Resumo Novela “Carrossel”:SBT divulgou no resumo dos próximos capítulos da novela que Cirilo diz a si mesmo que se Maria Joaquina não for, a corrida não terá graça. No capitulo 138, segunda-feira, 18 de fevereiro – no meio da noite, Olívia telefona para escola, pois quer fazer compras pela internet e esqueceu seu cartão de crédito em sua sala. Os meninos se assustam com o barulho do telefone e gritam. Firmino acorda, vai até a sala da diretora, os garotos se escondem. O zelador atende ao telefone, é Olívia, que pede para ele passar o número de seu cartão. Firmino sai da sala, mas se esquece de algo e retorna. Ele flagra os garotos copiando os exercícios da prova. Firmino diz que terá que contar á diretora o que eles fizeram. Ele pede aos meninos a cópia das chaves e também folha onde copiaram as perguntas. Firmino promete ajudar os garotos a estudarem e pede para eles chegarem uma hora antes da aula todos os dias. Jorge pede para Daniel organizar a competição entre ele e Cirilo. Koki diz a Helena que ela não pode faltar na corrida, pois ela dará o sinal da largada. Helena comenta com os alunos que a corrida não pode se tornar uma rixa, pois é uma forma de entrosamento.

Firmino pergunta a Olívia por que ela aplicará a segunda prova nos alunos, pois antes ela aplicava uma só. A diretora fica furiosa. Firmino diz a Maria Joaquina que Olívia quer conversar com ela. Olívia pede um favor à patricinha, que escreva na lousa a matéria da prova para os alunos. Paulo, Laura, Cirilo, Mário e Jaime estudam durante o recreio. Olívia conta a Graça e Firmino que resolveu instalar na escola um sistema moderno de comunicação. Olívia chega ao terceiro ano para aplicar a prova, ela adverte que se pegar alguém colando, fará picadinho. Helena afirma que Olívia está assustando as crianças.

A diretora ordena que a turma comece a fazer a prova. Jaime e Laura começam a suar durante a prova. Helena afirma a Renê que está preocupada, os alunos estão tensos. Olívia dá por encerrada a prova. Os alunos perguntam quando sairão os resultados das provas. Helena aconselha os alunos a descansarem. Laura comenta com Helena que não sabe se foi bem na prova. Alberto pergunta a Jorge se ele pode marcar a hora e o local da competição. Com seu carro, Cirilo vai à casa de Maria Joaquina perguntar se ela foi bem na prova. O garoto também pergunta para a patricinha o que ela acha do carro dele. Ela o destrata. Nos seus respectivos carros, Jorge e Cirilo se encontram na rua.

Jorge humilha Cirilo ao dizer que não vê a hora de ganhar dele na pista de kart dos irmãos Ferrari. Olívia testa a nova tecnologia que implantou na Escola Mundial e canta ao microfone. Ao ouvir, Graça fica desesperada no pátio. Alberto Cavalieri vai à casa de Cirilo e afirma a José que agendou o horário de competição na pista de kart dos irmãos Ferrari. José e Cirilo concordam com a data. Na escola, Cirilo comenta com Maria Joaquina que gostaria que ela fosse prestigiá-lo na competição. A patricinha o deixa falando sozinho. Cirilo diz a si mesmo que se Maria Joaquina não for, a corrida não terá graça.

Novela “Carrossel” SBT: resumo dos próximos capítulos (*)

* Sujeito à alteração de acordo com a edição.

No capitulo 139, terça-feira, 19 de fevereiro – Helena e Renê conversam sobre a prova que os alunos fizeram. A professora demonstra preocupação com o desempenho de alguns alunos. Olívia corrige as provas e se espanta com algumas notas. Firmino entra na sala do terceiro ano e chama Jaime, Cirilo, Laura, Paulo e Mário e pede para que os alunos compareçam na sala da diretora. Helena questiona o zelador, mas ele afirma que não sabe o motivo. A professora fica preocupada e pergunta às crianças se elas estão com a consciência tranquila. Os meninos lembram o que tentaram fazer para copiar as questões da prova, mas garantem a Helena que estão. Na sala da diretora, os alunos perguntam a Firmino se ele contou à diretora o que aconteceu, o zelador garante que não. Olivia chega à sala e parabeniza os cincos alunos pela nota que tiraram na prova.

Ela revela que eles foram os melhores da sala, Jaime tirou 10. Os meninos dão a notícia ao terceiro ano. Todos ficam surpresos. A professora Helena fica feliz com a notícia. Os alunos ainda revelam que todos passaram de ano. As crianças agradecem a ajuda de Firmino, a dedicação de Helena e comemoram. Na casa de Jaime, Rafael espera o filho apreensivo. Jaime mostra sua prova ao pai, que fica imensamente feliz e orgulhoso de seu filho. As meninas marcam uma reunião com Helena na casa de Valéria. Elas querem ajudar Cirilo e pedem à professora para ajudá-las com uma coreografia, pois farão uma torcida oficial para Cirilo.

