade da grande São Paulo. Suas curiosidades, sotaques, gírias, dramas, moda, enfim, tudo o que a megalópole abrange. Em seu primeiro folhetim para o horário das nove, o autor dá uma pista do que o público pode esperar: “Emoção. Eu amo São Paulo. Sou do interior do Estado e vivo aqui desde os quinze anos. Conheço a cidade profundamente e quero retratá-la em toda sua riqueza, beleza e paixão”. A nova trama traz à tona a história da família Khoury, proprietária do Hospital San Magno. Paolla Oliveira e Malvino Salvador encabeçam o elenco na pele dos protagonistas Paloma e Bruno. Os dois acabam se apaixonando por conta de Paula (Klara Castanho), que tem consultas periódicas com a pediatra. O pai de Paloma, César Khoury (Antonio Fagundes), é quem rege as regras no estabelecimento. Clínico geral e casado com a dermatologista Pilar Khoury (Susana Vieira) desde os tempos de faculdade, procura sempre na filha o seu sucesso em vida. Parece que ele projeta seu próprio futuro nela. Já a matriarca morre de amores pelo filho mais velho, Félix Khoury (Mateus Solano), por quem o pai não tem tanto apreço.

Publicidade