Alberto pergunta a Jorge se ele não vai treinar para a corrida. O garoto diz que não precisa, pois sabe que vai ganhar a disputa. O pai do riquinho pede ao filho para não ser orgulhoso e ainda o orienta para que leve o carro para fazer uma revisão na oficina de Rafael. Jorge diz que não, pois Jaime pode sabotar seu carro. Jaime convence Cirilo a fazer revisão no seu carro. Jorge vai à casa de Maria Joaquina e a convida para coroá-lo na premiação. A menina aceita e agradece o convite, Jorge jura que irá ganhar a corrida. A patricinha avisa as amigas que ela foi escolhida para coroar o campeão. Helena envia uma mensagem romântica para Renê.

Laura avisa Cirilo que Maria Joaquina vai premiar o vencedor, com uma coroa de flores e dois beijinhos no rosto, o garoto fica feliz e garante que precisa ganhar a corrida. Renê perde seu celular e procura na sala dos professores, no mesmo momento, Helena recebe a resposta de sua mensagem e estranha a forma que o professor respondeu. Alberto alerta Jorge que seu carro deve estar com algum problema, pois Rafael ouviu um barulho estranho no motor. O pai avisa que o carro de Cirilo está em melhores condições. O esnobe garoto chama seus amigos para pensar uma forma de estragar o carro de Cirilo, para que ele perca a corrida.

No capitulo 140, quarta-feira, 20 de fevereiro – Jorge pede a ajuda dos amigos para sabotar o carro de Cirilo. Cirilo vai à casa de Maria Joaquina contar que ficou sabendo que ela colocará uma coroa de flores e dará dois beijos no ganhador da competição. Maria Joaquina manda Cirilo ir embora de sua casa. Jorge aconselha seus amigos a pedirem o carro de Cirilo emprestado para dar uma volta. Cirilo pede para Rafael revisar seu carro antes da corrida. Jorge manda seus amigos quebrarem o câmbio de marcha do carro de Cirilo. Rafael comenta com Cirilo que ouviu o motor do carro de Jorge e está desafinado. Davi vai se esconder na casa de Valéria, pois está com medo de ir ao dentista.

Renê e Helena se encontram na sorveteria. Helena mostra mensagem que recebeu em seu celular do número de Renê. O professor diz que não foi ele quem mandou e fica desconfiado, pois a Graça achou seu celular em cima do piano. Jorge paga seus amigos para quebrar o carro de Cirilo. Paulo diz a Cirilo que vai pedir a Maria Joaquina um laço de cabelo para dar sorte a ele. Ele pede R$ 50 reais para a missão. Helena trata Renê de forma estranha. O professor pergunta se ela ainda está pensando na mensagem. Ele afirma que não foi ele quem mandou. Helena comenta que não acredita que Suzana tenha mandado a mensagem. Renê pede para Helena esquecer e conta que tem um plano para os dois nas férias.

Suzana entra na sala dos professores e os convida para ir ao cinema. Cirilo pede para o pai adiantar sua mesada, pois precisa comprar “umas coisinhas”. José pergunta se tem a ver com Maria Joaquina. Paulo rouba um laço de cabelo de sua irmã Marcelina. Os amigos de Jorge pedem mais dinheiro ao mauricinho para sabotar o carro de Cirilo. Paulo entrega o laço a Cirilo, que dá R$50 reais ao peralta. Cirilo vai à casa de Maria Joaquina mostrar o laço e agradece a menina por ter dado o presente a ele. Esnobe, a patricinha diz que jamais daria um laço seu para ele. Ela afirma que mais uma vez ele foi enganado por Paulo Guerra.

No capitulo 141, quinta-feira, 21 de fevereiro – Jaime vai à casa de Paulo e o faz pedir desculpas a Cirilo. Os garotos estão na casa abandonada e tentam reanimar Cirilo. Jaime chega à casa abandonada com Paulo e diz para ele entregar o dinheiro a Cirilo. Paulo confessa que o laço é de Marcelina. Jaime faz Paulo se ajoelhar e pedir perdão a Cirilo. Triste, Cirilo diz que não adianta bater em Paulo, ele queria que Maria Joaquina gostasse dele. Cirilo está com Laura em seu carro. Dois garotos se aproximam e elogiam o carro do garoto, são os amigos de Jorge, mas Cirilo não sabe. Eles pedem para Cirilo deixá-los andar no carro. Laura adverte Cirilo, mas, ingênuo, Cirilo empresta seu carro aos garotos desconhecidos. Os garotos sabotam o carro de Cirilo e o abandonam numa rua deserta. José chega e pergunta ao filho onde está o carro.

Cirilo conta que emprestou a dois garotos. José, Cirilo e Laura saem para procurar o carro e acabam o encontrando. Cirilo tenta dar partida no carro, mas o carro está quebrado. Eles levam o carro para Rafael olhar, o mecânico afirma que o câmbio de marchas está arruinado. Rafael afirma que é tão grave que Cirilo não poderá competir no domingo. Rafael diz que as peças que precisa para o conserto chegam somente em uma semana. José vai à casa de Alberto Cavalieri, encontra Jorge e conta o que aconteceu ao carro de Cirilo por ter emprestado a dois garotos desconhecidos. Jorge dissimula. José pede para Jorge adiar a corrida. Esnobe, o garoto diz que é impossível e destrata José.

Jorge diz a Maria Joaquina que o carro de Cirilo está quebrado, eles não competirão mais. José conta a Cirilo que não conseguiu adiar a corrida. Miguel vai à oficina de Rafael pedir para o mecânico consertar o carro de Cirilo, diz que não importa o preço. Rafael explica que as peças demoram a chegar. Eles têm a ideia de construir um novo carro a Cirilo com as peças e materiais da oficina. Os alunos se reúnem na casa abandonada. Jaime conta o que aconteceu a Cirilo. Todos ficam revoltados. Maria Joaquina vai à casa de Jorge e ouve às escondidas a conversa entre o mauricinho e seus amigos. Ela ouve Jorge falar sobre a sabotagem. Em casa, ela pergunta ao pai se a Patrulha Salvadora conseguirá ajudar Cirilo.

No capitulo 142, sexta-feira, 22 de fevereiro – José avisa ao filho que seus amigos estão unidos para construir um novo carro para ele participar da corrida. Cirilo fica animado ao saber da notícia. Jorge recebe uma carta, assinado como ‘Senhor D’, avisando que Cirilo não será o único adversário do riquinho. O garoto fica preocupado. A notícia de um terceiro corredor se espalha e as crianças ficam surpresas e se perguntam quem é o misterioso corredor ‘D’. Na oficina de Rafael, Cirilo acha estranho não ter recebido a mesma carta. As crianças acreditam que isso seja uma mentira de Jorge para assustar Cirilo.

Rafael começa a montar o carro para o garoto. Laura pede ajuda a Valéria para reunir todas as meninas. A garota quer juntar os laços para dar sorte a Cirilo. Jorge procura o mecânico conhecido como Graxa Preta (Nilton Moraes) para que revise seu carro. As crianças ficam preocupadas ao ver a simplicidade do automóvel que Rafael preparou, mas o mecânico garante que o motor é tão potente quanto o outro. Cirilo resolve testar o carro, mas o automóvel desmonta assim que ligado. Cirilo pensa em desistir. Todos tentam animá-lo. Jorge e Maria Joaquina conversam sobre a corrida e o riquinho afirma que irá ganhar. Cirilo demonstra preocupação, pois não tem agilidade no volante. Rafael, Renê, José e Jurandir dão dicas para o garoto, que agradece toda a ajuda.

Paulo, Mário e Kokimoto armam um plano para contar a Jorge que Cirilo vai participar da corrida. Na casa de Valeria, Cirilo recebe d e Laura os laços que as meninas prepararam para lhe dar boa sorte, porém fica faltando o laço da Maria Joaquina. O garoto agradece a amizade das amigas. Jorge avisa o pai que talvez Cirilo não participe mais da corrida, pois seu carro quebrou. Alberto tem a ideia de adiar a corrida, mas o riquinho diz que não. Em frente à casa da família Cavalieri, os meninos da Patrulha Salvadora fazem uma passeata e avisam que Cirilo participará da corrida. Jorge fica irritado.

No capitulo 143, segunda-feira, 25 de fevereiro – José vai à oficina de Rafael, os dois passarão a madrugada arrumando o carro de Cirilo. Em sua casa, o ingênuo garoto não consegue dormir. Cirilo imagina Jorge ganhando a corrida e todos os seus amigos torcendo pelo riquinho e zombando dele. O menino tem medo de ganhar e não conseguir fazer Maria Joaquina gostar dele. No dia seguinte, Rafael consegue terminar o carro de Cirilo. Maria Joaquina entrega a Miguel um envelope e pede para que ele entregue ao Cirilo. A menina jura que não é nenhuma carta que irá magoar o garoto. Cirilo fica surpreso ao ver o carro consertado. Rafael fica preocupado, pois percebe que o automóvel ainda está com problema. O mecânico promete que irá arrumar o que falta, mas no fundo sabe que será difícil.

Chega a hora da corrida e todos chegam para acompanhar a disputa. Jorge e Cirilo testam os carros na pista e se posicionam para começar. Miguel vai ao encontro de Cirilo e avisa que Maria Joaquina só vai chegar no final da corrida, mas entrega o envelope ao garoto. Ao abrir, para sua surpresa, Cirilo encontra o laço de Maria Joaquina e fica extremamente feliz. Rafael diz que o motor de Jorge está perfeito e que ele está preocupado com o barulho que o carro está fazendo. Laura vê os amigos de Jorge, fica desconfiada e lembra que foram eles que pediram para dar uma volta no carro de Cirilo. Cirilo e Jorge se preparam para a corrida. As meninas questionam a falta do misterioso corredor ‘D’.

Helena dá a largada, Cirilo deseja boa sorte a Jorge que o destrata. A corrida começa e todos ficam com muita expectativa. A corrida fica acirrada entre eles, Jorge ultrapassa Cirilo. Alberto observa o filho e nota que Jorge está tentando sabotar o seu adversário. O riquinho derruba água e solta fumaça na pista para atrapalhar Cirilo, que bate o carro. Surge na pista o corredor ‘D’, que ajuda o garoto a voltar para a corrida. Os meninos da Patrulha Salvadora sentem a falta de Daniel e desconfiam que ele possa ser o ‘Senhor D’. Jorge tenta armar mais uma armadilha, mas seu painel queima e Cirilo consegue ultrapassá-lo. O corredor ‘D’ também ultrapassa Jorge. O motorista misterioso o atrapalha para que ele não vença a corrida. Cirilo chega em primeiro lugar, tornando-se o campeão da corrida. Todos comemoram.

No capitulo 144, terça-feira, 26 de fevereiro – ainda na pista, as crianças comemoram a vitória de Cirilo, mas ficam curiosas pra saber quem é o misterioso corredor ‘D’. Cirilo agradece a ajuda do corredor e lhe convida para fazer parte da Patrulha Salvadora. O piloto misterioso tira o capacete e balançando os cabelos revela, para a surpresa de todos, ser Maria Joaquina. Sorridente, ela agradece o convite de Cirilo e diz que acha que os outros meninos não vão gostar de sua entrada na Patrulha. Cirilo, como os demais, fica sem reação ao vê-la de maneira tão gentil. As crianças fazem perguntas para Maria Joaquina, que explica que aprendeu a dirigir com um primo, dono do carro, que emprestou o automóvel para ela participar da corrida. As meninas comemoram e abraçam a amiga.

Cirilo pede para os pais fazerem uma festa para comemorar sua vitória, eles concordam e convidam todos. Cirilo faz questão de convidar Maria Joaquina e seus pais. Ela não está animada para ir, mas seus pais fazem questão. Jorge fica irritado com a derrota e decide procurar um advogado para pleitear a vitória da corrida, mas o advogado se recusa. Enquanto isso, na casa de Cirilo, a festa acontece, mas o menino está mesmo na expectativa da chegada de Maria Joaquina. Quando ela chega acompanhada dos pais, Cirilo arregala os olhos e parece não acreditar. Ele fica muito feliz. Maria Joaquina diz para as amigas que realmente mudou e evoluiu sua maneira de pensar: “Antes, se eu entrasse nessa casa já estaria me coçando. Mas hoje eu vejo que é uma casa pobre, mas é bem legal”, conta.

Cirilo pergunta se ela o ajudou porque queria que ele ganhasse ou se foi para o Jorge perder. Ela diz que em primeiro lugar não achou justo ele ganhar sabendo que Jorge iria sabotar e em segundo, acha Cirilo um menino muito legal. Cirilo fica encantado e antes dela ir embora, ajoelha aos seus pés e agradece sua presença na festa. Os pais de Cirilo contam para ele que estão pensando em mudar de casa. Suzana vai ao colégio em pleno domingo para mandar um e-mail do computador da diretora Olívia. Ela envia uma foto de Helena e Renê se beijando na boca e escreve um texto questionando a postura da escola. O e-mail é enviado para todos os pais dos alunos da escola.

Suzana só não contava que seria vista por Firmino, que estranha sua presença na Escola Mundial no final de semana. As reações dos pais são variadas ao ver o e-mail. Passados cinco dias, Olívia está investigando quem enviou o e-mail para os pais. A diretora não aguenta mais receber ligações exigindo explicações sobre o tal e-mail. Suzana tenta convencer Olívia a desistir de descobrir o culpado que enviou o e-mail aos pais e sugere que ela puna os verdadeiros culpados, Renê e Helena. A vilã ainda diz que Renê foi vítima e que Helena que sempre se ofereceu para o professor.

No capitulo 145, quarta-feira, 27 de fevereiro – Helena dá aula preocupada. Firmino e Graça chegam à conclusão que o texto das fotos foram descontextualizados para prejudicar Helena. Olívia chama Renê para conversar na sala. As crianças tentam consolar Helena. O professor passa na sala de Helena e diz que acha que será mandado embora. Valéria está no banheiro e escuta Suzana falando sozinha. A megera diz que não gosta de Helena e que se ela quer ficar com Renê, também ficará sem o emprego. Suzana vê Valéria e tenta coibir a menina a não dizer nada o que ouviu. Olívia ouve as explicações de Renê e diz que ele pode estar dizendo a verdade, mas os pais não irão compreender. Suzana rasga o diário de classe de Helena na frente de Valéria e diz que irá incriminá-la e assim acabar com ela e Helena de uma só vez. Olívia demite Renê.

Paulo e Kokimoto armam mais uma e colocam pimenta no lanche da merenda da escola. Todos pulam e gritam no pátio após comerem o lanche. Olívia, que iria falar com Helena, resolve ver o que está acontecendo no pátio. Ela fica brava com a bagunça que vê e pede explicações. Laura tenta dizer que colocaram pimenta no lanche. A diretora experimenta o lanche e passa a entender o motivo daquela baderna toda. A diretora grita pedindo água. Enquanto isso, na sala da diretora, Suzana entra empurrando Valéria, mas para surpresa da professora, se depara com Helena. Suzana diz que Valéria rasgou o diário de classe, mas a menina diz que é mentira. Helena diz que Valéria não faria isso. Valéria diz que não teria motivo pra rasgar ou querer alterar sua nota, pois havia passado de ano com boas notas. A menina revela ainda que descobriu que Suzana foi quem mandou o e-mail do beijo.

Helena parece não acreditar no que ouve. Suzana diz que só Helena pra ser mais burra que uma menina de 9 anos. A vilã ainda chama Valéria de maldita, fazendo com que Helena diga que não admite que ela fale assim sua aluna. Irônica, Suzana pergunta: “A princesinha ficou nervosa? Acordou pra vida?”. Enquanto isso, Paulo e Kokimoto caem na própria armadilha, comem o lanche apimentado e saem gritando. O senhor Morales chega no colégio e fica assustado com tanta correria, gritos e principalmente ao se deparar com Olívia bebendo água em um galão de 20 litros. Na sala da diretora, Suzana diz que esse tempo fingiu que havia entendido Helena, mas que não gosta dela. Valéria vai até o microfone da sala de Olívia e discretamente o liga para que através dos alto-falantes espalhados pela escola, Suzana seja desmascarada e todos escutem o que ela diz. A vilã não percebe e diz que o professor Renê é dela. Helena diz que ela e Renê se amam. Suzana se irrita e manda a professora calar a boca e não repetir mais isso. Suzana diz ainda que não é inocente, mas sim esperta.

A vilã revela que foi ela quem armou todos os desencontros da Helena com Renê e que foi ela quem tirou a foto e mandou para todos os pais. Morales e a diretora escutam tudo do pátio e ficam chocados. Renê entra na sala e diz para Suzana que tudo acabou neste momento. Valéria revela que para Suzana que todos da escola sabem de tudo, pois ela ligou o microfone. Suzana fica irritada. Morales diz que Helena e Renê não podem ser mandados embora, pois não infligiram nenhuma regra, ao contrário de Suzana. As crianças, que também estão no pátio, escutam tudo e comemoram ao escutar que Suzana será demitida. Olívia entra na sala e diz que chega de estardalhaço em pleno último dia de aula. Todos saem da sala, menos Suzana que recebe a notícia que foi mandada embora. As crianças contam que Renê e Helena não serão mais mandados embora e que até Morales concordou.

No capitulo 146, quinta-feira, 28 de fevereiro – o empresário diz para Olívia que não acha necessário demitir Suzana por justa causa. Suzana arruma suas coisas e se prepara para sair da escola. A professora maltrata os alunos pela última vez. Eles começam a jogar bolinhas de papel e a gritar para que a megera vá embora. Alberto conversa com Jorge sobre a sua fatura do cartão de crédito e pergunta ao filho sobre um saque que foi utilizado para alterar o carro que usou na corrida. A família Rivera está pronta para mudar de casa. Cirilo confessa que não gostaria de ir embora, Paula explica ao filho que as mudanças são necessárias na vida. Helena e Renê levam as crianças na sorveteria para comemorar o fim das aulas.

Suzana passa no local e se incomoda com a felicidade de todos. A megera promete voltar e se vingar. Os alunos comemoram a permanência dos professores Renê e Helena. A professora avisa aos alunos que no próximo ano, talvez, não dê mais aula para eles. Paula e José se despedem da casa antiga. O casal venda os olhos de Cirilo e o levam para conhecer a nova casa da família Rivera. Miguel diz a Maria Joaquina que está muito orgulhoso da filha por ela ter ajudado Cirilo na corrida. A patricinha confessa ao pai que o garoto foi enganado, pois Jorge sabotou o carro de Cirilo. Miguel promete fazer o que é certo. José, Paula e Cirilo chegam à casa nova. O garoto fica impressionado com o novo lugar. Miguel vai à casa de Alberto e revela ao pai de Jorge que seu filho pagou dois amigos para sabotarem o carro de Cirilo.

Jorge escuta a conversa atrás da porta. Cirilo fica encantado com cada detalhe de seu novo quarto. Porém a sua maior surpresa e alegria foi à descoberta de que sua janela fica de frente para a janela do quarto de Maria Joaquina. Cirilo vibra muito ao descobrir que agora é vizinho da patricinha. A Patrulha Salvadora se reúne na casa abandonada e conversa sobre o que farão nas férias. Cirilo olha pela janela de seu quarto e vê Maria Joaquina e Jorge discutindo. O garoto fica irritado ao ver o riquinho gritando com a patricinha. Inconformado, Cirilo vai à casa de Maria Joaquina para defendê-la. Jorge destrata o garoto e o chama de ‘novo rico’. Cirilo avisa a patricinha que será seu novo vizinho. Os meninos discutem e começam a brigar, no mesmo momento Paula e José chegam e apartam a briga.

No capitulo 147, sexta-feira, 01 de março – as crianças conversam na casa abandonada sobre o que vão fazer nas férias. Laura dá a ideia de fazer um almoço romântico em homenagem aos professores Helena e Renê. Apesar de alguns meninos não concordarem, a maioria vence e eles começam a planejar. Helena recebe em sua casa um bilhete e um presente. Ao abrir a caixa ela percebe que ganhou um urso de pelúcia e ao ler a carta, pensa que foi o professor que a enviou. Na praça, Kokimoto e Paulo observam Renê. Os garotos colam uma carta na bola e chutam para perto do professor. Renê pega a bola, sem notar quem a chutou e lê o bilhete que está escrito: “Siga o seu coração e te darei uma surpresa”.

Apaixonado, o professor pensa que é um bilhete de Helena. Alberto pede desculpa a José pelo comportamento de seu filho na corrida. Paula avisa a todos que a família se mudou para o mesmo bairro e Rosana debocha. Os pais de Maria Joaquina contornam a situação e ficam felizes com a notícia. As crianças preparam o almoço romântico para os professores, com a ajuda de Eloisa. Maria Joanina aceita o convite de Cirilo e vai até sua casa. O garoto fica feliz ao vê-la e promete mostrar o novo local onde mora. Alberto leva Jorge e seus dois amigos, Erick e Atílio, à casa de Cirilo.

O pai de Jorge avisa a José que arcará com todas as despesas que o filho causou e diz que ele será castigado. Erick e Atílio pedem desculpa a Cirilo, mas Jorge se recusa. O ingênuo garoto pede a Alberto que não brigue com Jorge. Helena chega à casa abandonada e se surpreende com toda a decoração. Renê aparece e a professora agradece ao namorado pela surpresa, mas o professor garante que a ideia não foi dele. As crianças aparecem e começam a servir o almoço, o casal se surpreende.

Na casa de Cirilo, Jorge não se redime e destrata o colega. José fica irritado ao ver a atitude do garoto, mas o riquinho não se importa e continua. Alberto obriga o filho a pedir desculpa. O pai de Jorge agradece Cirilo por ele ser tão compreensivo, o garoto acredita que o mauricinho ainda irá mudar. Olivia avisa Graça que Firmino entrará de férias. A faxineira fica inconformada que ela terá que cuidar de tudo sozinha. Cirilo espera Maria Joaquina para irem juntos ao jogo. A patricinha entra no carro do garoto e eles saem. Jorge observa tudo.

Fonte: “Carrossel”, novela do SBT – resumo dos próximos capítulos

Vem por aí: Valéria e Bibi vão até a casa de Helena

Cirilo chega com Maria Joaquina no campo onde ele irá jogar futebol com os meninos. Cirilo promete fazer um gol para a patricinha. Maria Joaquina vai até as outras meninas que falam em tom de brincadeira que os dois estão namorando. O jogo começa e Cirilo fica admirando Maria Joaquina ao invés de prestar a atenção na partida. O menino leva uma bolada na cabeça e todos riem. Firmino e Graça conversam na sala dos professores. Ele explica como a faxineira deve cuidar da escola no período de férias. Ao mencionar as chaves que sempre carrega, Firmino diz que elas guardam muitas histórias. Graça fica curiosa e insiste para que o porteiro conte quais são esses segredos.

Firmino revela que numa noite Jaime, Paulo e Mário entraram escondidos na escola usando uma cópia de sua chave. Os meninos queriam copiar o resultado da prova de matemática, mas foram pegos em flagrante por Firmino. De volta ao jogo, Cirilo marca um gol. As meninas comemoram e gritam seu nome, mas quando param percebem que Maria Joaquina continua empolgada. Cirilo sai correndo e se ajoelha pra comemorar o gol. O menino tira a camiseta do time e exibe uma outra camiseta com a declaração: “Maria Joaquina, eu te amo”. Cirilo manda beijos para a patricinha, que tenta esnobar a atitude.

Kokimoto se machuca durante o jogo. Alícia pensa que poderá substituí-lo, mas um garoto aparece e pede para jogar. Os meninos concordam. Ele se apresenta como Lucas (Pedro Henrique). Adriano chuta a bola numa casa do lado e quebra o vidro de uma janela. O morador vai ao campinho tirar satisfação. Lucas assume a responsabilidade, liga para o pai e pede para que ele separe seu dinheiro da mesada para pagar o homem. O rapaz diz que não precisa e pede pros meninos tomarem mais cuidado. Espantados, mas felizes com o comportamento de Lucas, os meninos o convidam pra conhecer a cede da Patrulha Salvadora.

Na escola, a diretora Olívia se diverte com o ensaio de como dizer para as crianças que no próximo ano elas terão novas matérias e que a Helena não dará mais aula para elas. Olívia ainda pensa em dizer que se necessário for, ela mesma será a nova professora do quarto ano. Na casa abandonada, os meninos acabam revelando pra Lucas a história do roubo da prova. O que elas não imaginam é que Lucas está a trabalho de Jorge. O menino conta tudo para o riquinho, que lhe orienta a sumir por uns tempos para não levantar suspeitas.

Valéria e Bibi vão até a casa de Helena. As meninas dizem que estão com a missão de conseguir manter Helena como professora da turma no próximo ano. Helena diz que não depende dela, mas que carrega um carinho por todos. Jorge liga na sala da diretora. O menino engrossa a voz e se identifica como defensor da justiça. Jorge diz que Laura, Paulo, Cirilo, Jaime e Mário usaram as chaves de Firmino para entrar na escola durante a noite e roubar o resultado das provas da gaveta da direita. Olívia fica inquieta com a notícia. Jorge desliga o telefone e comemora. Olívia chama Firmino em sua sala e questiona a história das chaves.

As crianças pedem perdão à Helena

As meninas se reúnem na casa de Maria Joaquina e esperam ansiosamente Valéria e Bibi, que foram à casa da professora Helena convencê-la a dar aula no próximo ano para a mesma turma. Firmino conta a Olivia o que aconteceu naquela noite, mas a diretora acredita que o porteiro tenha traído sua confiança por não ter lhe contado o que aconteceu e promete tomar providências. Olivia liga para todos os pais dos alunos envolvidos e convoca uma reunião. Valéria e Bibi chegam à casa de Maria Joaquina com a notícia de que Helena não pôde aceitar a sugestão das alunas.

Marcelina recebe uma mensagem de Paulo avisando que a diretora marcou uma reunião com os pais de alguns alunos e que a mãe de Laura também foi chamada. A garota fica assustada e vai embora correndo. Paulo, Mário, Jaime, Cirilo e Laura se reúnem na casa abandonada e começam a pensar nos motivos que fez com que Olívia chamasse seus pais. A diretora conta a Helena o que aconteceu e a professora fica decepcionada. Olívia diz que ficou sabendo do ocorrido por conta de um informante secreto. As meninas estranham a atitude de Laura e Valéria descobre que a diretora está na casa de Helena.

Olívia tenta fazer com que a professora desista de seus alunos no próximo ano, para que ela tome conta deles. A diretora diz que Helena é muito ingênua, mas a professora defende as crianças e acredita na bondade deles. Olívia está determinada a mudar as regras da escola e sugere em expulsar os alunos que tentaram roubar a prova. A diretora comunica Firmino que marcou uma reunião com os pais e pede a presença do porteiro. Os garotos ficam com medo e Laura acredita que Olívia tenha descoberto tudo.

Mário fala aos amigos que eles poderiam ir conversar com a professora Helena. Todos chegam à escola e Olívia dá inicio a reunião. A diretora conversa com os pais e revela o que os filhos fizeram. Ela proíbe Firmino de falar tudo o que aconteceu e só conta uma parte da história. As crianças vão à casa de Helena e pedem perdão. A professora diz aos alunos o quanto ficou chateada com o que fizeram. Os pais falam para Olivia que seus filhos estudaram e por isso foram bem na prova. Firmino concorda e a diretora o destrata.

Jaime ameaça bater em Jorge

Helena avisa aos alunos que eles passaram de todos os limites. As crianças se arrependem do que fizeram e pedem perdão. A professora os perdoa, mas afirma que é a última chance. Os pais questionam Olívia sobre o que realmente aconteceu. Firmino fica irritado ao ver a diretora esconder parte da história e decide contar tudo. Helena revela as crianças que não foi Firmino que contou a Olivia e sim um informante misterioso. Jaime relembra o que contaram a Lucas na casa abandonada. Firmino conta a verdadeira versão e os pais ficam mais aliviados.

Mas a diretora diz que ainda sim é uma atitude imperdoável e afirma que a explicação não muda nada. Olívia diz que eles invadiram a escola e que isso é crime e podem ser expulsos. A diretora dá uma segunda alternativa aos pais, ela diz que acompanhará seus filhos bem de perto no próximo ano. Os pais se preocupam como ficará a situação de Firmino e prometem ajudá-lo se algo acontecer. Os meninos se perguntam como Olívia conhece Lucas, no mesmo momento eles avistam Jorge deixando Lucas em casa e entendem o que aconteceu. As crianças param o riquinho na rua e tiram satisfações. Renê recebe um telefonema de Helena e a professora conta o que aconteceu ao namorado.

Suzana escuta tudo escondida atrás de uma árvore. Jaime ameaça bater em Jorge, mas Cirilo o defende. O riquinho diz que não precisa ser defendido por um filho de carpinteiro. Cirilo não aceita a ofensa e o empurra na lama. Os pais de Rafael, Paulo, Mário, Laura e Cirilo têm uma séria conversa com seus filhos. Jorge chega em casa e avisa Alberto que Cirilo o empurrou em uma poça de lama. E ainda diz que o garoto estava acompanhado de doze meninos. O pai do riquinho diz que vai conversar com José para entender essa história. Alberto vai à casa de Cirilo. O pai de Jorge revela a José o que aconteceu e o carpinteiro estranha que Cirilo tenha tomado essa atitude. Firmino arruma sua mala e se despede da Escola Mundial.

Alberto coloca Jorge de castigo

Firmino vai embora do colégio, mas antes diz: “muito obrigado”, no pátio da escola vazio. Helena conta pra Renê que as crianças insistiram muito para que ela continue dando aula para eles. Firmino vai até a casa de Helena, diz que foi mandado embora e pede ajuda. Alberto e José conversam pra entender o que aconteceu entre seus filhos. José leva Cirilo pra explicar melhor a situação para os dois. Renê e Helena se prontificam a falar com Olívia. Cirilo conta o que na realidade aconteceu e Alberto fica decepcionado com o comportamento de Jorge. Alberto coloca o filho de castigo e o deixa um mês sem carro.

Rafael oferece sua casa para que Firmino possa ficar por um tempo. Jaime diz que vai ser como morar com seu avô, que morreu antes dele nascer. Rosana conversa com Alberto e decidem dar um cachorro para Jorge com a esperança de que a compaixão do menino aumente com um animal de estimação. Antes de dormir, Jorge reclama chateado que não aguenta mais se sentir tão sozinho. No outro dia, Helena tenta convencer Olívia a mudar de ideia. De repente começa uma manifestação na escola em prol do Firmino. A manifestação de Cirilo, Laura, Mário, Jaime e Paulo é inspirada no movimento ‘Caras Pintadas’, do qual o pai do Mário participou na juventude.

As crianças gritam: “Firmino Já!”. Rosana e Jorge vão ao PetShop escolher um filhote de cachorro. Porém os cachorros abandonados e adultos que estão para adoção acabam chamando mais sua atenção do que os filhotes a venda. Em um ato de bondade, Jorge diz para a mãe que quer levar uma cachorra da raça de Rabito. Olívia se descabela toda com a bagunça do protesto e fica em estado de nervos. Os pais das crianças chegam à escola. A diretora pensa que isso representa a volta da ordem, mas para sua infelicidade os pais se unem a seus filhos no protesto.

Alberto fica feliz ao ver a mudança do filho

Alberto fica surpreso e feliz por Jorge adotar um cão abandonado ao invés de comprar um filhote de raça. O riquinho batiza sua cachorra com o nome Maria Antonieta. Mais tarde, Maria Joaquina se recusa a brincar no parque com Jorge. Enquanto isso, na Escola Mundial, os alunos e seus pais continuam o protesto para que Firmino seja recontratado. A diretora Olívia volta atrás e comunica que Firmino voltará a trabalhar na escola. Os alunos e os pais comemoram. Mário encontra Jorge, que o apresenta Maria Antonieta. Rabito fica interessado na cachorra do riquinho.

Alberto está feliz ao ver a mudança do filho, mas gostaria que Jorge também se relacionasse com outras crianças. Ao tentar tirar Maria Antonieta debaixo do carro, Jorge machuca a pata de sua mascote. Jorge se sente culpado. Preocupado, decide levar a cadela até a casa de Mário, que sabe como tratar de animais. Mesmo não se considerando amigo do riquinho, Mário se sente na obrigação de ajudar Maria Antonieta. Feliz, Firmino volta ao colégio e agradece todos que protestaram a seu favor. O porteiro diz que considera todos os alunos como sua família do coração e que não suportaria ficar longe de seus amigos. Mário imobiliza a pata de Maria Antonieta e Jorge agradece. Alberto oferece dinheiro ao garoto, que não aceita.

Alberto conversa com Jorge e tenta explicar que é importante o filho fazer amizades, pois dinheiro não é tudo na vida de uma pessoa. Firmino agradece Olívia por aceitá-lo de volta e pede desculpa por tudo o que aconteceu. Mário, acompanhado do mascote Rabito, vai à casa de Jorge, Rosana o destrata e diz que seu filho não poderá atendê-lo. Jorge vê o garoto indo embora e pede para que ele entre. Alberto pede para Jorge convide convidar Mário para brincar.

Mário suspeita que Rabito esteja apaixonado

Helena vai à escola para agradecer Olívia por ter aceitado Firmino de volta. A diretora confessa que só fez isso por medo de Morales intervir na situação. A professora diz não acreditar, pois sabe que Olívia possui um carinho por todos. Mário fica na casa de Jorge, o garoto diz que ensinará o riquinho a empinar pipa. Rosana diz ao marido que não gostou da ideia de deixar Mário ficar na casa. Alberto explica que o filho está sofrendo de solidão e pede para que ela estimule o Jorge a fazer novas amizades. Mário e Jorge empinam pipa juntos, o riquinho fica contente em ter um amigo para brincar. Enquanto isso, Rabito se aproxima de Maria Antonieta. Miguel pergunta para Maria Joaquina se ela e Jorge já estão conversando.

A riquinha diz que não e Miguel explica que isso não é uma atitude correta. Entusiasmado, Jorge chega em casa para tentar contar a sua mãe o que aprendeu com o seu novo amigo. Rosana fica irritada ao ver o filho sujo e pede a ele que nunca mais brinque com Mário. O riquinho diz que o garoto é seu amigo e Alberto o defende. Jorge confessa ao pai que gostou de brincar com Mário, mas que não sabe se é certo os dois serem amigos. Rabito fica desanimado e Mário não sabe o que fazer para animar o amigo. Mário suspeita que Rabito esteja apaixonado por Maria Antonieta. Alberto vai até a casa de Mário para convidá-lo para sempre que quiser ir à sua casa brincar com Jorge.

O riquinho encontra Maria Joaquina e lhe convida para brincar de pipa. A garota diz que está cansada e não aceita. Mário conta a Alberto que seu filho nunca quis se aproximar dele e nem de seus amigos. O pai de Jorge pede a Mário que o ajude a fazer com que Jorge se relacione com todos. O garoto garante a Alberto que irá ajudá-lo. Mário convida Jaime, Cirilo e Paulo para irem brincar com Jorge e explica sobre o pedido de Alberto, os meninos não concordam. Na casa abandonada, Mário está pensativo, quando Daniel chega e pergunta o que o amigo faz ali.

Mário conversa com o garoto e explica o que está acontecendo. Daniel aceita a missão e os dois vão ao encontro do riquinho. Rabito entra na casa da família Cavalieri, sem ser convidado, para ver Maria Antonieta. Mário revela a Jorge e Daniel que seu mascote está apaixonado pela cachorra. Rosana conversa com Clara e demonstra preocupação com as novas amizades de seu filho. A mãe de Jorge tem medo que o riquinho seja assaltado pelos novos amigos. O mauricinho mostra aos amigos as novas pipas que ganhou de seu pai e dá uma de presente a Mário, por ele ter o ajudado quando mais precisou.02072013cap292.